Cristiano Ronaldo, o início: conheça o Andorinha, o 1º time do craque

Cristiano Ronaldo é um astro dentro e fora dos gramados. Jogador do Real Madrid desde 1º de julho de 2009 e com contrato renovado em 6 de novembro de 2016 até 30 de junho de 2021, o jogador tem tudo para continuar quebrando recordes pessoais e aumentar ainda mais seu valor de mercado, atualmente em 110 milhões de euros, algo em torno de R$ 375 milhões.

Com 31 anos, Cristiano Ronaldo já tem 571 gols em 828 gols na carreira profissional por clubes e média superior a uma bola nas redes por partida com a camisa do Real Madrid (380 gols em 367 jogos). Na seleção de Portugal, o craque também é de suma importância, pois é um dos líderes do elenco e já marcou 68 gols em 136 partidas.

O atacante português demorou alguns anos para atingir o status de estrela mundial, caminho que começou a trilhar em 2002, quando estreou no time B do Sporting Lisboa. Depois, precisou de algumas temporadas para se destacar na equipe principal e se transferir para o Manchester United por 19 milhões de libras. Cinco anos se passaram, e o Real Madrid pagou 94 milhões de libras no jogador.

Porém, Cristiano Ronaldo não começou do topo. Como todo atleta, ele precisou atravessar alguns obstáculos, aprender a jogar futebol e a colocar em prática sua técnica com muita disciplina diária.

Entre os oito e dez anos, Cristiano Ronaldo deu os primeiros passos na carreira a alguns metros de sua casa, em Santo António, ao lado de Funchal. Seu primeiro clube foi o Andorinha e é na equipe que o Plano Tático vai se ater a partir de agora. Conheça tudo sobre o primeiro time em que a então criança cheia de sonhos Cristiano Ronaldo mostrou seu talento!

Cristiano Ronaldo e Andorinha

Cristiano Ronaldo ficou pouco tempo no Andorinha, mas alçou a equipe aos holofotes mesmo com sua passagem tão jovem. É claro que o Andorinha sempre foi um time pequeno em Portugal e na época de Cristiano Ronaldo disputava apenas a 1ª divisão regional da Madeira, naquele tempo equivalente à quinta divisão nacional.

O clube estava nesse torneio desde a temporada 1984/85 e ficou 16 anos até 1999/00, quando caiu para a segunda divisão da região, o sexto nível de Portugal. Enquanto Cristiano Ronaldo ascendia rápido na carreira, estando no Manchester United, o Andorinha tinha problemas para se manter na elite regional, já que subiu após uma temporada, mas três anos depois, em 2004/05, voltou a sucumbir.

A vida do Andorinha nas divisões regionais continuou, mesmo com o título da equipe na temporada 2007/08 ao somar 38 pontos em 18 jogos (11v, 5e, 2d), vantagem no confronto direto sobre o Cruzado Canicense. O time continuou na mesma competição e terminou em sexto lugar no ano seguinte, nove pontos atrás do campeão, o União Madeira B.

Apesar disso, o Andorinha subiu de divisão, mas por um motivo especial: houve mudanças nas divisões portuguesas e a elite da Madeira passou a ser o quarto nível nacional. Assim, o Andorinha foi disputar a 3ª divisão, jogando 22 partidas por temporada. Em 2009/10, o melhor momento do clube que revelou Cristiano Ronaldo: a segunda posição na primeira fase (40 pontos, com 11v, 7e, 4d) levou o Andorinha aos playoffs de promoção, numa espécie de Hexagonal Final.

Após dez rodadas, a equipe só perdeu uma vez (8v, 1e, 1d) e terminou na primeira posição pelo saldo de gols, alcançando a promoção para a terceira divisão! Naquele time estava o brasileiro Humberto Silva Nascimento, que faria sua última temporada antes de se aposentar – começou no Ceilândia/DF, passou por Vasco, Sport Recife, Vitória/BA, Londrina/PR e Gama/DF, todos na primeira divisão nacional com exceção aos paranaenses.

É verdade que o melhor momento do Andorinha coincidiu com a temporada de estreia de Cristiano Ronaldo no poderoso Real Madrid. Porém, enquanto o jogador continuou evoluindo e alcançou o estrelato máximo, seu primeiro clube na carreira teve apenas uma temporada como clube da terceira divisão Portugal…

Em 30 rodadas, o Andorinha encarou o Grupo Norte e pela primeira vez mediu forças com os gigantes da região da Madeira, como União Madeira e o time B do Marítimo. A equipe até conseguiu passar algumas rodadas no meio da tabela, mas já na metade foi perdendo força e passou a frequentar a zona de rebaixamento. Aos poucos a diferença para sair da degola foi aumentando e se tornou impossível de reverter a queda na 28ª rodada, com a derrota de 2 a 1 para o Chaves, atualmente na elite. Foram 28 pontos (7v, 7e, 16d) e o 14º lugar, a 11 pontos de se salvar.

Imagem de Amostra do You Tube

Foi o primeiro de três rebaixamentos em sequência, que levaram o Andorinha de volta à segunda divisão da liga regional da Madeira em 2013/14, que atualmente é o quinto nível nacional. Pelo menos o clube subiu para a elite regional na temporada seguinte e em 2016/17 continua na competição…

Até o momento são cinco partidas disputadas, mas o Andorinha soma apenas cinco pontos (1v, 2e, 2d), melhor apenas que Carvalheiro (quatro pontos) e o lanterna Sporting Porto Santo (um). A diferença para o acesso é de seis pontos e serão 11 rodadas até o fim, o que torna difícil a missão do Andorinha, um time da quarta divisão portuguesa.

Curiosidades de Cristiano Ronaldo

- Cristiano Ronaldo é o mais novo de quatro filhos. Sua mãe, Maria Dolores, era cozinheira e seu pai, José Diniz Aveiro, era jardineiro e funcionário do Andorinha. O nome é uma inspiração em Ronald Reagan, então presidente dos Estados Unidos. A família vivia numa das áreas mais humildes da Ilha da Madeira, em Santo António do Funchal.

- O padrinho de Cristiano Ronaldo no início da carreira foi Fernão Sousa, que era capitão no Andorinha à época. Foi ele quem levou o ainda jovem menino de dez anos para o Nacional da Ilha da Madeira, pois cuidava das divisões de base do clube – o Marítimo também estava interessado no jogador, mas faltou a uma reunião com o Andorinha. A transferência para o Nacional foi de 500 euros, algo em torno de R$ 1,7 mil.

- A ida de Cristiano Ronaldo para o Sporting Lisboa foi curiosa. O Nacional devia 25 mil euros ao clube da capital por causa de um jogador e pediu que a dívida fosse perdoada se o atleta fosse para Lisboa. Cristiano Ronaldo fez três dias de teste em abril de 1997 e saiu driblando os meninos mais velhos, um desafio à altura de sua qualidade. Foi difícil, mas Aurélio Pereira, que era coordenador de futebol juvenil no Sporting Lisboa, convenceu que o garoto de 12 anos valia os 25 mil euros.

- Numa homenagem à sua mais ilustre revelação, o Andorinha resolveu fazer algo curioso. Em novembro de 2015, os dirigentes se reuniram e retiraram a camisa de número 7 da escalação do time. E espera-se que por breve momento: somente se o próprio Cristiano Ronaldo ou seus descendentes defenderem o clube a camisa 7 voltará a ser utilizada por eles. Ele também é sócio honorário do Andorinha.

Imagem de Amostra do You Tube

Informações

- O atual plantel do Andorinha é formado apenas por jogadores portugueses. São 18 atletas e média de idade de 26,5 anos, tudo porque há alguns veteranos. O mais velho é o meia Eugénio, 35 anos, que começou a carreira no Andorinha em 1991/92, na mesma etapa de Cristiano Ronaldo, na escolinha. Ele só não defendeu a equipe em duas temporadas (2010/11 e 2011/12), quando esteve no 1º de Maio do Funchal.

- Pelo menos dez jogadores começaram suas carreiras nos grandes times da região (Marítimo, Nacional da Ilha da Madeira ou União Madeira), mas não foram aproveitados e acabaram no Andorinha. Outros chegaram a ser testados nessas equipes, mas também não renderam o esperado.

- Hélvio Sousa, zagueiro de 32 anos, tem trajetória interessante: ele defendeu o Nacional do infantil até os juvenis, mas saiu do clube nos juniores e completou a base no 1º de Maio do Funchal. O meia-atacante Nuno Andrade foi até os juniores do União Madeira, acabou aceito no Nacional, mas se profissionalizou no antigo clube. Ele teve uma passagem pelo time C do Marítimo, mas não agradou e está no Andorinha desde 2015/16. O atacante Hugo Teles, 26, é o oposto: começou no infantil do Andorinha em 2002/03 e só defendeu a equipe na carreira.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede