Paraguai sofre para empatar; El Salvador goleia

logo-copa-2014

vote no Plano Tático no concurso TOP Blogs

Por Matheus Laboissière

O começo de Eliminatórias Sul Americanas do Paraguai é muito fraco. Depois da derrota para o Peru, por 2×0 (veja os gols – texto 1), por muito pouco os paraguaios não foram derrotados pelo Uruguai. Por sua vez, El Salvador não tomou conhecimento da fraca Ilhas Cayman e goleou com tranquilidade. Boa leitura!

Uruguai leva um ponto de Assunção

 Paraguai x Uruguai

A torcida da casa deu seu recado aos jogadores. Apenas 12.922 pessoas – contando com os uruguaios – apoiaram a seleção do Paraguai, no estádio Defensores del Chaco (36.000 lugares), em Assunção, capital do país. Sem gols no primeiro tempo, as duas seleções vieram para os 45 minutos finais pressionadas, ainda mais os donos da casa, que estavam a zero ponto na classificação.

Porém, foram os uruguaios que abriram o marcador. O grande atacante Luiz Suárez, do Liverpool (Inglaterra), deu o drible da vaca no zagueiro Dário Verón, já dentro da área. Ele foi até a linha de fundo e cruzou. O meia Victor Cáceres, do Libertad (Paraguai), tentou cortar o cruzamento, sem sucesso. No lado oposto, fechando na segunda trave, estava outro ótimo atleta, o atacante Diego Fórlan, da Internazionale (Itália). Ele só teve de empurrar para as redes e fazer seu primeiro gol nas eliminatórias. O goleiro paraguaio, Diego Barreto, do Cerro Porteño (Paraguai), tentara cortar o cruzamento de Suárez e não se recuperou a tempo!

O empate dos anfitriões veio tarde, no último lance da partida! Em cobrança de escanteio, Dário Verón desviou a bola, de cabeça, na primeira trave. A mudança de trajetória surpreendeu a defesa uruguaia, que teve de se rearmar. Nesse meio tempo, a pelota bateu no joelho do jovem atacante Luis Nery Caballerro, de 21 anos, do Olímpia (Paraguai), que fazia sua estreia pela seleção. A esfera de jogo ficou entre o goleiro Fernando Muslera, do Galatasaray (Turquia), e o meia Richard Ortiz, também do Olímpia e que fazia sua estreia. O paraguaio foi mais rápido e desviou, de carrinho, balançando as redes do Uruguai!

Imagem de Amostra do You Tube

Com o empate, o Uruguai, que não teve nenhum atleta convocado que jogasse no próprio país, assume a liderança isolada das eliminatórias, com quatro pontos. A Argentina vem em segundo, com três. Já o Paraguai aparece apenas em penúltimo, na oitava posição, com um pontinho, à frente apenas da Bolívia, que perdeu as duas. Na próxima rodada, o Paraguai joga novamente em casa, diante do Equador. Já o Uruguai receberá o Chile, em Montevidéu, procurando se manter no topo da tabela.

El Salvador ganha fácil de Ilhas Cayman

 El Salvador x Ilhas Cayman

A situação do Grupo A das Eliminatórias Concacaf está praticamente definida. Os salvadorenhos caminham a passos largos para chegar à 3ª Fase do torneio e fizeram mais uma vítima neste trajeto. Diante de Ilhas Cayman, a vitória era certa, mas apenas 17.570 torcedores apareceram no estádio Cuscatlán (45.000 lugares), em San Salvador, capital do país. Logo aos seis minutos, El Salvador teve cobrança de falta a seu favor.

Depois de a bola pingar na área, um salvadorenho tocou de cabeça na direção do zagueiro Victor Turcios, do Luiz Ángel Firpo (El Salvador). Jeremy Graham tentou subir para afastar o perigo, mas não conseguiu. Aí o zagueiro, sozinho, pegou bonito na bola, de primeira, e colocou nas redes, no contrapé do goleiro Ramon Sealy, do Bodden Town (Ilhas Cayman), já retratado em matéria do Plano Tático (veja aqui)!

Aos 13 minutos, em outra jogada de bola parada, desta vez em escanteio, nova finalização com a cabeça resultou em gol de El Salvador. Um desvio de Turcios na primeira trave mudou a trajetória da bola, que foi para o zagueiro Steve Purdy, estadunidense de nascimento, do Portland Timbers (Estados Unidos), único entre os convocados que atua fora do país. Ele cabeceou no contrapé de Sealy, no meio do gol. O zagueiro Donald Solomon, do George Town SC (Ilhas Cayman), tentou salvar e quase foi exitoso! 2×0 El Salvador!

Já no final da primeira etapa, por volta dos 45 minutos, os donos da casa balançaram as redes caimanesas pela terceira vez. O cruzamento na área do meia Andrés Flores, do Isidro Metapán (El Salvador), encontrou o  meia Jaime Alas, do Luis Ángel Firpo (El Salvador), que finalizou de cabeça, forte e para o chão. A bola passou entre Sealy e Solomon, que desta vez estava longe demais para tentar impedir o gol!

A dois minutos do fim, aos 43, os anfitriões tiveram um pênalti a favor. O meia Herbert Sosa, do Alianza (El Salvador), bateu bem – goleiro de um lado, bola do outro – e fez seu segundo gol com a camisa de El Salvador, em sete partidas, dando número finais ao jogo!

 Imagem de Amostra do You Tube

Com a goleada de 4×0, El Salvador mantém os 100% de aproveitamento na chave, com 12 pontos, 13 gols marcados e apenas quatro sofridos. Na próxima rodada, dia 11 de novembro de 2011, os salvadorenhos visitam Suriname, segundo, com sete, único que pode roubar-lhe a vaga. Para isso, no entanto, Suriname terá de vencer os dois jogos diante dos salvadorenhos, o que parece ser praticamente impossível. El Salvador deve confirmar a vaga à 3ª Fase no próximo jogo. República Dominicana, com quatro, e Ilhas Cayman, com zero, já estão matematicamente eliminadas.

Eliminatórias Asiáticas | Eliminatórias Concacaf | Eliminatórias Sul Americanas

Redes Sociais

Siga o Plano Tático no Twitter: https://twitter.com/PlanoTatico

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede