Zimbábue define técnico da seleção

Mapeza foi o primeiro zimbabuano a disputar uma Liga dos Campeões da UEFA, pelo Galatasaray-TUR

Fora da zona de classificação para a Copa Africana de Nações 2012, a ser realizada na Guiné Equatorial e no Gabão, a Associação de Futebol do Zimbábue (ZIFA, em inglês) contratou o técnico Norman Mapeza, que estava no comando da seleção sub-23, para liderar a equipe nas quatro rodadas restantes do torneio continental – o contrato vale até o final da primeira fase da Copa Africana de Nações.

Mapeza substitui o belga Tom Saintfiet, que comandou a seleção africana de setembro a dezembro de 2010 e hoje treina o Nadi Shabab Al-Ordon (Jordânia). Outro zimbabuano, Madinda Ndlovu, também estava cotado para o cargo.

Situação difícil

Após dois empates nas rodadas iniciais (1×1 com a Libéria, fora, e 0×0 com Cabo Verde, em Harare capital do Zimbábue), Mapeza terá de vencer o Mali, seleção mais forte do grupo, fora de casa, na próxima rodada, que acontece no dia 25 de março.

Leia também: Os 18 milhões se evaporaram – Parte 1

Em entrevista à rede britânica BBC, Mapeza disse que seu desejo é recuperar o tempo perdido e colocar a seleção novamente nos trilhos. Ele disse ainda que acredita na seleção como  uma das 16 que estarão na fase final – a última vez em que o Zimbábue disputou o Copa Africana de Nações foi em 2006, quando foi eliminada na primeira fase.

Classificação

Cabo Verde lidera o Grupo A com quatro pontos, seguido por Mali (três), Zimbábue (dois) e Libéria (um ponto). A última rodada está marcada para 7 de outubro de 2011. O primeiro garante vaga direta à competição, enquanto os dois melhores segundos colocados gerais também estarão na fase final.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede