Copa do Mundo 2018: jovens promessas [Espanha]

A seleção

Outras seleções

Alemanha | Argentina | Holanda | França

A Espanha chegou à Copa do Mundo de 2014 com a expectativa de repetir a campanha vitoriosa de quatro anos antes. Os espanhóis também estavam engasgados com o Brasil, dono da casa, pela incrível derrota por 3 a 0 na final da Copa das Confederações 2013. Mas a campeã de 2010 não teve tempo de pensar em enfrentar o anfitrião. No jogo de estreia, Robben e seus companheiros da Holanda humilharam uma das favoritas a vencer a competição por 5 a 1 (e podia ter sido mais).

A partida seguinte, contra o Chile, marcou o fim do sonho do bicampeonato: 2 a 0 para os sul-americanos e passagem de volta para a Europa. Pouquíssimos espanhóis vão se lembrar da vitória por 3 a 0 sobre a Austrália, no complemento da fase de grupos.

Depois do vexame, nomes importantes como Xavi e Xabi Alonso anunciaram a aposentadoria da seleção. Ídolo do Real Madrid e há anos titular do gol da Espanha, Iker Casillas passou a ser questionado. Para alento dos torcedores do país ibérico, a Espanha possui um dos melhores trabalhos de formação de atletas do mundo. Abaixo, você, caro Apaixonado por Futebol Alternativo, confere alguns deles.

As promessas da Espanha

Kepa Arrizabalaga

Data de nascimento: 3 de outubro de 1994 (19 anos)

Clubes: CD Basconia (2011-12), Athletic Bilbao B (2012-14), Athletic Bilbao (2014-atual)

Em 2013/14: 25 partidas (todas como titular)

O grande potencial de Kepa Arrizabalaga é acompanhado de perto por dois rivais do Athletic Bilbao. Real Madrid e Valencia tentam tirar o garoto antes mesmo que ele estreie na equipe principal basca. O goleiro somente atuou profissionalmente pelo CD Basconia e pelo Bilbao Athletic, time B formado por jovens atletas. Em ambos, disputou a terceira divisão espanhola, com 64 jogos ao todo.

Em 2013/14, Kepa Arrizabalaga vivia ótimo momento, sendo titular absoluto da posição. Porém, o goleiro sofreu uma lesão na mão, o que o afastou dos gramados e interrompeu maior sequência de partidas. Ele foi um dos destaques da seleção espanhola que conquistou a Eurocopa sub-19 de 2012. Na semifinal, após o empate de 3 a 3 contra a França, a decisão foi para os pênaltis e Kepa Arrizabalaga defendeu duas cobranças, garantindo a Espanha na final. Ele tem ainda como pontos fortes o jogo aéreo e os reflexos.

——————————————————————–

Javi Manquillo

Data de nascimento: 5 de maio de 1994 (20 anos)

Clubes: Atlético de Madrid (2012-14), Liverpool (2014-atual)

Em 2013/14: sete partidas (todas como titular)

Um forte nome para assumir a titularidade da lateral-direita na Copa do Mundo 2018 é Javi Manquillo. Na equipe espanhola campeã do mundo em 2010, Sérgio Ramos, atualmente mais zagueiro do que lateral, ocupou a faixa direita. Arbeloa, o reserva, nunca foi um primor técnico. No Mundial do Brasil, Azpilicueta fez parte da desastrosa defesa, que sofreu sete gols contra Holanda e Chile. Juanfrán, melhor lateral-direito do último Campeonato Espanhol, pelo Atlético de Madrid, terá 33 anos na Copa do Mundo 2018, o que pode pesar para um lateral.

O principal concorrente de Javi Manquillo é Dani Carvajal, do Real Madrid. Querendo mostrar serviço, a promessa Colchonera acertou empréstimo de duas temporadas com o Liverpool. Na liga mais forte e competitiva do mundo, Javi Manquillo tem condições de evoluir. A disputa com o experiente Glen Johnson, titular dos Reds e do English Team, deve ser boa para o amadurecimento do jovem lateral, que já disputou o Mundial sub-20 de 2013 e venceu a Eurocopa sub-19 de 2012.

——————————————————————–

Jonás Ramalho

Data de nascimento: 10 de junho de 1993 (21 anos)

Clubes: Athletic Bilbao B (2009-10), CD Basconia (2010-11), Athletic Bilbao (2011-13), Girona (2013-atual)

Em 2013/14:  28 partidas (24 como titular)

Zagueiro que atua como lateral-direito, Jonás Ramalho tem como qualidades a rapidez, os bons desarmes e o vigor físico. O jogador dá segurança ao sistema defensivo e, ainda que tenha apenas 21 anos, possui boa rodagem no futebol profissional espanhol. De 2009 para cá foram 71 partidas, com apenas dez cartões recebidos, um gol marcado e três assistências.

Jonás Ramalho estreou na equipe principal do Athletic Bilbao com apenas 14 anos. O técnico Joaquin Caparrós o escalou como titular, fazendo o mesmo com Iker Muniain, atual craque do time principal, mas na época com 15 anos, contra o Amorebita. A equipe basca venceu o amistoso de pré-temporada por 2 a 0, em 2007. Jonás Ramalho é também o primeiro negro a defender o Athletic Bilbao, clube que só aceita em seu elenco jogadores nascidos no País Basco.

Sem conseguir espaço no elenco principal do Athletic Bilbao, Jonás Ramalho renovou seu empréstimo ao Girona, atual líder da segunda divisão, com três vitórias em três jogos. Todos eles com Jonás Ramalho de titular. Filho de pai angolano e mãe espanhola, ele defende a La Roja desde a categoria sub-16. Em 2010, disputou o Mundial sub-17 e ainda foi bicampeão europeu sub-19 (2011 e 2012).

——————————————————————–

Pablo Insúa

Data de nascimento: 9 de setembro de 1993 (21 anos)

Clubes: Deportivo La Coruña (2012-atual)

Em 2013/14: 40 partidas (todas como titular, com três gols)

Jogador importante e constante na campanha de retorno do Deportivo La Coruña à elite espanhola, Pablo Insúa se destaca pelo bom aproveitamento nas jogadas aéreas, a liderança que exerce dentro de campo, apesar da pouca idade, e o posicionamento. O zagueiro estreou pelos profissionais em 2012/13, temporada em que o clube vivia grave crise financeira e não conseguiu se livrar do rebaixamento.

Antes disso, já era cobiçado por Real Madrid e Manchester City. Em 2014/15, Pablo Insúa foi titular nas duas partidas da equipe da Galícia no Campeonato Espanhol e ainda esteve no elenco campeão europeu sub-19 de 2012. A favor de Pablo Insúa conta o fato de ele poder atuar pelos dois lados da zaga. O jovem zagueiro tem média de quase um cartão amarelo a cada três jogos: 14 em 46 partidas.

——————————————————————–

Juan Bernat

Data de nascimento: 1º de março de 1993 (21 anos)

Clubes: Valencia (2011-14), Bayern de Munique (2014-atual)

Em 2013/14: 49 partidas (41 como titular, com dois gols)

Outro bom lateral revelado pelo Valencia. O estilo de jogo ofensivo de Juan Bernat assemelha-se um pouco ao seu antecessor no elenco dos Che, Jordi Alba. Muito rápido, ágil, de bons passes, cruzamentos e chutes, Juan Bernat foi peça importante para a equipe espanhola em 2013/14, quando se consolidou no time titular. Ao todo foram 74 partidas, com três gols marcados e sete assistências.

De acordo com a imprensa europeia, Juan Bernat foi comprado pelo Bayern de Munique por cerca de 10 milhões de euros, sendo treinado por Pep Guardiola. O espanhol mudou o esquema tático da equipe… Do 4-5-1, os bávaros passaram a jogar no 3-5-2 e é Juan Bernat quem faz a ala esquerda. Mais livre pela esquerda, o jogador pode explorar as suas características ofensivas.

Pelas seleções de base, Juan Bernat disputou o Mundial sub-17 de 2010 e o sub-20 de 2013. Ele ainda fez parte do elenco campeão da Eurocopa sub-19 de 2012. O jogador ainda não estreou pela seleção principal.

——————————————————————–

Sergi Samper

Data de Nascimento: 20 de janeiro de 1995 (19 anos)

Clubes: Barcelona B (2012-atual)

Em 2013/14: 40 partidas (25 como titular)

Tratado como o novo Xavi, Sergi Samper é uma das maiores promessas de La Masía. Antes de estrear no profissional, era observado por muitos clubes da Europa, devido ao seu toque de bola, visão de jogo e estilo de jogo clássico. O jogador quase fez o mesmo caminho que seu compatriota Césc Fàbregas.

O Arsenal, assim como fez no passado com o seu ex-camisa 4, planejava tirar Sergi Samper da base do Barcelona, por cerca de 9 milhões de libras, mas o volante da equipe B disse não a Arséne Wenger. Pela categoria Cadete A (sub-15), Sergi Samper conquistou a Manchester United Premier Cup, a Liga da Catalunha e a Copa Internacional do Mediterrâneo.

Em sua primeira temporada como profissional, Sergi Samper ajudou a equipe B catalã a terminar a segunda divisão local na terceira posição – obviamente, o time B não pode disputar a mesma competição que o time principal e o acesso não veio. Em 2013/14, ele recebeu seis amarelos e deu duas assistências. Sergi Samper tem passagens pelas seleções de base desde a categoria sub-16 e participou das Eliminatórias para a Eurocopa sub-19 de 2013.

——————————————————————–

Saúl Ñíguez

Data de Nascimento: 21 de novembro de 1994 (19 anos)

Clubes: Atlético de Madrid B (2010-13), Rayo Vallecano (2013-14), Atlético de Madrid (2012-atual)

Em 2013/14: 37 partidas (todas como titular, com dois gols)

Canhoto, de bom passe e controle de bola e boa capacidade de interceptação. Saúl Ñíguez é meia central, atuando por vezes como volante pela esquerda ou até mesmo como meia ofensivo, devido ao seu poder de finalização e eficiência nos passes. É uma ótima opção para as saídas de bola, aparecendo como alternativa aos zagueiros. Saúl Ñíguez tem visão de jogo e qualidade para fazer a bola já sair “redonda” desde a defesa.

O jogador subiu aos profissionais em 2011/12, temporada em que a equipe madrilenha conquistou a Liga Europa. Entretanto, Saúl Ñíguez disputou apenas uma partida na competição. Seu início de 2012 ficou reservado para a Eurocopa sub-19, a qual venceu com a seleção espanhola. Na temporada seguinte, mais um título: a Copa do Rei, ainda com participações discretas em dois jogos. Em 2013/14, Saúl Ñíguez foi emprestado ao Rayo Vallecano, clube também da capital, para ganhar experiência e teve um bom desempenho.

O futebol está no DNA da família de Saúl Ñíguez. Ele é filho do ex-jogador José Antonio Ñíguez, conhecido como Boria, que fez carreira no futebol espanhol. Os irmãos da joia colchonera, Jony e Aáron, atuam por Rio Ave (Portugal) e Elche (Espanha), respectivamente.

——————————————————————–

Óliver Torres

Imagem de Amostra do You Tube

Data de nascimento: 10 de novembro de 1994 (19 anos)

Clubes: Atlético de Madri (2012-14), Villarreal (2014), Porto (2014-atual)

Em 2013/14: 22 partidas (11 como titular, com um gol)

Outro fruto do bom trabalho das categorias de base do Atlético de Madrid. Meia de muita movimentação, habilidade, grande qualidade nos lançamentos e enfiadas de bola são as principais características de Óliver Torres. Quando tem a bola dominada, é difícil perdê-la. Arranques também fazem parte do cardápio de jogadas do jovem talento. Óliver Torres foi um dos destaques da seleção espanhola que venceu a Eurocopa sub-19 de 2012. No mesmo ano, fez sua estreia pelo profissional do Atlético de Madrid.

Em outubro de 2013, Óliver Torres tornou-se o quarto jogador mais jovem a atuar pelo time madrilenho na Liga Europa. No restante da temporada 2013/14, sem muito espaço no futuro elenco campeão espanhol e vice da Liga dos Campeões, ele defendeu o Villarreal. Em 2014/15, Óliver Torres veste a camisa do Porto, onde é um dos principais jogadores do elenco, sendo o responsável pela criação e comando do meio de campo. Ele fez cinco partidas e um gol.

Óliver Torres defende as seleções de base desde a categoria sub-16. Além do título já citado, o jogador disputou o Mundial sub-20. Com o processo de renovação que a seleção principal passa, é provável que o meia do Atlético de Madrid tenha oportunidades.

——————————————————————–

Gerard Deulofeu

Imagem de Amostra do You Tube

Data de nascimento: 13 de março de 1994 (20 anos)

Clubes: Barcelona B (2010-12), Barcelona (2012-13), Everton (2013-14), Sevilla (2014-atual)

Em 2013/14: 29 partidas (11 como titular, com quatro gols)

Gerard Deulofeu é mais uma joia do futebol espanhol lapidada pelo Barcelona. Atacante muito rápido e driblador, ele também assume a função de goleador. No Barcelona B, que disputa a segunda divisão espanhola, anotou 27 gols em 68 partidas, além de ter contribuído com seis assistências. Sem muito espaço no time principal, onde fez apenas seis jogos sem brilhantismo, Gerard Deulofeu acabou emprestado ao Everton, para ganhar experiência em uma forte liga – a diretoria catalã recebeu propostas de compra de Liverpool e Queens Park Rangers.

Durante o período em que esteve na Premier League, Gerard Deulofeu foi bem, pois se adaptou ao futebol inglês. Em 29 partidas fez quatro gols e deu cinco assistências. De personalidade forte, o popular “marrento” não agradou ao novo técnico do Barcelona, o ex-jogador do clube Luís Enrique, ao voltar na pré-temporada. As desavenças com o comandante e a concorrência no ataque o levaram a um novo empréstimo, dessa vez para o Sevilla, onde ficará em 2014/15.

Pelas seleções de base, Gerard Deulofeu tem ótimo desempenho. Vice-campeão mundial sub-17 de 2010, ele foi bicampeão europeu sub-19 nos dois anos seguintes. Em 2012, foi eleito melhor jogador da competição. Gerard Deulofeu teve atuações de destaque nas partidas decisivas de ambos os torneios. Em 2013, disputou o Mundial sub-20.

——————————————————————–

Jesé Rodríguez

Imagem de Amostra do You Tube

Data de nascimento: 26 de fevereiro de 1993 (21 anos)

Clubes: Real Madrid Castilla (2010-13), Real Madrid (2013-atual)

Em 2013/14: 31 partidas (12 como titular, com oito gols)

Atacante rápido, habilidoso, driblador, finalizador e que chama o jogo. Não à toa, Jesé Rodríguez é a esperança de se tornar um futuro galático e comparado à estrela da companhia, o português Cristiano Ronaldo. Apesar de destro, Jesé Rodríguez atua com mais frequência pelo lado esquerdo. Estreou pelos profissionais em 2011/12, mas somente em 2013/14 foi efetivado na equipe principal do Real Madrid.

Jesé Rodríguez é apontado como a maior revelação do clube nos últimos 15 anos e só não teve maior sequência de jogos devido a uma grave lesão. O jogador rompeu por completo o ligamento cruzado anterior do joelho direito, em partida válida pelas oitavas de final da Champions League, diante do Schalke 04. A lesão enterrou as chances de o jovem atacante disputar o Mundial do Brasil. Apesar disso, Jesé Rodríguez conseguiu marcar oito vezes e dar seis assistências.

Ele fez muitos jogos pelo Real Madrid Castilla, equipe B do clube da capital espanhola, que disputa a terceira divisão em 2014/15. Lá, conquistou a terceira divisão em 2011/12. Pelas seleções de base, Jesé Rodríguez foi vice-campeão mundial em 2010, na categoria sub-17. Dois anos depois, junto com muitos desta lista, venceu a Eurocopa sub-19. Foi o artilheiro da competição com cinco gols e eleito o terceiro melhor jogador.

——————————————————————–

Paco Alcácer

Data de nascimento: 30 de agosto de 1993 (21 anos)

Clubes: Valencia (2010-12), Getafe (2012-13), Valencia (2013-atual)

Em 2013/14: 37 partidas (26 como titular, com 15 gols)

Centro-avante matador, Paco Alcácer teve um bom aproveitamento na campanha irregular do Valencia, em 2013/14. Além dos 15 gols, deu quatro assistências. Embora jogue isolado, ele tem velocidade para se movimentar, buscar o jogo e pode ser lançado em profundidade. Os 1,73m não impedem Paco Alcácer de ter um bom cabeceio. Ele foi o artilheiro da equipe na Liga Europa, com sete gols em 11 jogos. Outra virtude do atacante é ser ambidestro.

Paco Alcácer ainda tem experiência nas seleções de base. O atacante foi vice-campeão mundial sub-17 de 2010. Em 2011 e 2012, foi bicampeão europeu sub-19. Ele também disputou o Mundial sub-20 de 2013. Na temporada atual, Paco Alcácer entrou em campo pelo Valencia duas vezes na liga espanhola e marcou um gol.

As boas atuações do jogador renderam uma convocação à seleção principal um dia antes de completar 21 anos. Vicente del Bosque chamou a promessa dos Che para o amistoso contra a França, que os franceses venceram por 1 a 0, e para a primeira partida das Eliminatórias para a Eurocopa 2016, contra a Macedônia. Começando como titular, já que Diego Costa estava machucado, Paco Alcácer não decepcionou e precisou de apenas 16 minutos para marcar o seu primeiro gol com a camisa da seleção espanhola principal. A partida terminou 5 a 1 para os espanhóis.

Dentro de campo

O principal ponto positivo desta formação é que todos os jogadores são de mobilidade, aproximação e possuem boa velocidade, tanto para marcar pressão, quanto para recompor o sistema defensivo. Embora não tenha um volante mais marcador, de pegada, a seleção espanhola contaria com um quarteto incansável lá na frente.

Paco Alcácer pressionando a dupla de zaga adversária, Jesé Rodríguez e Gerard Deulofeu acompanhando os laterais e Óliver Torres rodando pelo meio, marcando os volantes, dariam  tranquilidade aos defensores espanhóis. Óliver Torres também pode voltar e compor um trio de volantes, quando a bola não estiver sob o domínio da equipe.

O destro Jesé Rodríguez atua pelo lado esquerdo para cortar as jogadas para o meio e finalizar ou servir um companheiro. Com estas características, ele abriria espaço na faixa esquerda do campo para o apoio de Juan Bernat. Já na outra ponta, Gerard Deulofeu é mais agudo e busca entrar mais na área, além das jogadas de linha de fundo, que poderiam servir Paco Alcácer. No comando de ataque, o jogador do Valencia é o famoso “falso 9”, já que se movimenta muito e aparece como opção para os meias (Óliver Torres, Saúl Ñíguez e Sergi Samper), deixando espaço na área para a penetração dos dois pontas (Jesé Rodríguez e Gerard Deulofeu).

Outras joias

Alex Grimaldo: lateral-esquerdo do Barcelona B, 18 anos. Jogador mais jovem a atuar pela segunda divisão espanhola, com 15 anos e 349 dias. Foi campeão sub-19 em 2012. É muito bom no apoio ao ataque, tendo como pontos fortes a velocidade e os cruzamentos.

Denis Suárez: meia do Barcelona, emprestado ao Sevilla, 20 anos. Formado no Celta de Vigo, foi para o Manchester City em 2011, onde ficou por duas temporadas. Voltou à Espanha, onde defendeu o Barcelona B. Como parte do acordo que colocou Ivan Rakitic no Barcelona, foi emprestado ao Sevilla por duas temporadas. Muito habilidoso, tem excelente controle de bola, passes de boa qualidade e cobra faltas.

Álvaro Vadillo: meia-atacante do Bétis, 20 anos. Comparado a Cristiano Ronaldo, joga aberto pelos lados, explorando sua velocidade e habilidade. Disputou a Eurocopa sub-19 de 2013.

Jairo Samperio: meia do Mainz 05, 21 anos. Depois de boas atuações no Racing Santander, entre 2011 e 2013, chegou ao Sevilla e, na única temporada com a camisa da equipe da Andaluzia, marcou seis gols e deu sete assistências (no período em que ficou na Espanha foram 18 gols e 14 assistências). Disputou o Mundial sub-20 de 2013. Comprado pelo clube alemão por cerca de 2,5 milhões de euros.

Munir El Hadadi: atacante do Barcelona, 19 anos. Novo xodó do Barça, o garoto de origem marroquina estreou na temporada 2014/15 sem sentir o peso da camisa que veste. Após marcar duas vezes contra o León (México), em amistoso, voltou a balançar as redes na primeira rodada da liga espanhola, diante do Elche. Foi convocado e atuou na primeira partida da Espanha nas Eliminatórias para a Eurocopa 2016.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede