Uzbequistão vence Japão; Coreia do Norte tropeça

 fifa-world-cup-2014-logo

Já garantidos na Fase Final, japoneses e uzbeques fizeram um confronto apenas para decidir a primeira posição do Grupo C. Por outro lado, a Coreia do Norte não poderia fazer muita coisa, pois estava eliminada, mas a despedida das eliminatórias com um inssoso empate diante do adversário mais fraco da chave foi melancólico. Boa leitura!

Japoneses perdem e continuam sem encantar

Japão x Uzbequistão

Mesmo com tudo definido na chave, os japoneses estiveram presentes em bom número ao estádio de Toyota (45 mil lugares), na cidade de mesmo nome. Logo aos 15 minutos do primeiro tempo, o atacante Mike Havenaar, do Vitesse (Holanda), recebeu bom passe pelo lado direito e caminhou em direção à linha de fundo. Com muito espaço, ele nem precisou ir até o fundo para cruzar e mandou a bola rasteira, para o meio da área.

Antes, porém, de o atacante Shinji Okazaki, do Stuttgart (Alemanha) receber o passe, que o deixaria na cara do goleiro Ignatiy Nesterov, do Bunyodkor (Uzbequistão), o zagueiro Islom Inomov, que atua no Lokomotiv Tashkent (Uzbequistão), se esticou e mandou a bola para escanteio, com algum perigo para sua própria meta! Aos 21 minutos, a segunda chance dos anfitriões quase resultou em gol.

O meia Shinji Kagawa, do Borussia Dortmund (Alemanha), fez linda jogada pelo meio, aproveitando o espaço concedido pelos defensores uzbeques. Ele tocou para Okazaki, já dentro da área, que deu um lindo corte em Islom Inomov e mandou o petardo! Porém, a bola explodiu caprichosamente na junção da trave com o travessão!

Três minutos depois, foi a vez do lateral da Internazionale de Milão (Itália), Yuto Nagatomo, se bandear para o ataque. Ele invadiu a grande área e tocou cruzado, esperando que algum dos atacantes conseguisse o desvio para as redes. Mike Havenaar até se esticou, mas não alcançou a bola! Quase! O primeiro tempo acabou mesmo sem gols, mas ninguém esperava que a etapa final começasse com uma surpresa dos visitantes…

Shinji Kagawa tentou um passe para Nagatomo, já dentro da área, mas a defesa do Uzbequistão conseguiu o corte e partiu para o ataque. Um atleta uzbeque veio carregando a bola desde o campo de defesa, até que o meia Jasur Hasanov, do Emirates Club (Emirados Árabes Unidos), se apresentou, livre, na direta. A bola chegou até ele, que mandou para a área.

Na segunda trave, o atacante Bahodir Nasimov, do Neftchi Baku (Azerbaijão), mergulhou e, de peixinho, conseguiu a cabeçada, à queima-roupa do goleiro Eiji Kawashima, do Lierse (Bélgica). O arqueiro japonês conseguiu uma incrível defesa, mas o atacante Aleksandr Shadrin, que joga pelo Navbahor Namangan (Uzbequistão), estava a postos para mandar para as redes e foi o que ele fez! 1 a 0 Uzbequistão! Assustado com a derrota que não esperava, o Japão foi em busca do prejuízo…

Aos 25 minutos, a torcida praticamente enloqueceu. Em grande arrancada do atacante Takashi Inui, do Bochum (Alemanha), que entrara no segundo tempo, os japoneses rodaram a bola dentro da área uzbeque, sem conseguir finalizar. A bola chegou a Inui novamente, que serviu Kagawa. Ele finalmente chutou, mas Islom Inomov se jogou na frente da bola e amorteceu a finalização! Na sobra, os japoneses se enrolaram com a bola, que saiu a tiro de meta!

Já nos acréscimos, aos 46 minutos, contra-ataque puxado por Jasur Hasanov, que carregou a bola até dentro da área, quase resultou no segundo do Uzbequistão. Hasanov ficou cara a cara com Kawashima, mas chutou mal, para fácil defesa do japonês, mesmo a tão pouca distância! Aleksandr Shadrin estava completamente livre na esquerda e reclamou – com razão – de seu companheiro.

Imagem de Amostra do You Tube

Coreia do Norte se despede com empate

Tadjiquistão x Coreia do Norte

As duas seleções que entraram no estádio 20 Years of Independence (25 mil lugares), na cidade de Khujand, no Tadjiquistão, nada podiam fazer para modificar suas posições na tabela. Em jogo, estava apenas uma despedida honrosa para ambos, ainda mais para os donos da casa, derrotados nas cinco partidas anteriores, mesmo que por placares mínimos.

Os dois gols do empate de 1 a 1 ocorreram no segundo tempo. Aos oito minutos, o zagueiro de 21 anos Jang Song Ryok, que defende o Rimyongsu (Coreia do Norte), cobrou pênalti e abriu o marcador. Não demorou muito para os donos da casa alcançarem a igualdade no placar. Aos 16 minutos, o atacante Akhtam Khamrakulov, de 24 anos, que veste as cores do maior time do país, o Regar TadAZ (Tadjiquistão), empatou a partida, dando números finais às campanhas das duas seleções nas eliminatórias 2014.

Os norte coreanos, que estiveram no Mundial da África do Sul, somaram sete pontos em seis jogos, com apenas uma vitória, justamente diante do Tadjiquistão (veja o resumo da partida aqui – texto 2). Por sua vez, os tadjiques conseguiram se despedir com pelo menos um pontinho…

Siga o Plano Tático no Twitter: https://twitter.com/PlanoTatico

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede