Tanzânia vence Gâmbia em casa; Guiné Equatorial empata

Pelo Grupo C das eliminatórias, os tanzanianos surpreenderam Gâmbia e venceram dentro de casa, depois de começarem perdendo. Agora, o jovem e inexperiente time da Tanzânia está na segunda posição da chave, na briga pela vaga à Fase Final. Já no Grupo B, Guiné Equatorial não conseguiu fazer valer o mando de campo contra Serra Leoa e o empate dificulta a vida da seleção. Boa leitura!

Tanzânia mostra força e está bem na tabela

Na primeira rodada, a Tanzânia encarou a forte Costa do Marfim, fora de casa, e o resultado de derrota por 2 a 0 (veja os gols aqui – texto 2) não pode ser considerado ruim, diante do nível das duas seleções. Cotados para serem os lanternas do Grupo C, os tanzanianos estrearam na 2ª Fase das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo 2014 contra Gâmbia, que possui alguns bons jogadores na Europa, em equipes que não pertencem ao primeiro escalão, é verdade, caso do jovem atacante Momodou Ceesay, 23 anos, do MSK Zilina (Eslováquia), melhor jogador de Gâmbia.

Mesmo considerado zebra, o jovem atacante da Tanzânia, Mbwana Samatta, 19 anos, do TP Mazembe (República Democrática do Congo), tinha esperanças de vencer a partida: “Não posso prever o resultado, pois não sei nada sobre o estilo de jogar de Gâmbia, mas será uma partida difícil. Creio que o técnico [dinamarquês Kim Poulsen, 53 anos] saberá como enfrentá-los. Devemos jogar como uma equipe, pois futebol não é individualidade”, disse Samatta ao site oficial da Confederação Africana de Futebol, que ainda sonha em defender um grande clube da Europa no futuro.

Luciano Mancini, italiano técnico de Gâmbia, procurou levantar a moral dos jogadores, após o empate diante de Marrocos, por 1 a 1, em casa (veja todos os lances – texto 2): “Estou satisfeito com o jogo diante de Marrocos. Sabemos que o adversário é melhor, mas estou feliz porque, mesmo não vencendo, deixamos os gambianos satisfeitos. Gostaria de agradecer a jogadores, comissão técnica, federação, o ministro nacional e todos os torcedores, que me fizeram sentir em casa”, disse.

Quando a bola começou a rolar no estádio Nacional Benjamin Mkapa (60 mil lugares), o que se viu foi um bom toque de bola do time mais experiente, Gâmbia. Porém, quem armou a primeira jogada ofensiva foram os donos da casa. Logo aos dois minutos do primeiro tempo, o meia-atacante Mrisho Ngassa, 23 anos, do Azam FC (Tanzânia), deu passe para Mbwana Samatta, na entrada da grande área. Ele finalizou com força, mas a bola bateu na defesa de Gâmbia e não levou perigo…

Aos sete minutos, Gâmbia marcou… A bola foi de pé em pé, até chegar para o meia Gassama Saihou, 18 anos, do Real Zaragoza B (Espanha). Ele estava perto da linha de fundo, pelo lado direito, e mandou a bola para o meio da área. O goleiro Juma Kaseja, do Simba SC (Tanzânia), se preparava para fazer a defesa, saindo do gol, mas foi surpreendido por Momodou Ceesay, que se antecipou ao adversário e cabeceou para as redes! 1 a 0 Gâmbia!

Após o gol, a Tanzânia permaneceu dominando a partida e esteve perto da igualdade. O meia Mwinnyi Kazimoto, do Ruvu Stars (Tanzânia), acertou a trave direita dos visitantes pouco tempo depois, mas não conseguia se dar bem nas finalizações. Há de se dizer que a defesa de Gâmbia também estava bem postada, evitando o gol tanzaniano.

No segundo tempo, aos 15 minutos, a Tanzânia alcançou o gol de empate. O meia Erasto Nyoni, 24 anos, do Azam FC (Tanzânia), conseguiu um lance pela esquerda, na linha de fundo. A bola foi alçada na grande área mais uma vez, no que o meia Shomare Kapombe, do Simba SC, foi bastante esperto e colocou o pé na bola, antes de um zagueiro tirar de cabeça, mandando para as redes gambianas! 1 a 1 Tanzânia versus Gâmbia!

Por volta dos 39 minutos, os donos da casa conseguiram o gol da vitória. Pelo mesmo lado esquerdo em que saíra o gol gambiano, Mbwana Samatta fez ótima jogada, driblando e deixando no chão o atacante Abdou Jammeh, 21 anos, do Kaposvári Rákóczi (Hungria), e mandou para a área. A bola encostrou no braço do zagueiro Pa Saikou Kujabi, 25 anos, do Hibernian (Escócia), no que o árbitro zimbabuano Ruzive Ruzive marcou pênalti, para comemoração dos torcedores e reclamação dos jogadores de Gâmbia! Na cobrança, o meia Erasto Nyoni, bateu muito bem, no canto oposto do goleiro Christopher Allen, 22 anos, do GAMTEL (Gâmbia), que mesmo se tivesse acertado o canto, não chegaria na bola, que foi no ângulo! 2 a 1 Tanzânia, de virada, PLACAR FINAL!

Imagem de Amostra do You Tube

Após a surpreendente vitória, Kim Poulsen só teve de elogiar os jogadores: “Os atletas estiveram muito bem na partida. Eu cobrei muito deles nos treinos, até gritando com eles, mas explicava que eu havia plantado as sementes e queria que elas crescessem rápido… aí está o resultado”, disse o técnico dinamarquês, alertando que a Tanzânia emitiu um aviso para as outras seleções do grupo, de que está no caminho certo e que pretende crescer ainda mais.

Do lado perdedor, o técnico italiano de Gâmbia, Luciano Mancini, parabenizou o adversário: “A Tanzânia jogou muito bem, eles têm jogadores baixos, mas que são velozes no toque de bola e habilidosos com ela nos pés”, encerrou.

Na terceira rodada do grupo, em 22 de março de 2013, Gâmbia, que está na lanterna com um ponto, visita a líder Costa do Marfim, com quatro, fora de casa, enquanto a Tanzânia, segunda colocada, com três pontos, tentará conseguir um ótimo resultado diante de Marrocos, terceiro, com dois pontos acumulados, dentro de seus domínios. Costa do Marfim continua favorita, mas na África é sempre bom contar com surpresas…

Guiné Equatorial para em Serra Leoa

Depois da derrota por 3 a 1 para os grandes da Tunísia, fora de casa, de virada (veja os gols – texto 2), Guiné Equatorial precisava vencer Serra Leoa dentro de seus domínios para se posicionar bem no grupo. Porém, os serra-leoninos estavam bem animados com a vitória de 2 a 1 sobre Cabo Verde (veja tudo aqui – texto 2), além de uma bem-vinda ajuda da federação nacional:

“Estamos prontos para provar a nós mesmos e ao mundo que a nossa posição no Ranking da FIFA (59º lugar) não é apenas sorte. Estamos motivados, inspirados e focados em nada menos do que a vitória”, disse o zagueiro Ibrahim Kargbo, 30 anos, do FK Baku (Azerbaijão), que contava com o bônus de 3 mil dólares para cada atleta, se houvesse vitória.

Um pequeno problema acometeu a deleção de Serra Leoa, de 31 pessoas e 18 jogadores, assim que chegaram em Malabo, capital de Guiné Equatorial. O serviço de imigração do aeroporto da cidade reteu os visitantes por pelo menos duas horas, aguardando a liberação para a entrada no país. Por outro lado, Serra Leoa ficou no melhor hotel da cidade, bem perto do estádio Novo de Malabo (15.250 lugares), local da partida. O jogo foi bastante movimentado, com os donos da casa abrindo o marcador logo aos 14 minutos do primeiro tempo, com o meia Juvenal (nascido na Espanha), 33 anos, do Sabadell (Espanha), aproveitando erro da defesa adversária.

Pouco tempo depois, aos 22 minutos, o meia-atacante Samuel Barlay, 25 anos, atleta do Ravan Baku (Azerbaijão), empatou para Serra Leoa, desta vez num erro da defesa dos anfitriões, entre os zagueiros Lawrence Doe, 25 anos (nascido na Libéria), do Al Shabab (Omã), e Ronan, 27 anos (nascido no Brasil), do Botafogo-DF. A virada de Serra Leoa aconteceu logo adiante, aos 25 minutos, com o atacante Teteh Bangura, 22 anos, do Bursaspor (Turquia), que levou vantagem da cabeçada do meia Rolan de la Cruz, 27 anos (nascido na Colômbia), do Fortaleza (Colômbia), que afastou mal em cobrança de escanteio, e mandou para as redes.

Porém, antes do intervalo, Juvenal apareceu novamente, aos 40 minutos, desviando a bola após cobrança de falta, para empatar a partida para Guiné Equatorial e sua legião estrangeira. No segundo tempo, aos seis minutos, o zagueiro Ibrahim Kargbo acabou expulso pelo árbitro chadiano Adam Cordier, por derrubar o atacante Randy, 25 anos (nascido na Espanha), do Las Palmas (Espanha), dentro da área! Porém, Juvenal errou a cobrança de pênalti, mandando por cima do gol! Assim, o placar ficou mesmo em 2 a 2 Guiné Equatorial versus Serra Leoa, PLACAR FINAL!

Na próxima rodada, em 22 de março de 2013, Serra Leoa, segunda colocada, com quatro pontos, visita a Tunísia, que lidera a chave, com seis. No outro jogo do dia, a Guiné Equatorial, que tem um ponto, tentará se aproximar da briga pela vaga à Fase Final, contando com a vitória sobre Cabo Verde, lanterna do grupo, sem nenhum ponto.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede