Mianmar e Nepal se despedem do grande sonho de 2014

logo-copa-2014

vote no Plano Tático no concurso TOP Blogs

Nos dois primeiros dos 15 jogos que movimentam as Eliminatórias Asiáticas para a Copa do Mundo do Brasil nesta quinta-feira, já se tem a definição dos classificados. Jordânia e Omã avançam para a fase de grupos do torneio, assim como aconteceu em 2010.

Nepal resgata a honra na partida de volta

Contra Timor Leste, na 1ª Fase, o Nepal esteve em festa

Depois do sonoro 9×0 a favor da Jordânia na partida de ida (ver texto 1 do Notas Rápidas), a única coisa que os nepaleses poderiam fazer é tentar não perder de muito na volta, na capital do país, Katmandu. O técnico inglês da equipe, Graham Roberts, em entrevista coletiva um dia antes da partida, se dizia confiante no placar de 10×0, que daria a classificação ao Nepal.

Ironizado pela própria imprensa do país, é verdade, já que um repórter indagou Roberts se os 10×0 eram a favor de Nepal ou da Jordânia, causando gargalhadas na sala de entrevistas. Porém, em campo, os jogadores nepaleses atuaram em busca da dignidade, tendo certo êxito.

Entrevista pré-jogo de Graham Roberts

Imagem de Amostra do You Tube

O Nepal não triunfou diante dos jordanianos, mas conseguiram um empate. Todos os gols aconteceram no segundo tempo. Os visitantes abriram o placar aos 17 minutos, com o meia de 21 anos Saeed Murjan, que joga no Al-Arabi (Jordânia). O empate nepalês surgiu a dez minutos do fim do tempo regulamentar. O atacante de 23 anos Bharat Khawas, que defende o Nepal Police (Nepal), maior clube do país, salvou a honra dos nepaleses.

Agora, resta aos jordanianos esperar até sábado, 30 de julho de 2011, para conhecer os três adversários da fase de grupos das Eliminatórias Asiáticas, que serão definidos no sorteio oficial das eliminatórias, a ser realizado no Rio de Janeiro.

Gols da partida

Imagem de Amostra do You Tube

Omã vence Mianmar mais uma vez

Oman_FA_New

Os omanis repetiram o placar do primeiro jogo e despacharam a fraca seleção de Mianmar ainda no primeiro tempo. Curiosamente, os dois atletas que marcaram os dois gols de Omã na primeira partida (ver texto 2) voltaram a balançar as redes adversárias.

O primeiro tento surgiu na metade da etapa inicial. Aos 22 minutos, o atacante Amad Ali Al-Hosni, que atua pela seleção omani desde 2003 e tem 38 gols em 65 partidas, mas é natural da Jordânia, abriu o placar. 17 minutos depois, foi a vez de Ismail Al-Ajmi, de 27 anos, definir o jogo, anotando seu nono gol em 33 jogos por Omã.

Leia também: Governo brasileiro poderá indicar comissão técnica para Ilhas Salomão

Assim como a Jordânia, Omã avançou à fase de grupos das eliminatórias de 2010, mas também foi eliminado. Na ocasião, Omã terminou em terceiro no Grupo 2, que tinha Japão Bahrein e Tailândia. Foram oito pontos em seis jogos, com duas vitórias sobre a Tailândia. A intenção dos omanis é chegar à 4ª Fase, a etapa final do torneio, pela primeira vez na história. O engraçado é que, desde as eliminatórias para a Copa de 1998, somente em uma (2002) Omã não ficou ao lado do Japão, além de nunca ter vencido o adversário (um empate e cinco derrotas). Será que em 30 de julho o fantasma nipônico voltará a assombrar os omanis?

Imagem de Amostra do You Tube

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede