Jogos inesquecíveis na Copa do Mundo [Estados Unidos x Portugal]

Hoje 22 de junho, é dia de decisão para Estados Unidos e Portugal, na Arena Amazônia, em Manaus. Com o empate entre Gana e Alemanha, os portugueses estão na última posição do Grupo G da Copa do Mundo 2014 e vão precisar vencer os estadunidenses de qualquer jeito para não serem eliminados. Já os Estados Unidos podem confirmar vaga nas oitavas de final hoje mesmo, só enfrentando os alemães na última rodada para definir o primeiro ou o segundo lugar.

Este será o segundo confronto em Mundiais entre portugueses e estadunidenses, que já se enfrentaram na Copa do Mundo 2002. Foi a estreia de ambos no Grupo D, que ainda tinha Coreia do Sul e Polônia, com os Estados Unidos levando a melhor. Naquele 5 de junho, o primeiro gol demorou apenas quatro minutos para sair…

Em cobrança de escanteio, a bola foi alçada na direção da segunda trave e um jogador dos Estados Unidos teve liberdade para cabecear. O lendário goleiro Vítor Baía conseguiu salvar num primeiro momento, mas o zagueiro John O’Brien estava bem posicionado dentro da pequena área e desviou para as redes.

Aos 29 minutos, o zagueiro Jorge Costa fez tudo errado. O jogador português tentou sair tocando a bola e errou o passe, que ficou com um adversário. Outro companheiro recebeu o passe e tentou cruzar no meio da área, mas Jorge Costa não deixou. Só que a bola tocou nele e acabou tomando o caminho das redes! Nem deu para Vítor Baía voltar a tempo.

Apenas sete minutos depois, o bom atacante Brian McBride recebeu cruzamento dentro da área, se posicionou entre os dois zagueiros e pôde mergulhar tranquilamente para cabecear a pelota, tirando-a do alcance de Vítor Baía. O gol português veio três minutos depois, em escanteio cobrado pelo craque Luis Figo…

Ele colocou a pelota na direção da segunda trave e o zagueiro Beto cabeceou. Não havia nenhum perigo, mas um zagueiro dos Estados Unidos rebateu a bola muito mal, oferecendo-a mais uma vez para Beto. Aí ele pegou de primeira e estufou as redes adversárias. No segundo tempo, Portugal encontrou um gol graças à lambança do zagueiro Jeff Agoos, que tentou cortar o cruzamento, mas acabou jogando a bola dentro das próprias redes.

Estados Unidos | Portugal

Imagem de Amostra do You Tube

Em 2002, Portugal voltava a jogar uma Copa do Mundo depois de 16 anos e decepcionou aqueles que pensavam que iria avançar às oitavas de final. Os portugueses ficaram na terceira posição, com três pontos, à frente apenas da Polônia. Coreia do Sul, dona da casa, e Estados Unidos seguiram em frente, mas a seleção da Concacaf cairia nas quartas de final, diante da Alemanha – venceu o México nas oitavas.

12 anos mais tarde, Portugal é bem mais experiente e acostumado às grandes competições, além de ter elenco superior ao dos Estados Unidos. No entanto, não se pode negar que a pressão sobre os europeus é grande, pois uma derrota significa eliminação precoce e fim de Copa do Mundo para Cristiano Ronaldo. Resta saber se os Estados Unidos saberão enfrentar os desafios de hoje.

Os confrontos

Retrospecto geral: 2 vitórias dos Estados Unidos, 1 empate, 1 vitória de Portugal

Em Copas: 1 vitória dos Estados Unidos

Os times

Portugal: Vítor Baía, Beto, Fernando Couto, Jorge Costa, Rui Jorge, Sérgio Conceição, Rui Costa, Petit, Luís Figo, João Pinto e Pauleta [Técnico] António Oliveira

Estados Unidos: Brad Friedel, Anthony Sanneh, Eddie Pope, Jeff Agoos, Frankie Hejduk, Earnie Stewart, John O’Brien, Pablo Mastroeni, DaMarcus Beasley, Brian McBride e Landon Donovan [Técnico] Bruce Arena

Curiosidades

- Em 2002, Portugal tinha dois grandes craques. O meio-campo era dominado por Luís Figo, que jogava no Real Madrid, e Rui Costa, do Milan. Pauleta (Bordeaux), Vítor Baía (Porto) e Abel Xavier (Liverpool) também tinham sua importância. Hoje, a responsabilidade é depositada em Cristiano Ronaldo.

- Dois jogadores da seleção portuguesa de 2002 nasceram fora do país. Abel Xavier é natural de Nampula (Moçambique), enquanto Petit é de Strasbourg (França). Em 2014, o número aumentou: Pepe (Alagoas/Brasil), William Carvalho (Angola), Eder (Guiné Bissau) e Nani (Cabo Verde) são os naturalizados.

- O técnico de Portugal na Copa do Mundo é Paulo Bento, 45 anos. E ele conhece bem o time dos Estados Unidos de 2002. Aos 32 anos, o ex-meia entrou no segundo tempo daquela partida, mas não evitou a derrota. É claro que Paulo Bento não vai querer perder novamente.

- O ponta DaMarcus Beasley tinha apenas 20 anos em 2002, mas foi titular dos Estados Unidos no primeiro confronto das equipes naquele Mundial. Ele é o único que foi convocado para a Copa do Mundo 2014, já que Jürgen Klismann optou por não levar Landon Donovan.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede