Jogos Inesquecíveis na Copa do Mundo [Argentina x Bélgica]

5 de julho, segundo dia das quartas de finais da Copa do Mundo 2014. Às 13h, no estádio Mané Garrincha, se enfrentam Argentina e Bélgica. Mais um confronto entre sul-americanos e europeus, que coloca frente a frente os hermanos, liderados pelo baixinho Lionel Messi, contra essa geração fantástica dos Diabos Vermelhos. O curioso é que a Argentina, liderada por outro baixinho, já enfrentou em Copas uma ótima geração belga, talvez ainda melhor que a atual, num jogaço que valia vaga na final.

Na história, Argentina e Bélgica já se enfrentaram quatro vezes. A primeira ocorreu há quase 100 anos, nas olimpíadas de 1928, em Amsterdã, com vitória dos hermanos por 6 a 3, que ficaram com a medalha de prata daquele torneio. Mais de cinco décadas depois, eles voltaram a se encontrar na estreia da Copa de 1982, na Espanha. Dessa vez, a vitória foi dos belgas, por 1 a 0. E o terceiro confronto antes do jogo inesquecível aconteceu em 1984, em Bruxelas, num amistoso vencido pela Albiceleste por 2 a 0.

Enfim, tem-se o ano de 1986… A Copa era no México e o confronto entre Argentina e Bélgica foi válido pela semifinal do torneio. Os belgas, com sua melhor geração até então, já haviam deixado União Soviética e Espanha pelo caminho, enquanto a Argentina, de um tal de Diego Maradona, despachou Uruguai e Inglaterra, com uma mãozinha de Dios.

Liderados por Maradona e Burrochaga, a Albiceleste tomou a iniciativa do jogo, criando boas oportunidades, salvas pelo lendário goleiro Pfaff, e até marcando gol com Valdano, que acabou sendo anulado pelo árbitro, porque o jogador matou a bola com a mão, após rebote do goleiro belga.

Arbitragem que interferiria diretamente no resultado da partida. Usando os contra-ataques, a seleção belga começou a gostar do jogo… Em rápida troca de passes, Daniel Veyt, em duas oportunidades, recebeu cara a cara com o goleiro Pumpido, mas nos dois lances o bandeira português, Carlos Silva Valente, marcou impedimento inexistente, prejudicando diretamente os Diabos Vermelhos.

Mesmo com os erros de arbitragem, a Bélgica não se abatia e continuava atacando. Após uma ótima tabelinha pelo ar com Claesen, Vercauteren quase abre o marcador, chutando por cima do gol de Pumpido. Foi a  última grande chance do primeiro tempo, que terminou 0 a 0.

Na segunda etapa, surge novamente a dupla Maradona e Burrochaga. Após falta ensaiada, o camisa 10 argentino toca para Burrochaga arriscar de longe, para boa defesa do goleiro belga. Na jogada seguinte, aos sete minutos, é a vez de Burrochaga retribuir e dar belo passe para Dieguito. Mesmo perseguido por dois zagueiros belgas, ele consegue tocar na saída do goleiro para abrir o placar. Argentina 1 a 0.

Com o placar adverso, a Bélgica foi pra cima para tentar o empate. Scifo, de cabeça, e Claesen, a cinco metros do gol, sem goleiro, perderam chances incríveis. Enquanto isso, Maradona continuava mostrando sua genialidade, com passes primorosos: primeiro para Enrique chutar por cima do gol e depois para Valdano só ajeitar para Olarticoechea soltar uma bomba e obrigar o goleiro Pfaff a operar um verdadeiro milagre no estádio Azteca.

Aos 18 minutos da segunda etapa, a genialidade seria recompensada. Cuciuffo intercepta uma saída de bola errada da defesa belga e toca para Diego Maradona driblar três jogadores e chutar sem chance para o goleiro, marcando mais uma pintura de gol do Dieguito naquele Mundial. Argentina 2 a 0.

Maradona ainda queria mais e por pouco o craque não faz o terceiro gol, após se livrar da marcação e chutar cruzado contra a meta do arqueiro belga. No lance seguinte, El Diez mostra que também joga de garçom: após invadir a área pela ponta esquerda, Maradona toca voltando para Valdano, sem goleiro, chutar para fora. E o jogo terminou mesmo com a vitória dos argentinos, que viriam a ser campeões daquele ano ao vencerem a Alemanha Ocidental na final. Como terminará a história de 2014?

Imagem de Amostra do You Tube

Os confrontos

Restrospecto geral: 3 vitórias da Argentina e 1 da Bélgica

Em Mundiais: 1 vitória da Argentina e 1 da Bélgica

Os times [1986]

Argentina: Pumpido (River Plate); Ruggeri (River Plate), Olarticoechea (Boca Juniors), Cuciuffo (Velez Sarfield) e Brown (Desportivo Español); Enrique (River Plate), Sergio Batista (Argentino Juniors), Giusti (Independiente) e Burruchaga (Nantes); Maradona (Napoli) e Valdano (Real Madrid). Técnico Carlos Bilardo

Substituições: 39 do 2° entrou Bochini (Independiente) e saiu Burruchaga.

Bélgica: Jean-Marie Pfaff; Eric Gerets, Michel Renquin, Georges Grün, Stéphane Demol, Frank Vercauteren, Enzo Scifo, Patrick Vervoort, Jan Ceulemans; Nico Claesen, Daniel Veyt. Tecnico Guy Thijs

Substituições: 21 do 2° entrou Filip De Smet e saiu Michel Renquin.

Curiosidades

- Sergio Batista foi técnico da Argentina após a saída de Diego Maradona, entre 2010 e 2011. Atualmente treina o Shangai Greenland (China).

- Valdano foi o primeiro técnico a escalar Raúl no Real Madrid, na época com apenas 17 anos. O primeiro filho de Raul, Jorge, é em homenagem a seu ex-treinador e amigo Jorge Valdano.

- Bochini, conhecido como El Bocha, jogou toda sua carreira no Independiente e conquistou vários títulos, entre eles 4 campeonato argentinos, 4 Libertadores e 2 títulos mundiais.

- Carlos Bilardo, treinador da época, é atual diretor-técnico da seleção argentina. Segundo Diego Maradona, Carlitos Tévez não foi convocado para seleção atual por conta de uma briga com Bilardo.

- Pfaff é o melhor goleiro da história da Bélgica e um dos melhores de todos os tempos. O goleiro que defendeu por seis anos o Bayern de Munique recebeu em 1987 o prêmio de melhor goleiro do mundo.

- O lateral direito Eric Gerets foi o capitão do único título da liga dos campeões do PSV Eindhoven, na temporada 1987/88.

- No banco da seleção da bélgica estava o zagueiro Lei Clijsters, pai da ex-tenista número 1 do mundo Kim Clijsters.

Você já conhece a Futfanatics? É uma das maiores empresas de venda de material esportivo do Brasil, onde você pode comprar vários itens online com toda a segurança e com rapidez de entrega. Veja outras ofertas neste link.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede