Eliminatórias 2014: Centro-americanos começam com vitória

logo-copa-2014

 vote no Plano Tático no concurso TOP Blogs

Na primeira rodada da 2ª Fase das Eliminatórias Concacaf, El Salvador e Guatemala começaram com o pé direito. Os dois países da América Central assumiram a liderança de seus grupos, melhor para a Guatemala, que já goleou! Boa leitura!

A esperança está novamente acesa!

El Salvador x República Dominicana

El Salvador não tem grande tradição em se tratando de futebol, mas carrega dois feitos na história: já disputou duas Copas do Mundo (1970 e 1982), perdendo todos os seis jogos, é verdade. Em 2014, a apaixonada torcida salvadorenha acredita na volta a um Mundial. Por esta razão, 25.272 torcedores apareceram no estádio Cuscatlán, na capital do país, San Salvador, para acompanhar a vitória da seleção da casa diante da República Dominicana. Mas o placar foi apertado e os gols só saíram no segundo tempo…

Por volta dos nove minutos, o goleiro dominicano, Miguel Lloyd, deu um chutão para frente, no tiro de meta, como se quisesse livrar-se da bola. Não deu certo! El Salvador reassumiu a posse da esfera ainda no campo de defesa, com o zagueiro Alexander Escobar. Rapidamente, ele tocou para Romeo Monteagudo, que encontrou Jaime Alas livre, ao seu lado. Aí o camisa 16 de El Salvador decidiu lançar o atacante Rodolfo Zelaya, único convocado que atua na Europa, no Alania (Rússia). Bela decisão!

Com habilidade, o jovem de 23 anos se infiltrou pelo buraco na defesa da República Dominicana, invadiu a área e, antes que Miguel Lloyd pudesse sair do gol para fechar o ângulo, Zelaya tocou por cobertura, fazendo um golaço! 1×0 El Salvador! Que falha da zaga dominicana!

O segundo gol dos donos casa surgiu após nova falha dos dominicanos. O meia Edwards Vinício Espinal tinha tudo para caminhar com a bola, mas preferiu forçar um passe na direita, num lançamento longo para Rafael Rodríguez. Ele não conseguiu dominar, apertado pela marcação do meia Romeo Monteagudo, que roubou a bola e partiu num contra-ataque rápido.

Ele percebeu a liberdade do atacante Christian Bautista pela esquerda e tocou para ele, já na entrada da área. O salvadorenho driblou o zagueiro Rafael Ramírez, que quase tropeçou, invadiu a área e tocou na saída de Lloyd, marcando o segundo! É importante salientar que neste momento a República Dominicana já estava com dez atletas em campo, por causa da expulsão do meia Francisco Ubiera. Sete minutos depois, o zagueiro Jhoan Cruz diminuiu para a República Dominicana, deixando o placar apertado, em 2×1.

O último gol de El Salvador na partida aconteceu de pênalti. Por volta dos 33 minutos, Baustista recebeu bola desviada no zagueiro dominicano e tocou lindamente de calcanhar, para a entrada da área. Osael Romero apareceu livre, de frente para o goleiro e caminhou com a bola. Quando se preparava para marcar, Jhoan Cruz o calçou dentro da área, no que o juiz panamenho Luis Rodríguez De La Rosa marcou pênalti.

Rodolfo Zelaya bateu, deslocou Miguel Lloyd e marcou o terceiro gol de El Salvador, que liquidava qualquer chance de perder o jogo para os dez homens da República Dominicana. Os visitantes ainda conseguiram fazer mais um gol, num claro relaxamento de El Salvador. Domingo Peralta diminuiu já aos 45 minutos, num contra-ataque em que o atacante dominicano pegou a defesa salvadorenha desguarnecida por completo e tocou na saída de Juan Gomez, fechando o placar em 3×2!

Imagem de Amostra do You Tube

A torcida de El Salvador gostou da partida e da vitória, muito importante para o início de caminha das Eliminatórias Concacaf. Porém, El Salvador deve ter ciência de que a atenção com o adversário deve ser durante os 90 minutos. Se a República Dominicana fosse um pouco melhor, poderia ter complicado o jogo. Ou El salvador evolui, ou as participações em Copas do Mundo só poderão ser contadas pelos mais velhos!

Na próxima rodada, El Salvador vai até Ilhas Cayman encarar os donos da casa, no dia 6 de setembro. Já a República Dominicana terá de vencer Suriname, em casa, se quiser tentar a classificação à 3ª Fase.

Guatemala goleia e é líder do Grupo

Guatemala x São Vicente e Granadinas

Os guatemaltecos que acompanharam a partida entre Guatemala e São Vicente & Granadinas viram a equipe da casa simplesmente atropelar o adversário, que tem a base de sua seleção jogando no próprio país ou em Trinidad & Tobago. Com uma equipe mais experiente, os donos da casa não tomaram conhecimento diante da retrancada São Vicente & Granadinas.

O gol inaugural aconteceu aos 14 minutos da primeira etapa, com o meia Marco Pappa, que atua pelo Chicago Fire (Estados Unidos). Até este momento, a Guatemala já havia conseguido três chutes a gol, mas o goleiro granadino Dwayne Sandy aparecia bem, assim como a defesa. O segundo tento guatemalteco ocorreu aos 30 minutos.

Pappa bateu falta muito bem e a única maneira que Sandy encontrou de evitar o gol foi espalmando para frente. Aí ficou fácil o zagueiro Yoni Flores, livre, tocar para o fundo das redes! No final do primeiro tempo, São Vicente & Granadinas chegou duas vezes, mas o goleiro guatemalteco Ricardo Jerez impediu qualquer reação dos visitantes.

Na etapa final, mais dois da Guatemala, o terceiro com Mario “El Loco” Rodríguez, aproveitando mais um rebote de Dwayne Sandy, após cabeçada de Marco Pappa, aos sete minutos. O último gol da goleada de 4×0 foi do experiente meia Freddy Garcia, de 34 anos, aos 26 minutos.

Com a vitória dentro do estádio Mateo Flores (30.000 lugares), a seleção da América Central larga na frente no Grupo E, já que tem um gol de saldo a mais que Belize, vencedora no confronto diante de Granada (veja detalhes, no texto 3). Na segunda rodada, dia 6 de setembro, os dois líderes se enfrentam, em Belize, para ver quem dispara na ponta da tabela. No dia 18 de setembro, em partida isolada, São Vicente & Granadinas recebem Granada, na esperança de reverter a derrota para a Guatemala.

Imagem de Amostra do You Tube

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede