Panamá apenas empata com Cuba, mas está na Fase Final

Praticamente classificados ao Hexagonal Final, os panamenhos desembarcaram em Havana, capital de Cuba, para confirmar a vaga pelo Grupo C das Eliminatórias para a Copa do Mundo 2014, mas passaram por muitos sustos. Antes da partida, o técnico local do Panamá, Julio César Dely Valdés, 45 anos, deixou claro o objetivo:

“A última vez em que estive aqui, o gramado estava muito ruim, mas agora parece que tem mais grama. Esperamos poder repetir o resultado de vitória. Quero ganhar de Cuba, dependemos de nós mesmos para chegar ao Hexagonal Final, e só um desastre completo nos tira a vaga. Estamos precavidos para não ter surpresas”, avisou.

Já eliminado com cinco derrotas, o técnico local de Cuba, Chandler González, 39 anos, se ateve mais uma vez ao episódio das deserções: “Viemos com 15 jogadores para a partida, mas quatro abandonaram a seleção, o que acontece com Cuba em qualquer esporte. É difícil manter a equipe unida e nem quero falar sobre isso”, finalizou.

O jogo

O abandonado estádio Pedro Marrero (28 mil lugares), na capital cubana de Havana, contou com apenas 3.500 almas penadas. A primeira oportunidade foi dos donos da casa, com o meia Ruslan Batista, 21 anos, do Gramna (Cuba). Ele recebeu passe dentro da área, na esquerda, e tentou cruzar, mas um zagueiro panamenho afastou! A seguir, novo cruzamento, desta vez pela direita, mas a bola ficou com os visitantes…

Ao invés de dar um chutão, o zagueiro Román Torres, 26 anos, do Millonarios (Colômbia), dominou a bola e ficou esperando a chegada de um cubano, que tentou desarmá-lo. Em cima da hora, ele recuou para o goleiro Jaime Penedo, 31 anos, do Municipal (Guatemala), que só pôde mandar para escanteio! Que lambança do Panamá!

Na sequência, o Panamá tentou chegar com dois cruzamentos, um deles do lateral Eduardo Dasent, 24 anos, do Tauro (Panamá), mas a defesa cubana afastou. A sobra ficou com o meia Armando Cooper, 25, do Godoy Cruz (Argentina), que também foi à linha de fundo e cruzou, para novo despacho de Cuba, que saiu jogando!

E começou a pressão do Panamá, que obrigou o goleiro Andy Ramos, 21 anos, do Ciego de Ávila (Cuba), a fazer duas defesas. A primeira foi nos pés de um adversário, que estava a driblá-lo. Na segunda, ele saiu do gol no momento certo e não deixou outro panamenho passar por ele e ter chance de rolar para as redes! Aos 37 minutos, Cuba surpreendeu…

O meia Alberto Gómez, 24 anos, do FC Guantánamo (Cuba), recebeu lançamento na área, conseguiu dominar e finalizou antes que o zagueiro Felipe Baloy, 31 anos, do Santos Laguna (México), pudesse tirar, sem chances para Jaime Penedo! 1 a 0 Cuba! No segundo tempo, o Panamá começou pressionando, mas a pontaria dos jogadores visitantes parecia ter hibernado!

Cuba levava perigo nos contra-ataques e por pouco não ampliou a vantagem… Um jogador recebeu lançamento dentro da área e teve condições de balançar as redes, mas Jaime Penedo fez a defesa! Na sobra, o goleiro panamenho defendeu outro chute à queima-roupa, mas o árbitro guianense Stanley Lancaster paralisou o lance, marcando falta para o Panamá! O jogo ficou aberto e os zagueiros panamenhos tiveram trabalho, mas conseguiram resistir às investidas dos donos da casa.

Aos 32 minutos, o Panamá salvou a classificação em definitivo… Cruzamento da esquerda do meia Nelson Barahona, 24 anos, do Atlético Huila (Colômbia), foi na direção do gol. O atacante cubano Jorge Corrales, 21 anos, do FC Guantánamo, tentou tirar com a perna esquerda, mas falhou, e ficou tarde para Andy Ramos fazer a defesa, com a bola entrando direto! Cuba 1, Panamá também 1!

Lá atrás, o goleiro panamenho Jaime Penedo continuava salvando seu time, em mais uma defesa nos pés de um cubano, livre de marcação! Já na parte final do jogo, cruzamento veio da direita e dentro da área cubana estava o atacante Blas Pérez, 31 anos, do FC Dallas (Estados Unidos), que teve espaço para emendar um lindo voleio, que explodiu no travessão!

Felipe Baloy também se lançou ao ataque… Ele invadiu a área, driblou um adversário e finalizou bonito de pé direito, mas a bola igualmente parou no travessão de Andy Ramos! Na última chance dos visitantes, Blas Pérez desviou na pequena área, mas o goleiro cubano fez defesa em dois tempos e garantiu o primeiro e último ponto de Cuba nas eliminatórias 2014! Cuba 1 a 1 com o Panamá, PLACAR FINAL!

Imagem de Amostra do You Tube 

Depois do apito

O panamenho Julio César Dely Valdés estava comemorando: “Parece que estamos acostumando a ganhar sempre, e qualquer outro resultado nos frustra. Mas o importante é que estamos na Fase Final, em que outro campeonato começa”, comentou.

Já o cubano Chandler González elogiou um atleta: “O time mostrou que queria vencer, os jogadores são muito talentosos, mas temos de continuar evoluindo. Eu disse ao atacante Ariel Martínez [26 anos, do Sancti Spíritus (Cuba)] que ele é um jogador-chave para a equipe”, comentou.

O empate deixou o Panamá em segundo lugar no Grupo C, com 11 pontos, desvantagem no saldo de gols (9 contra 4) diante de Honduras, também classificada. O eliminado Canadá ficou em terceiro, com dez pontos, enquanto Cuba somou apenas um, na lanterna. As datas do Hexagonal Final serão sorteadas em 7 de novembro de 2012.

Veja a classificação de todos os grupos das Eliminatórias Concacaf

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede