Rio Branco ES vence Copa ES 2016, mas quer vaga na Série D 2017

Foto: Sidney Magno Novo/ GloboEsporte.com

Veja notícias diárias do futebol capixaba no Facebook

Cobertura bem-humorada do futebol capixaba no Facebook

O Rio Branco ES nunca havia levantado o título da Copa ES, torneio criado em 2003. O time da capital Vitória ainda carregava a sina de ter vencido apenas quatro disputas de mata-mata em 11 edições, a última em 2012, contra o São Mateus. Mas na Copa ES 2016 deu tudo certo para o Rio Branco ES, que passou pelo rival Vitória nas semifinais e superou o Espírito Santo FC na decisão do torneio (empatou em 1 a 1 na ida e fez 2 a 0 na volta).

Com o troféu inédito, o Rio Branco ES vai estrear na Copa Verde em 2017, mas os jogadores e o técnico Flávio Anunziatta ainda não estão pensando no torneio regional, cujo adversário do mata-mata deve ser conhecido em 15 de dezembro. O Rio Branco ES terá dois dias de folga e já começa os treinamentos visando ao Torneio Seletivo, que dará ao campeão a segunda vaga capixaba na Série D 2017 – a primeira é da Desportiva, campeã estadual em 2016.

O Rio Branco ES estreia já no próximo sábado, 5 de novembro, contra o Real Noroeste, algoz do estadual (mais informações ao longo do texto) fora de casa. A volta está marcada para o dia 12 e o vencedor das semifinais enfrenta quem passar de Atlético Itapemirim e Espírito Santo FC, valendo vaga no torneio nacional.

Apesar da felicidade pelo troféu, a torcida do Rio Branco ES sabe que de nada terá valido se o time falhar em jogar a Série D 2017, ficando sem calendário nacional no segundo semestre. Veja detalhes das campanhas da equipe em 2016…

Primeiro semestre conturbado

O Rio Branco ES não teve dificuldades para seguir adiante no Campeonato Capixaba 2016. Na primeira fase, o time ficou no Grupo Norte e não tomou conhecimento de Real Noroeste, Linhares, São Mateus e Sport Linharense, somando 17 pontos (5v, 2e, 1d) e terminando na liderança. A boa campanha entusiasmou os torcedores, que esperavam melhor sorte para o Rio Branco ES na Copa do Brasil 2016, diante dos reservas do Santa Cruz/PE.

O clube soube aproveitar a Copa do Brasil fora das quatro linhas (fechou dois patrocínios para as partidas diante dos pernambucanos), mas dentro de campo perdeu em casa por 1 a 0 com gol aos 49 do segundo tempo e não saiu de empate sem gols na volta, em Recife.

Imagem de Amostra do You Tube

Com a quinta queda em cinco participações no torneio nacional, o Rio Branco ES se contentou com o Hexagonal Final do estadual, precisando ser campeão ou vice para conseguir vaga na Série D 2016. O time começou mais ou menos a etapa decisiva do Campeonato Capixaba, vencendo o Atlético Itapemirim (2 a 0), mas levando de 1 a 0 do Espírito Santo FC.

Um ponto atrás dos líderes, o Rio Branco ES teve a rival Desportiva pela frente, mas o revés de 1 a 0 foi um duro golpe, já que o time caiu para o quinto e penúltimo lugar. O técnico Duílio Dias (campeão brasileiro de 1984 pelo Fluminense) estava ameaçado e perdeu o emprego (o clube alegou problemas financeiros) após derrotas para Real Noroeste (2 a 1) e Linhares (3 a 2), que deixaram o Rio Branco ES na lanterna, dois pontos atrás do penúltimo colocado Atlético Itapemirim.

Os jogadores lamentaram a saída do treinador, mas ainda havia a outra metade do Hexagonal Final para a equipe se recuperar. O técnico Flávio Anunziatta assumiu o Rio Branco ES, que estava a seis pontos do segundo colocado e conseguiu duas vitórias seguidas, ficando a três pontos de ir à decisão do Campeonato Capixaba.

Os torcedores estavam esperançosos para as três rodadas finais, mas aí veio novamente o clássico com a Desportiva, que goleou o Capa Preta por 4 a 1, o que praticamente eliminou a equipe. Na penúltima rodada, o Rio Branco ES perdeu de 1 a 0 do Real Noroeste, resultado que eliminou da competição o time, que buscava o bicampeonato, mas ficou com 12 pontos em dez jogos, a cinco da segunda posição e melhor apenas que o Atlético Itapemirim.

O Rio Branco ES na Copa ES 2016

Com a eliminação e o fim do sonho de jogar a Série D 2016, o Rio Branco ES começou a se preparar para a Copa ES. Cinco jogadores foram para times da 2ª divisão estadual e o presidente Maurício Duque afirmou que dez a 12 atletas do sub-20 iriam defender o time. No aniversário de 103 anos, o Rio Branco ES anunciou nove reforços e renovou com apenas seis atletas, destaque para o zagueiro Santiago (ex-Vasco), 36 anos.

Houve também mudanças na preparação física, uma das críticas no estadual, e na gerência de futebol, que Bruno Malias assumiu – ele era gestor do time de futebol de areia. Treinando no campo do 38º Batalhão de Infantaria do Exército (a entidade sede o terreno e o clube faz melhorias na estrutura), a intertemporada começou com 14 jogadores, já que o time sub-20 disputava o estadual (foi campeão e estará na Copa SP 2017), e mais três reforços vieram.

Imagem de Amostra do You Tube

Nos jogos de preparação, o Rio Branco ES venceu o Vitória/ES por 2 a 1 e o Vilavelhense por 3 a 0, e começou muito bem a Copa ES, fazendo 5 a 0 no Linhares – Espírito Santo FC, Real Noroeste e Sport Linharense completaram a chave. Nos três primeiros jogos, o time somou sete pontos, estava na liderança e não havia levado nenhum gol, o que aconteceu no empate de 1 a 1 com o Real Noroeste.

Na reta final da 1ª fase, o Rio Branco ES brigou com Espírito Santo FC e Real Noroeste por duas vagas nas semifinais, perdendo para o primeiro (2 a 0), mas vencendo o outro por 3 a 1 de virada na última rodada. Com o triunfo, o Rio Branco ES foi o segundo colocado com 17 pontos, três a mais que o Real Noroeste, seguindo na competição.

Nas semifinais, o time despachou o rival Vitória ES (1 a 1 em casa, mas 2 a 0 fora) e ficou com a taça diante do Espírito Santo FC, numa polêmica antes da final. A federação capixaba remarcou o jogo de ida para uma terça-feira à noite, pois cedeu o estádio Kleber Andrade ao Paraná Clube, que encarou o Vasco num sábado à tarde, pela Série B nacional – a federação afirma que deu opções ao Rio Branco ES. Será que vem Série D 2017?

Imagem de Amostra do You Tube

Informações

- Até a estreia no minitorneio, o presidente do Rio Branco ES, Maurício Duque, precisa sanar a dívida de 25 dias de salários atrasados do elenco. Isso se dá por causa das dificuldades financeiras de 2016 – em 2015, houve lucro de quase R$ 300 mil. Sem ir às finais do estadual e fora da Série D 2016, o Rio Branco ES teve média de apenas 854 torcedores por jogo no Capixabão, chegando a ter 100 pagantes nos 2 a 1 diante do Linhares, em 23 de abril. Na ida da final da Copa ES, o clube atraiu apenas 1.156 pagantes, renda bruta de R$ 15 mil.

- O Rio Branco ES teve um amistoso internacional em 2016. A equipe aproveitou que o FC Goa (Índia), time do técnico Zico e dos brasileiros Lúcio (Inter, Palmeiras), Reinaldo (São Paulo, Botafogo, PSG etc.) e Rafael Coelho (Vasco, Coritiba), estava em pré-temporada e organizou um jogo valendo troféu. O Rio Branco ES chegou a abrir 2 a 0 no estádio Kleber Andrade, mas levou o empate e perdeu o título. O goleiro Chico, há dez anos no clube, jogou dez minutos e se aposentou oficialmente. A partida agradou tanto que há a possibilidade de um quadrangular com times sul-americanos em 2017.

Imagem de Amostra do You Tube

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede