Costa do Marfim empata com Senegal e fica com a vaga

É claro que a vantagem de 3 a 1 conseguida pela Costa do Marfim em casa, na primeira partida da fase final das Eliminatórias Africanas, era razoavelmente grande. Ainda mais porque o jogo da volta não seria em Dacar, capital do Senegal, ou outra cidade do país, pois a seleção tinha que cumprir suspensão imposta pela FIFA.

Com a partida sendo realizada em Casablanca, no Marrocos, a torcida senegalesa não criaria a mesma atmosfera, o que era positivo para os marfinenses. Para piorar, o técnico Alain Giresse não poderia contar com o atacante Demba Ba, que não disputou nenhum jogo pelo Chelsea, ficando sem ritmo. O jeito foi apostar as fichas em Mame Diouf, ex-Manchester United, e que hoje jaz no Hannover 96. E, claro, Papiss Cissé, do Newcastle.

Giresse estava pronto para a difícil missão: “Estamos preparados para jogar e temos chance de classificação. Queremos vencer e faremos de tudo para tal. Não passei os últimos dias falando da Costa do Marfim aos atletas, porque eles sabem o que fazer”.

No lado da Costa do Marfim, o técnico local Sabri Lamouchi podia contar com as estrelas internacionais, como Didier Drogba, Yaya Touré, Salomon Kalou e Gervinho, este último vindo de contusão e há três semanas sem jogar pela Roma. Ausências certas eram Cheik Tioté e Ismaël Diomande, suspensos.

O jogo

Mesmo atuando longe de sua torcida, Senegal sabia que precisava de dois gols e começou avassalador. Aos 12 minutos, o meia Stéphane Badji, do Brann (Noruega), pegou bola junto à linha de fundo, na direita, e cruzou, depois de perceber que tinha muito espaço. Lá estava o atacante Dame N’Doye, do Lokomotiv Moscou (Rússia), que subiu e tocou de cabeça…

O goleiro Boubacar Barry, do Lokeren (Bélgica), já tinha ficado no lance, mas Drogba estava no lugar certo e ajudou Costa do Marfim, evitando o gol senegalês com uma bicicleta perto da linha!

Imagem de Amostra do You Tube

Senegal conseguia manter a posse de bola e prender os marfinenses em seu próprio campo, mas Barry evitou que os donos da casa marcassem, como na falta cobrada por N’Doye. O segundo tempo foi muito parecido, com o goleiro de Costa do Marfim agora defendendo com os pés chute de Papiss Cissé.

Senegal dominava o jogo e finalmente conseguiu superar a defesa adversária aos 31 minutos. Os visitantes não conseguiram tirar a bola da área e ela ficou com o meia Sadio Mané, do Red Bull Salzburg (Áustria). Dentro da área, ele conseguiu driblar Drogba com facilidade e ia se aproximando da linha de fundo, mas acabou puxado pelo atleta do Galatasaray e caiu.

Pênalti marcado pelo árbitro e convertido pelo atacante Moussa Sow, do Fenerbahçe, que deslocou Barry com habilidade e colocou Senegal a um gol da classificação à Copa do Mundo! Por esta razão, Senegal foi com tudo para cima de Costa do Marfim, que recuou totalmente e conseguiu frustrar o ímpeto dos anfitriões.

Nos acréscimos, aos 49 minutos, quando a esperança de vaga já estava quase no fim para Senegal, os visitantes empataram e enterraram de vez o sonho do adversário. Num rápido contra-ataque, a bola chegou para Salomon Kalou, do Lille (França), que entrou na área e tocou por baixo do goleiro Bouna Coundoul, do Ethnikos Achna (Chipre)!

Imagem de Amostra do You Tube

Depois do apito

Obviamente, Lamouchi estava feliz com a suada classificação: “Sofremos muito, pois não ficávamos com a bola e nem conseguimos trocar três passes seguidos. Senegal jogou muito bem e, quando não estamos em nosso melhor dia, devemos saber nos defender. Depois de muita dificuldade, alcançamos a vaga na Copa do Mundo 2014 e estou orgulhoso de atletas, comissão técnica e do povo marfinense”.

Era esperada a vaga de Costa do Marfim, que vai jogar seu terceiro Mundial da história, todos seguidos. E, apesar de ter estrelas internacionais, a equipe não conseguiu passar da fase de grupos nas duas edições anteriores, o que frustrou a todos. Para 2014, com a geração ainda mais envelhecida, com os destaques tendo mais de 30 anos – Drogba terá 36 na época do torneio –, os Elefantes não parecem ter condições de avançar. A não ser que deem muita sorte no sorteio das chaves…

Curiosidades

- Senegal e Costa do Marfim têm 22 confrontos na história, incluindo os dois das eliminatórias 2014. São 13 vitórias marfinenses, cinco senegalesas e quatro empates. Senegal marcou 18 vezes, contra 29 gols de Costa do Marfim.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede