Surpresas e confirmações nas Eliminatórias para 2014

logo-copa-2014

vote no Plano Tático no concurso TOP Blogs

Mianmar quebra três tabus de uma vez

Excelente público para Mianmar x Mongólia

Os jogos das eliminatórias da Ásia e da Concacaf que ocorreram ontem e hoje pela manhã apresentaram algumas boas surpresas. A principal delas ocorreu no estádio Thuwunna Youth Training Center (32.000 lugares), em Yangon, cidade de 4,3 milhões de habitantes. Os donos da casa, a seleção de Mianmar, surpreenderam a Mongólia e triunfaram por 2×0 – gols de Soe Pai, atacante do Yadanarbon, e Mai Aih Naing.

Naing, atacante de 26 anos, foi o herói do jogo. Ele atua no Okktha United FC, que terminou a última liga nacional na sexta posição, a 14 pontos do grande clube do país, o campeão Yadanarbon. Foi dele o segundo gol de Mianmar, a cinco minutos do fim do jogo. Mesmo com a derrota parcial de 1×0, os visitantes estavam conseguindo levar a disputa da vaga para os pênaltis, por terem vencido o jogo de ida pelo mesmo placar (ver terceiro texto).

O estádio estava lotado

A classificação para a 2ª Fase das Eliminatórias Asiáticas é um grande feito para Mianmar. De quebra, o país marcou os primeiros dois gols na história das eliminatórias – antes, havia perdido duas vezes para a China (7×0 e 4×0) –, conseguiu a primeira vitória e a classificação inédita, claro.

Contudo, a tarefa da seleção nacional na 2ª Fase da competição será bastante árdua, para não dizer impossível. Diante de Omã (23 e 28 de julho), do experiente goleiro Ali Al-Habsi, do Wigan (Inglaterra), o máximo que Mianmar pode conseguir é não perder de muito. Diante disso, pode-se dizer uma coisa: os 55 milhões de habitantes de Mianmar já estão orgulhosos de seus jogadores.

Imagem de Amostra do You Tube

Bahamas leva grande vantagem para casa

 Ilhas Turks & Caicos x Bahamas

Depois do primeiro jogo das Eliminatórias para a Copa de 2014, entre Montserrat x Belize, as seleções da Concacaf voltaram a brigar pelo sonho de disputar a Copa do Mundo do Brasil. Ontem, sábado, 2 de julho, as Ilhas Turks & Caicos receberam Bahamas, no estádio TCIFA National Academy (3.000 lugares), em Providenciales, maior cidade do país.

Ambos começaram a disputar as eliminatórias no torneio classificatório de 2002, com resultados distintos. Enquanto Turks & Caicos perderam de 6×0 e 8×0 para São Cristóvão & Névis, Bahamas eliminou Anguilla, com duas vitórias (2×1 e 3×1), na 1ª Fase Preliminar. Bahamas seguiu em frente, mas caiu diante do Haiti, com 9×0 e 4×0.

No classificatório para a Copa de 2006, os dois fizeram papelão e caíram na 1ª Fase Preliminar. Turks & Caicos não passaram pelo Haiti, enquanto Bahamas foi eliminado por Dominica. Na última eliminatória, da Copa de 2010, Bahamas conseguiu avançar novamente, eliminando as Ilhas Virgens Britânicas, pelo gol marcado fora de casa. As Ilhas Turks & Caicos até venceram a primeira diante de Santa Lúcia (2×1), mas caíram novamente por causa do segundo jogo (2×0).

Veja também: Falha feia de goleiro dá vitória no Egito

No último sábado, o que se viu foi a repetição das campanhas anteriores. Contra uma equipe mais fraca, Bahamas, que tem a base da seleção atuando nas divisões inferiores dos Estados Unidos (11 dos 18 convocados pelo técnico Kevin Davies), dois sem clube e o restante em equipes locais, levou a melhor e praticamente carimbou o passaporte para a 2ª Fase.

Com gols de Jean Nesly (2), Cameron Hepple e Jackner Louis, já nos acréscimos da partida, dificilmente os torcedores que comparecerem ao estádio Roscow Davies Soccer Field (700 lugares), na capital do país, Nassau, para acompanhar o jogo de volta, no próximo sábado, 9 de julho, vão assistir à eliminação dos donos da casa.

Ilhas Turks & Caicos devem viajar para Bahamas com o intuito de dar o máximo de si, principalmente os dois destaques da seleção, os irmãos Gavin (maior artilheiro da história da seleção, com quatro gols; joga no Nam Dinh, do Vietnã) e Duane Glinton (atua pelo Ogden Outlaws, dos Estados Unidos). O confronto parece estar resolvido.

Locais resolvem confronto diante de Sri Lanka

 Phil_younghusband1

O empate fora de casa no jogo de ida, por 1×1, (ver texto 1) fez com que Filipinas entrasse mais confiante hoje pela manhã (horário de Brasília), no estádio Rizal Memorium (12.873 lugares), empurrada pelo apoio de 12.500 filipinos. Em busca da primeira vitória em eliminatórias e consequente classificação inédita, os filipinos partiram para cima, conseguindo quatro gols.

O destaque da partida foi o jovem atacante Phil Younghusband, de 23 anos, que atua no San Beda (Filipinas). Dos nove aos 20 anos jogador do grande Chelsea (Inglaterra), Phil é habilidoso e rápido, tendo acumulado 15 gols em 21 aparições pela seleção principal, contando os dois de hoje.

Agora, Filipinas terá um adversário mais tarimbado na 2ª Fase das Eliminatórias Asiáticas. Trata-se do Kuwait, que já foi à uma Copa do Mundo, a de 1982, sob o comando de Carlos Alberto Parreira. Será que o país poderá ir mais longe? Os jogos ocorrem em 23 (ida) 28 de julho (volta).

Gols do jogo

 Imagem de Amostra do You Tube

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede