Canadá despacha eliminada Cuba e agora depende apenas de si

Um jogo para vencer! É assim que o Canadá encarou a penúltima rodada da 3ª Fase do Grupo C das Eliminatórias Concacaf para a Copa do Mundo 2014, diante da já eliminada Cuba, que não venceu nenhum dos jogos, sequer marcou gols. Antes da partida, que foi disputada no Canadá, o técnico trinitino dos donos da casa, Stephen Hart, 52 anos, afirmava que o foco era em cima dos cubanos:

“Numa reunião com a comissão técnica, decidimos que iríamos trabalhar apenas para o jogo diante de Cuba, sem se preocupar com a última partida, contra Honduras. Assim que a partida terminar, aí sim vamos começar a pensar nos hondurenhos. Meu único objetivo hoje é vencer e deixei os jogadores bem preparados mentalmente, pois esta partida é importante. Ninguém pode ser subestimado e vamos jogar para vencer, não importando o saldo de gols”, afirmou.

Por sua vez, o técnico cubano Chandler González, 39 anos, sofria com a debandada de jogadores. Para o jogo contra o Canadá, o treinador levou apenas 11 atletas, isso mesmo! Sem banco de reservas para o confronto, era praticamente certa a derrota cubana!

O jogo

O bonito estádio BMO Field (21.859 lugares), em Toronto, estava praticamente lotado, com 17.712 canadenses prontos para acompanhar uma boa vitória diante da seleção mais fraca da chave. Logo aos quatro minutos, o meia Atiba Hutchinson, 29 anos, do PSV Eidhoven (Holanda), fez boa jogada pela direita e cruzou. Os atacantes Simeon Jackson, 25, do Norwich (Inglaterra), e Olivier Occean, 30, do Eintracht Frankfurt (Alemanha), estavam dentro da pequena área, mas ninguém conseguiu o desvio para o gol, bloqueados pela defesa cubana, que afastou o perigo!

Aos 11 minutos, mais uma vez Atiba Hutchinson apareceu dentro da grande área cubana pela direita, mas preferiu novamente tocar para o lado. Lá estava o atacante Tosaint Ricketts, 25 anos, do Valarenga, que, de frente para o goleiro Odelín Molina, 38, do Villa Clara (Cuba), finalizou para fora. Ele quis tirar do adversário, mas errou feio! Aos 14 minutos, o Canadá balançou as redes cubanas…

O lateral Ante Jazic, 36 anos, do Chivas USA (Estados Unidos), recebeu passe na esquerda e foi até perto da linha de fundo, para cruzar. Ele colocou a bola na primeira trave, onde estava Tosaint Ricketts, que apenas desviou para as redes, no alto! 1 a 0 Canadá, depois de enorme pressão! Aos 23 minutos, quase os anfitriões ampliam…

Em linda tabelinha entre Olivier Occean e o meia Julian de Guzman, 31 anos, do FC Dallas (Estados Unidos), Occean recebeu o passe de calcanhar e dentro da área, livre de marcação, finalizou… A bola passou perto da trave de Odelín Molina, que fechou bem o ângulo e estava no lance. Aos 35 minutos, num dos raros ataques de Cuba, o atacante Alain Cervantes, 28 anos, do Ciego de Ávila (Cuba), recebeu lançamento e só tinha o goleiro Lars Hirschfeld, 33, do Valerenga, pela frente, mas sequer conseguiu dominar a bola, permitindo fácil defesa do goleiro canadense.

Aos 40 minutos, cruzamento da esquerda encontrou Tosaint Ricketts livre na primeira trave, mas ele conseguiu se atrapalhar com o zagueiro David Edgar, 25, do Burnley (Inglaterra), que também foi na bola, resultando numa cabeçada fraca, espalmada por Molina a escanteio… No segundo tempo, os cubanos tiveram um bom ataque…

Em jogada individual do zagueiro Yoel Colomé, 29 anos, do Ciudad Habana (Cuba), ele fez tabelinha com um companheiro e recebeu de volta, na intermediária. Ele preferiu finalizar dali mesmo, mas a bola saiu à direita de Hirschfeld, que saltou para conferir! A seguir, Julian de Guzman aproveitou lambança dum zagueiro adversário no campo de defesa, recuperou a posse de bola, mas demonstrou extrema falta de habilidade para finalizar… Sem saber o que fazer com a pelota, De Guzman foi para um lado e para o outro e terminou finalizando rasteiro, para defesa de Molina com os pés!

Aos 25 minutos, Cuba ficou com um jogador a menos, quando o atacante Roberto Linares, 26 anos, do Villa Clara, foi no corpo do zagueiro André Hinault, 26, do Houston Dynamo (Estados Unidos), com alguma violência! O árbitro porto-riquenho Javier Santos não quis nem saber e expulsou o cubano de forma direta! Aos 28, o Canadá ampliou a vanatgem. Em cruzamento de Atiba Hutchinson, a bola foi parar na segunda trave, no que um atleta canadense desviou de cabeça…

A pelota se ofereceu limpa para o meia Will Johnson, que apenas desviou de cabeça para as redes! 2 a 0 Canadá! Enquanto os jogadores comemoravam, Johnson se envolveu numa confusão com Odelín Molina, que segurava a bola. Houve empurra-empurra, e Olivier Occean foi para cima do goleiro e também de um cubano, empurrando-o. Resultado: expulsão direta para o canadense! Aos 34 minutos, o terceiro gol do Canadá…

Ante Jazic fez jogada individual pela esquerda e cruzou na segunda trave. A bola passou por Tosaint Ricketts, mas não pelo zagueiro Dadvid Edgar, que chegou finalizando de primeira, acertando o canto direito de Molina, que nem se mexeu! 3 a 0 Canadá, PLACAR FINAL!

Imagem de Amostra do You Tube

Depois do apito

O zagueiro Kevin McKenna, 32 anos, do Colônia (Alemanha), acredita na classificação: “Ainda temos chance de alcançar o Hexagonal Final e teremos um jogo difícil em Honduras, contra a seleção da casa. Dependemos apenas de nós, basta empatar ou vencer. Acho que poderíamos ter tirado uma pressão de nossos ombros marcando mais gols hoje, mas não conseguimos”.

Para Chandler González, sobrou lamentação: “Qualquer cubano que pratique um esporte e viaja para o exterior pensa em atingir o sonho estadunidense. É muito difícil tentar deixá-los juntos e obviamente é uma situação complicada para mim, até mesmo falar sobre o assunto”, encerrou.

A vitória deixou os canadenses em segundo no Grupo C, com dez pontos, desvantagem no saldo de gols (4 contra 3) para o Panamá, primeiro colocado. Honduras tem oito pontos, enquanto Cuba perdeu todas as partidas, levando nove gols e não marcando nenhum. Na rodada final, em 16 de outubro de 2012, os cubanos recebem o Panamá, mas o jogo da chave será entre Honduras e Canadá, em solo hondurenho. Se vencer, Honduras se garante no Hexagonal Final. Qualquer outro resultado será comemorado pelo Canadá!

Veja a classificação de todos os grupos das Eliminatórias Concacaf

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede