Eliminatórias 2014 Uzbequistão segura Japão, Coreia do Norte se recupera

logo-copa-2014

 vote no Plano Tático no concurso TOP Blogs

Enquanto o Uzbequistão conquistou um bom resultado dentro de casa, suficiente para encaminhar a classificação do país à Fase Final, a Coreia do Norte diminuiu a diferença para ambos, ao vencer o saco de pancadas do Grupo C, o Tadjiquistão! Boa leitura!

Uzbeques surpreendem japoneses e empatam

Uzbequistão x Japão

Os torcedores uzbeques lotaram o grande estádio Pakhtakor Markaziy (35.000 lugares), na capital do país, Tashkent, para empurrar os jogadores diante do adversário mais difícil da 3ª Fase das Eliminatórias Asiáticas. Entusiasmados com o apoio vindo das arquibancadas, os atletas uzbeques corresponderam logo no início da partida.

Por volta dos oito minutos, o atacante Alexander Genyrikh, de 26 anos, do Suwon Bluewings (Coreia do Sul) fez jogada insistente pelo lado esquerdo do ataque. Depois de tentar cruzar, com o defensor japonês impedindo a bola na área, Genyrikh persistiu no lance e conseguiu colocar a bola na área. Ela foi na direção do meia Timur Kapadze, que estava marcado pelo zagueiro Yasuyuki Konno, de 28 anos.

Ele conseguiu desviar a bola de cabeça, mas ela caiu nos pés do meio campo e capitão do Uzbequistão, Server Djeparov. Com muita habilidade, o atleta do Al-Shaba Riyadh (Arábia Saudita) pegou de primeira, sem deixar a bola cair, surpreendo o goleiro japonês Eiji Kawashima, que ainda pulou no cantinho para evitar o gol uzbeque, mas já era tarde demais!

Na comemoração, Djeparov deu vários mortais, levantando os milhares de torcedores uzbeques no estádio. Parecia que o Uzbequistão finalmente tinha chances reais de classificação à uma Copa do Mundo. Porém, no segundo tempo, o Japão chegou à igualdade.

O cronômetro apontava 20 minutos, quando o zagueiro Atsuto Uchida, que atua pelo Schalke 04 (Alemanha), conseguiu vencer a marcação do meia Odil Akhmedov, do Anzhi Makhachkala, do brasileiro Roberto Carlos (veja matéria em que Roberto dançou o Lezginka) e cruzou na área. A bola passou por um atacante japonês, mas não por Shinji Okazaki!

Ele cabeceou de peixinho, quase beijando a grama, e o goleiro uzbeque Ignatiy Nesterov, do Bunyodkor (Uzbequistão), aceitou. A bola passou por baixo de suas pernas e ele não conseguiu voltar a tempo para fazer a defesa! O lance foi muito rápido e perto de Nesterov, que até não teve culpa. Foi infelicidade do atleta!

Imagem de Amostra do You Tube

Com o empate, ambas lideram o Grupo C, rigorosamente empatadas, com quatro pontos. A Coreia do Norte, que venceu o Tadjiquistão por 1×0 (matéria logo abaixo) está em terceiro, com três. Só os tadjiques ainda não somaram pontos e dificilmente o farão diante de três boas equipes.

A próxima rodada do grupo, no dia 11 de outubro de 2011, pode começar a definir as posições. Enquanto o Japão tenta fazer o máximo de gols possível em cima do Tadjiquistão, em casa, a Coreia do Norte encara o Uzbequistão, também em seus domínios, num jogo muito importante para fins de classificação à Fase Final.

Coreia do Norte faz o dever de casa

Coreia do Norte x Tadjiquistão

Depois de sofrer uma derrota aos 49 minutos do segundo tempo, para o Japão (veja detalhes da partida – texto 1), o que frustrou os norte-coreanos e a estrela do time, o atacante Jong Tae-Se, que foi focalizado pelas câmeras chorando, depois que o Japão fez 1×0, a Coreia do Norte não poderia pensar em outro resultado que não a vitória.

Sob pressão, os jogadores enfrentaram a pior seleção do Grupo C, o Tadjiquistão, que também havia sido derrotado, por 1×0, pelo Uzbequistão, em casa (veja matéria sobre a partida – texto 2). Os torcedores que compareceram ao estádio de Yanggakdo (30.000 lugares), na capital norte-coreana, Pyongyang, viram que a equipe da casa tem sérios problemas no ataque.

Mesmo assim, os anfitriões puderam comemorar a vitória, graças a um zagueiro! Pak Nam-Chol, que atua no próprio país, pelo Amrokgang (Coreia do Norte), marcou o primeiro e único gol da Coreia do Norte nas eliminatórias até aqui, logo aos 14 minutos do primeiro tempo, assegurando os três pontos.

Imagem de Amostra do You Tube

Com o empate entre Uzbequistão e Japão, a Coreia do Norte não perde tanto contato na tabela de classificação. Com três pontos, um a menos que os dois líderes, os norte-coreanos já disputaram o jogo teoricamente mais difícil – Japão, fora –, mas também o mais fácil – Tadjiquistão, em casa. Na próxima rodada, dia 11 de outubro de 2011, um desafio que pode começar a definir os rumos do Grupo C.

Os norte-coreanos precisam da vitória sobre o Uzbequistão para ficar com a segunda vaga do grupo, já que o Japão não parece dar sinais de que perderá a liderança, apesar da dificuldade que teve nas duas primeiras rodadas.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede