Tahiti vence Ilhas Salomão e deixa lanterna

Eliminados e sem chance de alcançar a repescagem das Eliminatórias da Oceania para a Copa do Mundo 2014, Tahiti e Ilhas Salomão se enfrentaram pela penúltima rodada da competição com o único objetivo de não terminar na lanterna. Com quatro derrotas em quatro jogos e nenhum gol marcado, o time do técnico tahitiano Eddy Etaeta queria a vitória:

“Precisamos dos três pontos neste jogo, pois jogamos em casa e não podemos terminar as eliminatórias sem nenhuma vitória. As duas últimas partidas servem de preparação para a Copa das Confederações 2013 e é importante trazer confiança aos jogadores. Teremos a oportunidade de trabalhar sob a nova formação tática”, disse.

Por sua vez, o meia Henry Fa’arodo, do Team Wellington (Nova Zelândia), um dos mais importantes atletas da história de Ilhas Salomão, queria que os novos jogadores da seleção começassem a caminhada com três pontos:

“Não temos chance de chegar à Copa do Mundo 2014, mas vamos jogar essas duas partidas para vencer e representar bem Ilhas Salomão. Tivemos muitas mudanças no elenco, com novos jogadores chegando da Nova Zelândia. É quase um time totalmente novo, mas os jovens vão dar tudo de si”, esclareceu.

O jogo

Atuando no estádio Pater Te Hono Nui (10 mil lugares), em Pirae, o Tahiti logo tomou conta da partida e criou boas chances. Aos nove minutos, o time da casa cobrou falta, que o zagueiro Yannick Vero, do AS Dragon (Tahiti), conseguiu finalizar, mas a defesa de Ilhas Salomão afastou o perigo antes que a bola alcançasse o gol.

A primeira oportunidade dos visitantes aconteceu apenas aos 22 minutos, quando o goleiro do Tahiti, Mickaël Roche impediu que a cobrança de escanteio dos salomonenses levasse muito perigo, tirando de soco. Aos 28, o Tahiti fez o primeiro…

Em nova cobrança de falta, o meia Heimano Bourebare, do Tefana (Tahiti), mostrou boa pontaria e mandou para as redes, sem chances para o goleiro Sammy Osso! Tahiti 1 a 0 sobre Ilhas Salomão! Até o fim do primeiro tempo, os dois times buscaram o gol, mas as falhas individuais de ambos não permitiram mudança no placar.

Na etapa final, a primeira oportunidade surgiu apenas aos 24 minutos. O atacante Steevy Chong Hue, do Bleid Gaume (Bélgica), conseguiu levar a bola até a linha de fundo e cruzar para Yannick Vero, que finalizou bonito, para ótima defesa de Sammy Osso. Somente por volta dos 37 minutos é que o Tahiti ampliou a vantagem…

Em chute de longa distância, o experiente zagueiro Nicolas Vallar, do AS Dragon, levou a melhor sobre Osso e encobriu o goleiro de Ilhas Salomão, que contou com apenas dois jogadores no banco de reservas, a fim de diminuir os custos das passagens. Tahiti 2 a 0 sobre Ilhas Salomão, PLACAR FINAL!

Depois do apito

Com a primeira vitória na fase final das eliminatórias, o Tahiti ultrapassa Ilhas Salomão e agora ocupa a terceira posição, com três pontos. Os salomonenses ficam com a lanterna, pelo saldo de gols (-14 contra -9), mas terão a rodada do próximo dia 26 de março para tentarem deixar o último lugar, quando recebem a Nova Zelândia. Já o Tahiti visita a Nova Caledônia.

Veja a classificação de todas as Fases das Eliminatórias da Oceania

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede