Eliminatórias 2014: Coreia do Sul empata e Bahrein vence

logo-copa-2014

 vote no Plano Tático no concurso TOP Blogs

Os jogos das Eliminatórias Asiáticas, terça-feira, 6 de setembro de 2011, apresentaram gratas surpresas. A Coreia do Sul queria a vitória, mas não conseguiu. A Jordânia aprontou novamente, desta vez para cima da China. E o Bahrein se recuperou do empate em casa, contra o Catar. Boa leitura!

Kuwait consegue empate diante dos sul-coreanos

Kuwait x Coreia do Sul

Depois da grande apresentação na vitória diante dos Emirados Árabes Unidos, por 3×2, fora de casa (veja detalhes do jogo – texto 1), a torcida kuwaitiana simplesmente lotou o estádio Al-Sadaqua Walsalam (21.500 lugares). 20.000 torcedores esperavam uma vitória diante da forte Coreia do Sul, que começou vencendo. Logo aos oito minutos, os visitantes foram ao ataque.

Após excelente troca de passes de primeira, o atacante Ji Dong-Won, do Sunderland (Inglaterra), receberia passe de costas para o gol. Porém, ele percebeu que o companheiro de ataque Park Chu Young disparava atrás dele. Com muita habilidade, ele fez um corta-luz, deixando o zagueiro Hussain Fadel Ali sem ação. Aí ficou tranquilo para Chu Young, dentro da área e livre de marcação, escolher o canto e deslocar o goleiro Nawaf Al-Khaldi!

No segundo tempo, foi a vez do Kuwait balançar as redes logo no início. Também aos oito minutos, o habilidoso atacante Bader Al-Mutwa, que já havia feito um gol diante dos Emirados Árabes Unidos, conseguiu um lindo lançamento, de três dedos, na ponta direita. A bola encontrou o meia Fahad Al-Enezi, o único convocado que atua no exterior, pelo Al-Ittihad (Arábia Saudita). Ele foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para a área.

A bola ficou entre o atacante Yousef Nasser Al Sulaiman, que também marcou no primeiro jogo, e o goleiro sul-coreano Jung Sung Ryong, que dividiram a bola. Antes que os zagueiros Kim Jae Sung e Hong Jeong-Ho pudessem chegar para afastar a sobra, o zagueirão Hussain Fadel Ali foi mais esperto e conseguiu um toquinho de leve, suficiente para mandar a bola para as redes!

Imagem de Amostra do You Tube

Com o empate de 1×1, ambas as seleções se postam na liderança, com quatro pontos. A vantagem é da Coreia do Sul, que tem melhor saldo de gols em razão da goleada sobre o Líbano por 6×0 (veja matéria sobre o jogo – texto 2). No próximo dia 11 de outubro, a Coreia do Sul recebe o lanterninha Emirados Árabes Unidos, enquanto o Kuwait visita Beirute, para encarar os libaneses.

Bahrein vence em jogo de muita confusão

Indonésia x Bahrein

Mesmo após a derrota para o Irã, na primeira rodada, por 3×0 (veja detalhes da partida – texto 2), os torcedores indonésios lotaram o estádio Gelora Bung Karno (88.083 lugares). Com o segundo maior público das Eliminatórias Asiáticas, atrás da partida entre Indonésia e Turcomenisão (4×3 para os anfitriões, pela 2ª Fase, com 88 mil pessoas), os 85.000 torcedores esperavam a primeira vitória da Indonésia.

Que festa os indonésios fizeram no início!

Imagem de Amostra do You Tube

Entretanto, o Bahrein, que ficou a um passo de jogar a última Copa do Mundo, em 2010, precisava vencer para descontar o empate em casa diante do Catar, na rodada inicial (veja a matéria sobre o jogo – texto 1). O primeiro gol da partida ocorreu ainda no primeiro tempo, nos acréscimos.

Em boa jogada individual na entrada da área, o jovem meia Sayed Dhiya Shubbar driblou Mohammad Nasuha e Muhamad Roby, de uma só vez, invadiu a grande área e chutou forte, rasteiro, sem chances para o goleiro Imade Wirawan, que ainda saltou para tentar pegar a bola. Grande jogada!

Por volta dos 25 minutos, já no segundo tempo, o Bahrein fez o segundo. O atacante Ismail Abdul-latif recebeu lançamento do meio-campo, ganhou do zagueiro na corrida, invadiu a área, completamente livre, e tocou na saída de Imade Wirawan. Na comemoração, Abdul-Latif provocou a torcida indonésia, pedindo silêncio com o dedo. As imagens também mostram o árbitro sul-coreano Lee Min Hu pegando uma garrafa de plástico jogada no gramado pelos indonésios.

Imagem de Amostra do You Tube

Após dez minutos do segundo gol bareinita, alguns torcedores da Indonésia começaram a deixar o campo, bastante chateados pelo placar adverso. Outros, porém, preferiram descontar a frustração no gramado. Muitos fogos de artifício foram jogados no campo, causando a paralisação da partida pelo árbitro Lee Min Hu, que ordenou às duas equipes que voltassem aos vestiários. Após cerca 15 minutos de confusão, a partida foi retomada, permanecendo o mesmo placar.

Com o triunfo, o Bahrein consegue se recuperar do empate em casa diante do Catar e alcança a segunda posição do Grupo E, com quatro pontos, ao lado do Irã. Na próxima rodada, em 11 de outubro de 2011, bareinitas e iranianos decidem quem é o melhor do grupo, que vai disparar na liderança, no Irã. Já Catar e Indonésia, no Oriente Médio, jogam para ainda sonharem com a classificação à Fase Final.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede