Benin derrota Ruanda e termina em terceiro

Sem mais aspirações nas Eliminatórias Africanas, o confronto do Grupo H entre Benin e Ruanda só serviria para melhorar o posicionamento no Ranking FIFA. Atuando em casa e com um time melhor, Benin, que até chegou a sonhar com a classificação à fase final no início da caminhada, terminou vitorioso. E ainda por cima Ruanda não podia contar com o atacante Olivier Karekezi, do 30 anos, do Bizertin (Tunísia), que enviou carta à federação local com a seguinte informação:

“Ele confirmou a nós sua aposentadoria da seleção. Tentamos convencê-lo a jogar esta última partida, mas ele já estava decidido. Somos agradecidos pelo que ele fez desde 1996 pela seleção de Ruanda [incluindo as de base] e pelo APR (Ruanda)”, disse um membro da entidade. Karekezi pretende se tornar técnico quando se encerrar seu contrato na Tunísia, que vai até 2015.

Benin 2×0 Ruanda

Os dois times tinham alguns desfalques dos jogadores que atuam no exterior, mas ainda assim Benin era superior. Tanto que, aos 36 minutos da etapa inicial, o atacante Mickaël Poté, do Dynamo Dresden (Alemanha), abriu o placar para os donos da casa. No início do segundo tempo, aos oito minutos, o meia Bello Batounde, do Zilina (Eslováquia), ampliou a vantagem de Benin e deu números finais ao jogo.

Local: estádio Charles de Gaulle (15 mil lugares)

Público: 16.872 torcedores

Gols: Mickaël Poté/BEN (36’|1º) e Bello Batounde/BEM (8’|2º)

Classificação

Após a partida, que culminou no encerramento da péssima campanha, com apenas dois pontos em seis partidas, o auxiliar-técnico de Ruanda, Jean-Baptiste Kayiranga, procurou justificar o resultado: “Nossa intenção era observar os jovens atletas durante as eliminatórias e dar a eles experiência de jogos internacionais. Fizemos isso e nosso projeto visa as Eliminatórias da Copa Africana de Nações 2015”, informou.

Kayiranga não se importa de perder alguns jogos, para ele é “até bom, pois é nos momentos difíceis que você fica sabendo quem é bom o suficiente para encarar os desafios e quem não tem força para seguir em frente. Temos um bom time jovem e precisamos de tempo para evoluirmos juntos numa conjunto forte. Precisamos de mais competições internacionais para ganhar experiência”, encerrou.

Enquanto Ruanda somou dois pontos, Benin ficou com oito, na terceira posição, levando desvantagem para Mali, também com oito pontos, no saldo de gols (-1 contra 0). A Argélia venceu o Grupo H ao acumular 15 pontos e vai encarar na fase final Burquina Fasso, por uma vaga na Copa do Mundo 2014.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede