Malaui e Nigéria empatam, num resultado suficiente para os visitantes

Num jogo que prometia muitas emoções, a Nigéria estava muito perto da vitória, quando uma enorme falha do goleiro dos visitantes resultou no empate de Malaui, que não poderia perder o jogo, em razão do empate na primeira partida, diante de Quênia, por 0 a 0 (veja informações sobre o jogo – texto 1).

O jogo

Uma multidão de 25 mil torcedores praticamente lotou o estádio Kamuzu (30 mil lugares), em Blantyre, no extremo sul do território malauiano. As duas equipes criaram suas chances durante a partida, mas não conseguiram marcar. Os donos da casa, por jogarem diante de seus torcedores, criaram boas situações de gol, mas ora falhavam na própria pontaria, ora graças ao goleiro Vincent Enyeama, 29 anos, do Lille (França). Logo aos dez minutos do primeiro tempo, o atacante de Malaui Atusaye Nyondo, 23 anos, do Supersport United (África do Sul), sentiu a presença de Enyeama, que impediu a abertura do placar.

Aos 33 minutos, foi a vez de o goleiro Simplex Nthala, 24 anos, da Liga Mulçumana (Moçambique), evitar o gol do atacante Victor Moses, 21 anos, por enquanto no Wigan (Inglaterra), mas pretendido por grandes clubes ingleses. Apenas seis minutos depois, o atacante Ikechukwu Uche, 28 anos, do Granada (Espanha), ficou cara a cara com Simplex Nthala, que mais uma vez salvou a pele de Malaui!

Aos 44 minutos do segundo tempo, quando todos já se contentavam com o empate em 0 a 0, o meia Gabriel Reuben, 21 anos, do Kano Pillars (Nigéria), usou a cabeça para finalmente vencer o goleiro Simplex Nthala e abrir o marcador. 1 a 0 Nigéria, que estava muito perto da vitória. Porém, já nos acréscimos da partida, por volta dos 48 minutos, o goleiro Vincent Enyeama falhou feio. Os zagueiros de seu time estavam no lance para afastar a bola, mas o goleiro nigeriano insistiu no lance e tentou fazer a defesa, soltando a bola nos pés do meia John Banda, do Blue Eagles (Malaui), que deu um carrinho e conseguiu desviar a bola para as redes nigerianas!  Malaui 1, Nigéria também 1, PLACAR FINAL!

Após o jogo, o técnico local Kinnah Phiri, 57 anos, lamentou a falta de pontaria de seus jogadores: “O resultado de empate é tão frustrante, pois criamos muitas chances de gol, então, deveríamos ter feito mais de um. Foi um bom jogo, o qual controlamos do início ao fim, e até pensei que poderíamos marcar três gols, não acredito que empatamos”, reclamou.

Por outro lado, o ténico local da Nigéria, Stephen Keshi, 50 anos, apresentou uma lição aos seus comandados: “Deveríamos ter tido garra para vencer a partida, mas um ponto está bom, pois ainda lideramos o grupo, nosssa campanha está indo bem. Aprendemos uma lição nessa partida, de que não existe mais bobo no futebol africano. Todos os times estão evoluindo e temos de nos adaptar a essa realidade. Malaui é um time muito forte, mas nós somos as Super Águias e não somos derrotados tão facilmente”, encerrou.

Vincent Enyeama, claro, tratou de pedir perdão pela falha grotesca: “Sinto-me mal pelo que aconteceu, nem sei como explicar o que ocorreu. Mas quero deixar isso no passado e focar na próxima partida, que será muito, mas muito importante para nós”, encerrou o jogador, que completa exatamente dez anos de seleção nigeriana, com 68 partidas disputadas.

Mesmo com o empate nos minutos finais, a Nigéria ainda lidera o Grupo F das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo 2014, com quatro pontos, um de vantagem para a surpreendente Namíbia, que está na disputa. Malaui vem em terceiro, com três pontos, enquanto Quênia aparece na lanterna, com apenas um. No próximo dia 22 de março de 2013, a Nigéria recebe Quênia, enquanto Malaui vai até a Namíbia enfrentar os donos da casa.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede