Notas Rápidas: Irã e Uzbequistão carimbam classificação para 3ª Fase

logo-copa-2014

vote no Plano Tático no concurso TOP Blogs

Hoje, sábado, 30 de julho de 2011, o Plano Tático fecha as matérias sobre os jogos de volta da 2ª Fases das Eliminatórias Asiáticas, apresentando os dois últimos confrontos. Os iranianos entraram relaxados e mesmo assim venceram de novo. Já os uzbeques jogaram sério e golearam.

Irã confirma amplo favoritismo

Nic596193

Quando o sorteio apontou Ilhas Maldivas versus Irã, todos já achavam que os iranianos entrariam como grandes favoritos. Com o primeiro jogo terminado, com vitória de 4×0 do Irã, na capital do país, Teerã (ver texto 1), já se tinha certeza que os persas avançariam. Este foi o clima que rondou o estádio Rasmee Dhandu (11.850 lugares), na capital maldiva, Malé.

Mesmo com a classificação já definida, 9.000 torcedores acompanharam a partida, que teve um solitário gol. Ele ocorreu aos 45 minutos do primeiro tempo. Em boa jogada do lateral-direito Khosro Heydary fez tabelinha Mohammad Khalatbari, foi à linha de fundo e cruzou.

Leia também: Clube angolano é retido em aeroporto da Nigéria

A bola bateu no jogador iraniano e sobrou para Mohamed Arif, que tomou uma bolada no rosto, com a bola saindo de seu domínio e rolando para o meio da área. Atabanado, o meia  maldivo ainda fez pênalti em Hadi Norouzi. Porém, antes que o árbitro sul-coreano Kim Sang Woo pudesse apontar falta dentro da área, Khalatbari apareceu e mandou um petardo no ângulo, sem qualquer chance para o goleiro Imran Mohamed.

54ª melhor seleção e integrante de Pote 1, os iranianos não devem ter grandes dificuldades para chegar à Fase Final. Em 2010, por exemplo, no Grupo 5, o Irã foi o líder, invicto, deixando para trás Emirados Árabes Unidos, Síria e Kuwait. Porém, na fase final, ficou muito perto de se classificar, a um ponto da Coreia do Norte, que foi à Copa do Mundo da África do Sul – os sauditas também ficaram à frente dos iranianos e foram para repescagem asiática.

Gol da partida

Imagem de Amostra do You Tube

Uzbequistão goleia e pode surpreender no torneio

 2301

Está aí a seleção que pode fugir à regra no que tange aos classificados asiáticos para as copas do mundo. O Uzbequistão é a principal força entre os integrantes do Pote 2, o que dá, pelo menos na teoria, vantagem na 3ª Fase. Mesmo que os uzbeques tenham de enfrentar Austrália, Japão, Coreia do Sul ou Irã – a China, mais fraca que os demais, também pode ser adversária dos uzbeques –, dois países se classificam para a Fase Final e o Uzbequistão é favorito para uma das vagas.

Leia também: Futebol de Vanuatu ganha apoio do governo local

No jogo diante do fraco e desconhecido Quirguistão, no estádio de Spartak (23.000 lugares), em solo quirguize, os uzbeques passearam outra vez. No entanto, os três gols dos visitantes só aconteceram no segundo tempo.

Victor Karpenko, meia do Bunyodkor (Uzbequistão), ex-clube de Rivaldo, hoje no São Paulo-SP, abriu o placar, aos dois minutos da etapa final. Porém, o grande destaque do jogo foi o atacante de 24 anos Bahodir Nasimov, que atua no Neftchi (Azerbaijão). Ele anotou dois gols, aos 20 e aos 45 minutos, e se tornou o artilheiro do Uzbequistão até o momento nas eliminatórias. Os 14.700 torcedores devem ter sido, em sua maioria, uzbeques.

Lances do jogo

Imagem de Amostra do You Tube

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede