Jogos Inesquecíveis na Copa do Mundo [Inglaterra x Itália]

Inglaterra e Itália entram em campo hoje, às 19h, na Arena da Amazônia. É a estreia de ambos os times na Copa do Mundo 2014 e a partida é decisiva. Apenas mais um confronto emocionante entre ingleses e italianos… Na história dos duelos, a Inglaterra manteve um tabu de mais de quatro décadas e oito jogos sem perder para os italianos, que só conseguiram sua primeira vitória em junho de 1973, com gols de Pietro Anastasi e do atual técnico da Rússia, Fabio Capelo. Já nos últimos 11 jogos, o retrospecto é favorável aos italianos, que venceram sete partidas, contra apenas duas dos ingleses.

O primeiro grande jogo aconteceu em 1934, a famosa Batalha de Highbury. Meses depois de a Itália ter conquistado o Mundial, as equipes jogaram, no que foi apelidado pela imprensa como a verdadeira final da Copa do Mundo. Havia tanta rivalidade entre os países que o ditador Mussolini ofereceu um carro Alfa Romeu para cada jogador em caso de vitória.

Nem mesmo o lendário treinador Vittorio Pozzo, único técnico a vencer duas Copas do Mundo, e o meia Giuseppe Meazza, um dos maiores jogadores da história da Itália, foram suficientes para a vitória italiana. A Inglaterra venceu o amistoso por 3 a 2, jogo que de amistoso não teve nada, e que foi considerado uma das partidas mais violentas da história.

O banho de sangue começou logo aos dois minutos. Os ingleses quebraram o pé do meia Luis Monti e, como não era permitida a substituição, os italianos jogaram com um jogador a menos até o final. A partir daí, a Itália partiu para vingança. A Inglaterra viu seus jogadores se lesionarem um a um: Bowden (tornozelo), Barker (mão), Drake (perna e punho), Eric Brook (braço quebrado) e Hapgood, que quebrou o nariz e teve que deixar o jogo por 15 minutos. A partida foi tão violenta que levantou um grande debate se a Inglaterra deveria se retirar de vez do futebol internacional. O que acabou não acontecendo.

Imagem de Amostra do You Tube

Outro grande jogo marcante foi a despedida de Sir Alf Ramsey da seleção inglesa após nove anos. O General, como era conhecido, chegou à seleção após levar o Ipswich Town da terceira divisão inglesa ao título inédito da primeira divisão. Com a Inglaterra, ele foi campeão da Copa do Mundo 1966, único título mundial da seleção inglesa. Em 14 de novembro de 1973, no Wembley lotado, Ramsey se despediu da torcida com uma derrota para os italianos por 1 a 0, gol daquele que viria a ser treinador da Inglaterra no futuro, Fabio Capello.

O único duelo entre as duas seleções em Copas do Mundo aconteceu em 1990, na disputa de terceiro lugar. O estádio San Nicola, em Bari, foi palco do duelo entre os derrotados das semifinais; a Itália caiu diante Argentina e a Inglaterra perdeu a Alemanha, ambos nos pênaltis.

Jogando em casa, a Itália venceu a partida por 2 a 1. Roberto Baggio fez o primeiro gol, aos 25 minutos do segundo tempo, após lambança bizarra do goleiro inglês. A Inglaterra empatou com David Platt, aos 35 minutos, de cabeça após cruzamento na área, jogada manjada dos ingleses desde 1800. E a Itália deu números finais à partida aos 39 minutos, de pênalti, não com Baggio (alegria dos brasileiros em 1994), mas com Salvatore Schillaci.

Imagem de Amostra do You Tube

Inglaterra | Itália

Os confrontos

Retrospecto Geral: 10 vitórias da Itália, 8 vitórias da Inglaterra e 6 empates.

Em Mundiais: 1 vitória da Itália

Os times

Itália: Walter Zenga (Inter de Milão), Giuseppe Bergomi (Inter de Milão), Luigi de Agostini (Juventus), Franco Baresi (Milan), Ciro Ferrara (Napoli), Paolo Maldini (Milan), Carlo Ancelotti (Milan), Giuseppe Giannini (Roma), Roberto Baggio (Juventus), Salvatore Schillaci (Juventus) e Pietro Vierchowod (Sampdoria) [Técnico]: Azeglio Vicini

Inglaterra: Peter Shilton (Derby County), Gary Stevens (Rangers), Mark Wright (Derby County), Paul Parker (Queen Park Rangers), Des Walker (Nottingham Forest), Tony Dorigo (Chelsea), David Platt (Aston Villa), Steve McMahon (Liverpool), Trevor Steven (Rangers), Peter Beardsley (Liverpool) e Gary Lineker (Tottenham) [Técnico]: Bobby Robson

Curiosidade

Na disputa de terceiro lugar na Copa do Mundo 1990, um meia de 30 anos chamou a atenção. Titular na partida, Carlo Ancelotti tinha 30 anos na época, 22 convocações pela seleção e atuava no Milan. Carlo Ancelotti encerrou a carreira de atleta em 1992 e três anos depois estreou como técnico, da Reggiana. Desde 2013, o treinador italiano, hoje com 55 anos, comanda os estrelados do Real Madrid.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede