Líbano surpreende e vence Coreia do Sul; Trinitinos ganham; Barbados perde de novo

logo-copa-2014

vote no Plano Tático no concurso TOP Blogs

Por Matheus Laboissière

Nas Eliminatórias Asiáticas, os libaneses continuam firmes na disputa por uma das vagas à Fase Final, após derrotarem a forte Coreia do Sul. Na Concacaf, Trinidad & Tobago devolveu a derrota sofrida diante de Guiana, mas a situação do Grupo B já estava definida. No jogo de fundo, Bermudas venceu novamente Barbados. Boa leitura!

Líbano vence e se aproxima da classificação

Líbano x Coreia do Sul

Maior e mais grata surpresa das eliminatórias na Ásia, ao lado da Jordânia, o Líbano vem fazendo bonito e quebrando os prognósticos, que apontavam a seleção como saco de pancadas do grupo, mesma opinião do Plano Tático, antes do início da 3ª Fase. A torcida libanesa fez sua parte, ocupando boa parte das arquibancadas do estádio Camille Chamoun Sports City (47.799 lugares), com 35.000 presentes.

Assim que a partida começou, os atletas libaneses pressionaram a saída de bola da defesa sul-coreana, que já teve de dar chutão para frente, demonstrando como seria o comportamento dos donos da casa. E nem demorou muito para o placar ser aberto em Beirute, capital do Líbano. Logo aos quatro minutos, o experiente atacante Abbas Ahmed Atwi, de 32 anos, do Nejmeh SC (Líbano), cobrou falta na direita.

A jogada, ensaiada, colocou o meia Roda Antar, que joga Shandong Luneng (China), em condições de finalizar, na marca do pênalti. Ele chutou, mas a bola bateu no zagueiro Cha Du-Ri, que atua pelo Celtic (Escócia). Na sobra, o zagueiro Ali Al Saadi, do Safa Beirut (Líbano), encontrou caminho livre para finalizar, à frente do goleiro Jung Sung-Ryong, do Suwon Bluewings (Coreia do Sul), e estufar as redes sul-coreanas!

Aos dez minutos, uma falta na entrada da área por pouco não se transformou no gol de empate da Coreia do Sul. Tudo porque o goleiro libanês, Ziad El Samad, de 33 anos, do Safa Beirut, foi tentar defender uma bola que estava saindo, espalmando nos pés de um atleta sul-coreano. Na hora em que este finalizaria, um jogador libanês apareceu e deu um chutão para a linha de fundo, cedendo escanteio!

Pouco depois, um lançamento do zagueiro Hong Jeong-Ho, do Jeju United (Coreia do Sul), foi desviado por um atleta sul-coreano, de cabeça, que acabou virando um passe para o jovem meia Koo Ja-Cheol, de 22 anos, do Wolfsburg (Alemanha). Ele dominou e chutou, balançando as redes libanesas! Porém, o árbitro saudita Khalil Al Gahmdi, marcou impedimento, acertadamente, invalidando o lance.

A Coreia do Sul continuava criando chances de marcar, enquanto o Líbano recuava, procurando anular as jogadas ofensivas do adversário, mas sem se lançar ao ataque. Aos 15 minutos, cobrança de falta de Koo Ja-Cheol causou confusão na área libanesa. O atacante Song Heung-Min, do Hamburgo (Alemanha), desviou a bola de cabeça, para a esquerda. O atacante Lee Keun-Ho, do Gamba Osaka (Japão), e o zagueiro Ramez Dayoub, do Selangor FA (Malásia), disputaram a bola no alto. Porém, o libanês deu uma bicicleta, que atingiu em cheio o rosto do sul-coreano, que ficou caído no chão.

O árbitro saudita acabou parando o jogo para o atendimento de Keun-Ho. Depois, ele assinalou pênalti para a Coreia do Sul. Koo Ja-Cheol bateu no canto oposto ao qual saltou o goleiro Ziad El Samad e empatou a partida, aos 20 minutos!

Após o gol dos visitantes, o Líbano demonstrou nervosismo em campo, com os jogadores da seleção anfitriã levando cartões amarelos bobos, por reclamação, como o de Roda Antar, aos 25 minutos. Sete minutos depois, torcedores e atletas do Líbano voltaram a se acalmar. Em cobrança de lateral de Abbas Al-Atwi, a bola chegou até o atacante Mahmoud El Ali, do Al Ahed (Líbano).

Já dentro da área e de costas para as marcações de Koo Ja-Cheol e do zagueiro Kwak Tae-Hwi, do Ulsan Hyundai (Coreia do Sul), El Ali tentou passar por entre os sul-coreanos, mas não conseguiu. Tudo porque Koo Ja-Cheol ergueu a perna direita e calçou o libanês. Claro que o árbitro marcou pênalti, para a alegria de El Ali, que foi comemorar com a torcida como se tivesse feito um gol. O narrador também se emocionou!

Abbas El-Atwi correu para a bola e acertou o canto esquerdo de goleiro Jung Sung-Ryong, que pulou para a direita! 2 a 1 Líbano, aos 32 minutos, para a incrível festa dos torcedores e dos jogadores libaneses! De fato, a vitória parcial era sensacional para as pretensões do Líbano, que vai surpreendendo a todos nestas eliminatórias!

Depois de estar vencendo, o Líbano parece ter ganhado confiança, como se pode ver no lance em que o zagueiro Bilal Najjarin, de 30 anos, do Bankstown City Lions (Austrália), desarmou dois sul-coreanos, de carrinho, no campo de defesa, recuperando a posse da bola para os libaneses. Os visitantes até que procuraram o gol de empate, mas não conseguiram vencer a aplicada defesa do Líbano.

Lances do 1º tempo

Imagem de Amostra do You Tube

Na etapa final, o jogo ficou aberto, com as duas equipes procurando marcar. O Líbano levou grande perigo no início, numa cobrança de escanteio de Abbas El-Atwi. Ele colocou a bola na segunda trave, que num primeiro momento não tinha ninguém. Entretanto, Roda Antar se desvencilhou da marcação do zagueiro Lee Jung-Soo, do Al Sadd (Catar), e cabeceou à queima-roupa do goleiro. Ele levou azar e a bola explodiu na trave!

Num lance de contra-ataque dos anfitriões, a bola chegou para Mahmoud El Ali. Ele fintou o marcador e finalizou, mas o chute saiu fraquinho, nas mãos de Sung-Ryong. Logo depois, Kwak Tae Hwi fez linda jogada e, mesmo marcado por três libaneses, invadiu a área e tirou do goleiro. Porém, a bola passou perto do travessão, indo pela linha de fundo!

Assim que o jogo terminou, ouviram-se vários gritos da torcida libanesa, enquanto os reservas invadiram o gramado para comemorar junto dos atletas a incrível vitória sobre a Coreia do Sul. Todos sem exceção, narrador da partida incluído, estavam bastante emocionados. Sobrou até para o técnico alemão Theo Bücker, de 63 anos, carregado pelos jogadores como herói. Ele comanda a seleção desde 2011 e também treina o Al-Ahed, o maior time do país.

Lances 2º tempo

Imagem de Amostra do You Tube

A comemoração é válida, com certeza, pois esta seleção do Líbano já entrou para a história do país. Mas ainda há uma rodada por disputar, para que a Fase Final se torne realidade em Beirute. Muito bem posicionados na tabela, os libaneses, com dez pontos, mesmo número da Coreia do Sul, que leva grande vantagem no saldo de gols (+8 contra -2), encaram o já eliminado Emirados Árabes Unidos, com zero ponto, fora de casa. Já a Coreia do Sul receberá o Kuwait, terceiro, com oito pontos, para definir quem avança. Os jogos estão marcados para o próximo dia 29 de fevereiro de 2012.

Trinidad & Tobago se despede com vitória

Trinidad e Tobago x Guiana

Com o Grupo B das Eliminatórias Concacaf definido, os trinitinos entraram em campo meio que abandonados pela torcida outrora apaixonada. Apenas 2.000 torcedores estiveram presentes ao estádio Hasely Crawford (27.000 lugares), para acompanhar um jogo realizado apenas para se cumprir a tabela.

Procurando vencer para, pelo menos, salvar a honra do país, os jogadores trinitinos foram ao ataque, mas furaram a defesa guianense somente no segundo tempo. Aos 14 minutos, o atacante Kenwyne Jones, que defende o Stoke City (Inglaterra), marcou o primeiro. Dez minutos mais tarde, o jovem meia Lester Peltier, de 23 anos, jogador do Trecin (Eslováquia), fez o segundo e garantiu a vitória dos donos da casa sobre Guiana.

Mesmo com os três pontos, que deixaram Trinidad & Tobago com 12, um a menos que Guiana e dois à frente de Bermudas, o clima na imprensa nacional era de revolta. Um dos jornalistas locais, Marlon Miller, escreveu um artigo em que critica o papel da Federação de Futebol de Trinidad & Tobago (TTFF, em inglês) e a soberba do técnico alemão Otto Pifster:

“Será que todos na hierarquia do futebol de nosso país estavam confiantes de que os Soca Warriors venceriam Guiana e Bermudas, adversários inferiores, com facilidade? Será que eles se esqueceram de que a própria Bermudas tinha nos vencido no qualificatório para 2010?”.

Antes tarde do que nunca, pelo menos a TTFF emitiu comunicado avisando que 2012 será ano de muitos amistosos para a seleção, começando já em janeiro, contra a Finlândia. De fato, os trinitinos pareciam estar bastante confiantes, já que o único amistoso disputado em 2011 foi diante da Índia, em 21 de agosto, vencido por um placar de 3 a 0.

Por sua vez, Guiana faz história e alcança a 3ª Fase das eliminatórias. Agora, o país da América do Sul, mas que disputa o qualificatório na Concacaf, está no Grupo B, ao lado de México, Costa Rica e El Salvador. A estreia dos guianenses está marcada para o próximo dia 8 de junho de 2012, diante dos mexicanos, fora de casa. Os dois primeiros se garantem no Hexagonal Final.

Barbados perde a sexta partida

Barbados x Bermudas

Num dos piores jogos das Eliminatórias Concacaf, Barbados não conseguiu fazer frente a Bermudas e terminou perdendo mais uma. A partida teria de ser realizada em Barbados, mas um acordo entre as seleções permitiu que o estádio Nacional de Bermudas (8.500 lugares) fosse o palco escolhido.

A partida estava tão insossa que o primeiro gol só foi marcado no início do segundo tempo. Com apenas um minuto de bola rolando, o atacante de 21 anos, Nahki Wells, nascido na ilha caribenha, mas que defende o Bradford City (Inglaterra), marcou para os visitantes. Aos 27 minutos, o principal nome de Bermudas, o meia Khano Smith, de 30 anos, do Bermuda Hogges (Bermudas), que disputa a 4ª Divisão dos Estados Unidos, fez 2 a 0, de pênalti.

Já nos acréscimos, por volta dos 47 minutos, o experiente zagueiro Sheridan Grosvenor, de 33 anos, jogador do Notre Dame (Barbados), diminuiu para Barbados, que marcou apenas seu segundo gol nas eliminatórias. Assim, Bermudas termina em terceiro, com dez pontos, enquanto Barbados segura a lanterna, com zero, além de ter sofrido 14 gols.

Eliminatórias Asiáticas | Eliminatórias Concacaf

Eliminatórias Sul Americanas | Eliminatórias Africanas

Siga o Plano Tático no Twitter: https://twitter.com/PlanoTatico

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede