Costa Rica vence Estados Unidos e já está no Mundial

Após classificar para as Copas do Mundo de 2002 e 2006, a Costa Rica não carimbou o passaporte para a África do Sul, em 2010. E a equipe sabia que uma vitória contra os Estados Unidos no Hexagonal Final das Eliminatórias Concacaf, em casa, praticamente definiria a sua vaga no Brasil 2014. Nos visitantes, a proximidade de jogar mais uma fase final era evidente, mas três pontos na Costa Rica já resolveriam a questão.

Costa Rica 3×1 Estados Unidos

Começou a partida e os donos da casa fizeram valer o mando de campo. A um minuto e meio, o atacante Joel Campbell, do Olympiakos (Grécia), recebeu passe após saída de bola errada dos Estados Unidos, invadiu a área e tocou para o atacante Bryan Ruiz, do Fulham (Inglaterra). Sorte dos visitantes que ele se atrapalhou com a pelota e quando finalizou, o goleiro Tim Howard, do Everton (Inglaterra), já lhe tinha fechado o ângulo, mandando a escanteio!

Na cobrança, Campbell colocou na primeira trave, para linda cabeçada do zagueiro Jhonny Acosta, da Alajuelense (Costa Rica), que o meia DaMarcus Beasley, do Puebla (México), apesar de estar em cima da linha, não conseguiu afastar! 1 a 0 Costa Rica! O estádio estava alegre e de fato explodiu de felicidade aos nove minutos…

O meia Christian Bolaños, do Copenhagen (Dinamarca), fez boa jogada pela esquerda e mandou a bola para a grande área. Lá estava o meia Celso Borges, do AIK (Suécia), que não tinha nenhuma marcação e subiu bem alto para mandar às redes! 2 a 0 Costa Rica! Que começo avassalador! A primeira grande oportunidade dos Estados Unidos foi aos 28 minutos…

O lateral Geoff Cameron, do Stoke City (Inglaterra), pegou sobra da defesa costa-riquenha dentro da área. Na esquerda, ele preferiu rolar para o meio da área, encontrando o zagueiro Fabian Johnson, do Hoffenheim (Alemanha). Mesmo marcado, ele finalizou muito forte e no contrapé do goleiro Keylor Navas, do Levante (Espanha), que se recuperou a tempo de espalmar a escanteio!

Quando o intervalo ia se aproximando, o meia Grahan Zusi, do Sporting Kansas City (Estados Unidos), resolveu lançar Johnson, que invadiu a área somente com Navas à frente. Ele ia tirando a bola do goleiro costa-riquenho, que foi em seus pés, derrubando-o. O árbitro mexicano Marco Rodríguez marcou pênalti, mas não expulsou Navas!

Na cobrança, o atacante Clint Dempsey, do Seattle Sounders (Estados Unidos), chutou em cima de Navas, mas a bola acabou entrando! Costa Rica 2, Estados Unidos 1! Que azar do goleiro da Costa Rica… Na etapa final, os Estados Unidos logo levaram perigo. Aos seis minutos, o atacante Landon Donovan, do Los Angeles Galaxy (Estados Unidos), fez jogada pela esquerda e tocou atrás… Dempsey teve dificuldade para dominar a bola, mas conseguiu finalizar forte da entrada da área, na trave costa-riquenha!

Os visitantes gostavam da partida e pressionavam a Costa Rica, que parecia mais do que satisfeita com a vitória parcial. Aos 20, Donovan estava pronto para empatar a partida, mas o zagueiro Geancarlo González, do Valerenga (Noruega), apareceu no momento certo para desarmá-lo. Aos 30 minutos, os donos da casa ficaram tranquilos…

O atacante Jozy Altidore, do AZ Alkmaar (Holanda), tentou finalizar a gol, mas a bola ficou com o meia José Miguel Cubero, do Herediano (Costa Rica). Ele deu um chutão para frente, mas o viu se transformar num belo lançamento para Campbell! Com velocidade, ele deixou na saudade o zagueiro Matt Besler, do Sporting Kansas City, invadiu a área e tocou na saída de Howard! 3 a 1 Costa Rica!Três minutos depois, Campbell fez tudo sozinho e finalizou da entrada da área, procurando o canto direito de Howard, errando por muito pouco!

Local: estádio Nacional de San Jose (35.175 lugares)

Público: 35 mil torcedores

Gols: Jhonny Acosta/COS (3’|1º), Celso Borges/COS (10’|1º), Clint Dempsey/EUA (43’|1º) e Joel Campbell/COS (30’|2º)

Imagem de Amostra do You Tube

Classificação

Com os resultados das partidas de 10 de setembro computados, os Estados Unidos somam 16 pontos em oito jogos, na primeira posição, já garantidos na Copa do Mundo 2014. A Costa Rica vem logo atrás, com 15, também confirmada no Mundial e com possibilidade de ficar com o título das eliminatórias.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede