Granada surpreende Belize; Canadá goleia Santa Lúcia

logo-copa-2014

vote no Plano Tático no concurso TOP Blogs

Por Matheus Laboissière

Belize tinha tudo para vencer e continuar na briga pela classificação com a Guatemala, no Grupo E das Eliminatórias Concacaf. Porém, a adormecida Granada acordou e estragou os planos belizenhos. O Canadá, por sua vez, está tranquilão na liderança do Grupo D e pode até se classificar matematicamente já na próxima rodada. Boa leitura!

Belize perde em casa e se complica

Belize x Granada

Após a goleada que Belize decretou para cima de Granada, fora de casa, na estreia de ambos na 2ª Fase das eliminatórias, por 3×0 (veja detalhes – texto 3), todos os 1.200 torcedores que acompanharam a partida no estádio FFB Field (5.000 lugares), na capital belizenha, Belmopan, esperavam outra vitória sobre os granadinos. Não foi o que aconteceu…

O primeiro gol da partida foi marcado por volta dos 37 minutos. Após um lançamento em direção ao meia Shane Renni, de 24 anos, atleta do Paradise (Granada), ele dominou, driblou dois zagueiros e, antes que um terceiro chegasse, chutou forte, no cantinho do goleiro Shane Moody-Orio, 31, que joga pelo Marathón (Honduras). Ele se esticou todo, mas não foi capaz de evitar o gol granadino. O segundo dos visitantes aconteceu apenas quatro minutos depois.

Um cruzamento rasteiro para a área provocou falha horrorosa do zagueiro belizenho. Ele acabou fazendo um belo passe para o atacante Marcus Julien, 24, que joga na Índia, pelo NISA. Ele pegou um bom chute com o lado do pé direito, de primeira, e colocou nas redes, à queima-roupa de Moody-Orio! Já no segundo tempo, Granada conseguiu o terceiro gol, logo aos cinco minutos.

O meia Lancaster Joseph, 29, jogador do Hurricane (Granada), cobrou falta no flanco direito do ataque. A bola invadiu a área e um atacante de Granada tentou cabecear. Foi o suficiente para enganar defesa e Moody-Orio, que ainda tentou salvar, mas já era tarde demais! Desanimada com a derrota parcial de 3×0, Belize não tinha sucesso nas raras jogadas de ataque. Num contra-ataque, os anfitriões ainda levaram o quarto.

O bom atacante Clive Murray, que quebrou um recorde para Granada na Copa Ouro de 2011 (veja matéria sobre o feito), ganhou do zagueiro na corrida e foi empurrado. Entretanto, ele não chegou a cair, continuou caminhando com a bola dominada, com o belizenho em seu encalço. Murray, de apenas 20 anos, atleta do Paradise, invadiu a área pelo flanco esquerdo e tocou entre Moody-Orio e a trave, no único espaço que havia.

O único grito de gol da seleção de Belize ocorreu já no final da partida. Por volta dos 40 minutos, uma confusão na área de Granada resultou numa sobra. O meia Ryan Simpson, 26, que defende o Benguche United (Belize), pegou um chute rasteiro de fora de área. Atrapalhado pelo bolo de jogadores em sua frente, o jovem goleiro Josh Charles, que atua pelo AFC Winbledon (Inglaterra), não chegou a tempo de fazer a defesa!

 Imagem de Amostra do You Tube

Com a goleada, Granada chega aos três pontos, mesmo número de Belize e São Vicente & Granadinas, que fica na lanterna pelo saldo de gols. Nenhum dos três está eliminado, o que pode ocorrer já no próximo dia 11 de outubro de 2011. Para isso, Granada e São Vicente & Granadinas terão de empatar, enquanto a Guatemala, líder, com nove pontos, precisará da vitória diante de Belize, em casa. A classificação dos guatemaltecos está garantida, resta saber apenas em que rodada acontecerá de forma matemática.

Canadá humilha Santa Lúcia

Santa Lúcia x Canadá

O Plano Tático sabia que a vitória canadense diante de Santa Lúcia, na primeira rodada, por 4×1, em casa (veja detalhes e gols – texto 1), não ilustrava a diferença de qualidade entre as equipes. Esta, portanto, foi atestada na última sexta-feira, na casa do país caribenho. Os 1.005 torcedores anfitriões que tomaram coragem e assistiram à partida no estádio Beausejour (20.000 lugares) se arrependeram.

O gol inaugural da partida aconteceu logo aos 18 minutos. O jovem zagueiro Adam Straith, 21, atleta do Energie Cottbus (Alemanha) lançou o atacante Simeon Jackson, 24, que faz seus gols pelo Norwich City (Inglaterra). Ele dominou, e de frente para o goleiro Pessius Polius, de apenas 19 anos, o driblou e balançou as redes santa-lucenses. Dez minutos depois, a jogada exitosa do gol inicial se repetiu e Jackson venceu novamente Polius, dobrando a vantagem.

Aos 34 minutos, os canadenses chegaram ao terceiro. Jackson desta vez foi garçom e, pelo flanco, fez boa jogada e cruzou. A bola desviou num zagueiro de Santa Lúcia e sobrou para o atacante Olivier Occean, 29, do Greuter Fürth (Alemanha), que só teve o trabalho de empurrar para as redes! A cinco minutos do intervalo, o Canadá fez o quarto…

Ian Hume, atacante do Preston North End (Inglaterra), finalizou, mas Polius fez a defesa, dando rebote. Aí ficou fácil para Simeon Jackson bater para o gol vazio e marcar o terceiro na partida. A marca representa um recorde, já que apenas o atacante Alex Bunbury, em 15 de novembro de 1992, havia marcado três gols num mesmo jogo, pelo Canadá, em eliminatórias – vitória de 4×2 sobre Bermudas, em casa.

No segundo tempo, o bombardeio canadense teve continuidade e sucesso. O quinto gol não demorou a sair. Aos seis minutos, Olivier Occean marcou seu segundo na partida depois de driblar Polius, que já devia estar cansado de buscar a bola dentro do gol! Apenas aos 28 minutos, o Canadá furou a defesa adversária pela sexta vez.

O jovem zagueiro Ashtone Morgan, 20, do Toronto FC (Canadá), um dos três atletas convocados que atuam no próprio país – os outros são os meias Julian de Guzman e Terry Dunfield, também do Toronto –, fazia sua estreia pela seleção e deu assistência ao experiente Hume debutar na partida! Aos 41, o mesmo Hume fechou a goleada de 7×0 sobre Santa Lúcia, numa boa apresentação dos canadenses, com bastante volume de jogo.

Imagem de Amostra do You Tube

Com nove pontos em três partidas e apenas um gol sofrido, é só questão de tempo para o Canadá alcançar a classificação, pelo Grupo D, à 3ª Fase das eliminatórias. No próximo dia 11 de outubro de 2011, terça-feira, Porto Rico, em casa, deverá ser a vítima da vez. No outro jogo da chave, São Cristóvão & Névis recebe Santa Lúcia, precisando de apenas um ponto para continuar com chances matemáticas de classificação. Se perder, o Canadá garante a vaga.

Eliminatórias Asiáticas | Eliminatórias Concacaf | Eliminatórias Sul Americanas

Siga o Plano Tático no Twitter: https://twitter.com/PlanoTatico

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede