Quênia vence Namíbia e termina em terceiro lugar

Já eliminados no Grupo F das Eliminatórias Africanas, namibianos e quenianos só queriam terminar a campanha com vitória e sem a lanterna da chave. A vantagem na tabela era da Namíbia, mas Quênia jogaria em casa e teoricamente tinha mais chances de vencer. Ainda mais diante dos graves problemas enfrentados pela Namíbia…

Ricardo Mannetti, contratado em junho/2013, não pôde contar com alguns jogadores importantes, em face de contusões e suspensões, como o zagueiro Angula da Costa, do Black Africa (Namíbia), contundido dois dias antes do jogo. O atacante Jerome Louis entrou em campo, mas chegou ao local do jogo um dia antes, pois estava finalizando sua mudança do Black Africa para o Township Rollers (Botsuana)!

No lado queniano, o técnico belga, Adel Amrouche, não poupou críticas à federação na coletiva de imprensa: “Se tivéssemos dinheiro e patrocinadores para programar amistosos e treinamentos, estaria tudo bem. Uma hora jogamos com Adidas, depois Puma. Não podemos falar sobre o Ranking FIFA se não tivermos sequer a definição de um fornecedor de material esportivo”, que Quênia não possui.

O time só passou a treinar junto uma semana antes da partida, com o grande craque, o atacante Dennis Oliech , do Ajaccio (França), mas o clima não era tão bom, pois havia atraso no pagamento de bônus aos atletas.

Quênia 1×0 Namíbia

Atuando em casa e mesmo com uma equipe em sua maioria formada por atletas que atuam no próprio país, inclusive em times da segunda divisão, como o atacante Rogers Omondi, no Talanta (Quênia), os donos da casa nem demoraram a abrir o placar. Logo aos cinco minutos, Quênia cobrou escanteio pela direita e a bola chegou para o zagueiro David Owino, do Gor Mahia (Quênia)…

Numa falha grotesca da defesa da Namíbia, os visitantes ficaram com menos jogadores na área do que os adversários, deixando Owino livre, no centro. Aí foi só ele pegar de primeira e acertar as redes namibianas, sem chances para o goleiro Efraim Tjihonge, do Milano United (África do Sul)! 1 a 0 Quênia, PLACAR FINAL!

Local: estádio Nacional Nyayo (30 mil lugares)

Gol: David Owino/QUE (5’|1º)

Imagem de Amostra do You Tube

Classificação

Mesmo com a derrota e a lanterna do Grupo F, Ricardo Mannetti gostou do desempenho da Namíbia: “Jogamos muito bem, segurando a pressão de Quênia e não ficamos lá atrás, tanto que os torcedores da casa chegaram a nos vaiar. Jogamos com coragem para uma partida fora de casa, mas precisamos melhorar a pontaria”.

Após seis rodadas, Quênia terminou no terceiro e penúltimo lugar na chave, com seis pontos, um a mais que a lanterna Namíbia. Os nigerianos lideraram e vão esperar o adversário do próximo dia 16 de setembro, na briga pela vaga na Copa do Mundo. Malaui ficou com a segunda posição, com sete pontos.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede