Jogos inesquecíveis na Copa do Mundo [Argentina x Suiça]

Hoje, 1º de julho, ocorrerá na Arena Corinthians um embate importante pelas oitavas de final da Copa do Mundo 2014. No penúltimo jogo desta fase, a Argentina é favorita diante da Suiça, que não teve dificuldades para despachar Equador e Honduras no Grupo E, mas na hora de encarar uma seleção importante, a França, levou de 5 a 2.

Por esta razão, a Argentina tem mais chances – na teoria – de avançar às quartas de final, mas é verdade que os sul-americanos ainda não mostraram seu melhor futebol, enfrentando dificuldades diante de seleções mais frágeis, como Nigéria, Bósnia Herzegovina e Irã no Grupo F.

Outro ponto a favor dos argentinos é o retrospecto contra o adversário: a Argentina nunca perdeu para a Suiça, que conseguiu no máximo dois empates, em 1990 (1 a 1) e em 2007 (1 a 1). O primeiro confronto das equipes ocorreu em 19 de julho de 1966, justamente o único em Copas do Mundo e, portanto, o mais importante.

Na ocasião, argentinos e suíços ficaram no Grupo 2 da Copa do Mundo da Inglaterra, ao lado de Espanha e Alemanha Ocidental. O confronto entre sul-americanos e europeus foi pela última rodada, na qual deu Argentina por 2 a 0, classificando o time – a Suiça perdeu as três partidas, com um gol marcado e nove contra.

Em pleno estádio Hillsborough, conhecido pelo desastre de 15 de abril de 1989, em que 96 torcedores do Liverpool foram esmagados durante um jogo das semifinais da Copa da Inglaterra, a Argentina não teve dificuldades para superar a Suiça. Mais de 32 mil torcedores viram os sul-americanos criando chances, mas também os europeus, com ótima participação dos goleiros, que impediram os gols.

Após primeiro tempo sem bola na rede, a Argentina voltou para a etapa final da mesma maneira: pressionando o adversário. Até que, logo aos sete minutos, um zagueiro suíço tentou sair jogando e perdeu a bola para um argentino, que tocou para o atacante Luis Artime. Ele driblou dois adversários e finalizou forte, da pequena área, sem chances para o goleiro.

A Suiça ainda teve oportunidade de empatar, mas o goleiro argentino Antonio Roma estava perfeito e se jogou na direção da bola, mandando-a a escanteio num chute da entrada da área. Aos 34 minutos, o meia-atacante Ermindo Onega recebeu lançamento longo, invadiu a grande área com liberdade e tocou por cobertura, ampliando a vantagem da Argentina e colocando ponto final na partida!

No confronto deste 1º de julho, a Argentina pode repetir o placar ou até mesmo conseguir uma goleada, mas precisará melhorar o nível do futebol jogado. Já a Suiça é franca atiradora e deve usar os contra-ataques para tentar surpreender os sul-americanos. Será um Jogo animado de acompanhar, certamente!

Argentina | Suiça

Imagem de Amostra do You Tube

Os confrontos

Retrospecto geral: 4 vitórias da Argentina e 2 empates

Em Copas: 1 vitória da Argentina

Os times [1966]

Argentina: Antonio Roma, Roberto Perfumo, Oscar Calics, Silvio Marzolini, Roberto Ferreiro, Antonio Rattín, Jorge Solari, Alberto Gonzales, Luis Artime, Ermindo Onega e Oscar Más [Técnico] Juan Carlos Lorenzo

Suiça: Leo Eichmann, Kurt Ambruster, Heinz Baeni, Rene Brodmann, Hans-Ruedi Fuhrer, Vittore Gottardi, Robert Hosp, Koebi Kuhn, Fritz Kuenzli, Rene-Pierre Quentin e Xavier Stierli [Técnico] Alfredo Foni

Curiosidades

- Jorge Solari era um meia de 24 anos que defendia o River Plate na época em que foi convocado para a Copa do Mundo 1966. Ele jogou na seleção entre 1966/69 e encerrou a carreira em 1972. No ano seguinte, Jorge Solari começou a treinar o Rosário Central e comandou dezenas de equipes, inclusive a seleção da Arábia Saudita. Seu último clube foi o Atlético Tucumán (Argentina), em 2008. Hoje com 72 anos, Jorge é tio de Santiago Solari, aquele que defendeu Real Madrid e Internazionale de Milão, além da seleção. Aos 37 anos, Santiago comanda o time de jovens do Real Madrid desde 2013.

- Tanto os argentinos quanto os suíços de 1996 jogavam todos nas respectivas ligas nacionais. Atualmente, a seleção da Suiça tem sete jogadores atuando em casa, enquanto a Argentina conta com apenas três.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede