Liga dos Campeões da Ásia 2017: veja onde estão os 43 brasileiros [ESPECIAL]

A Liga dos Campeões da Ásia começou na madrugada desta segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017. Mais uma temporada que promete muitas emoções, embora seja sentida a ausência do atual campeão, Jeonbuk Motors (Coreia do Sul), que foi excluído da Liga dos Campeões por causa de manipulação de resultados na liga local – o time apelou até à Corte Arbitral do Esporte, mas teve a punição confirmada em 3 de fevereiro.

Após três fases preliminares em jogo único, alguns times fortes foram eliminados e não vão participar da fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia, como Al Sadd e El Jaish (Catar) e o Shanghai Shenhua (China). Claro, alguns brasileiros ficaram de fora, a exemplo de Romarinho (Corinthians), cujo time perdeu nos pênaltis em casa para o Bunyodkor (Uzbequistão).

Entretanto, os brasileiros ainda dominam a Liga dos Campeões da Ásia, já que o futebol daquele continente atrai muitos jogadores ávidos por alcançar a independência financeira das próximas gerações. É importante lembrar que alguns acabam ficando de fora dos elencos por opção dos clubes.

Portanto, o Plano Tático faz pelo segundo ano consecutivo um levantamento especial: todos os brasileiros que vão participar da fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia! Aproveitamos para agradecer a Rubens Melo, colaborador do Plano Tático, que realizou a pesquisa e tornou realidade esse extenso levantamento!

O levantamento de 2016

Brasileiros na Liga dos Campeões da Ásia

Os famosos

Éverton Ribeiro (Al Ahli/Emirados Árabes)

Times importantes. Coritiba e Cruzeiro

Na Liga dos Campeões. Quatro gols em 14 jogos

Éverton Ribeiro demorou a engrenar na carreira. Revelado no Corinthians, se destacou no São Caetano, época em que foi convocado para o Sul-Americano sub-20 em 2009, quando pertencia ao Corinthians. No Coritiba, ele fez muitos gols em 2012, passou a defender o Cruzeiro e aí estourou, sendo importante nos títulos brasileiros de 2013 e 2014. Está no Al Ahli Dubai desde fevereiro de 2015, no qual é titular absoluto.

————————————————————–

Rodrigo Tabata (Al Rayyan/Catar)

Times importantes. Goiás e Santos

Na Liga dos Campeões. Seis gols em 23 jogos

O meia de 36 anos deve encerrar a carreira no futebol do Catar. Quem não se lembra de Rodrigo Tabata? Destaque do Goiás por dois anos seguidos (2004 e 2005), quando o time chegou ao sexto e ao terceiro lugares na Série A, ele se transferiu para o Santos e continuou chamando a atenção. Por isso foi para o futebol turco, no qual ficou por quase quatro temporadas. Desde 2010 está no Al Rayyan, com passagem de pouco mais de um ano no Al Sadd, sempre no futebol catariano. Tanto tempo naquele país resultou em sua naturalização, e Rodrigo Tabata tem dois gols em 11 partias na seleção do Catar.

————————————————————–

Leandro Moura (Kashima Antlers/Japão)

Times importantes. Grêmio, Coritiba, Santos e Palmeiras

O atacante tem 23 anos e começou na base do Gama, mas antes de se profissionalizar foi para o Grêmio, onde teve sua subida em 2012, com sete gols em 36 jogos. Leandro acabou emprestado para o Palmeiras numa troca com Hernán Barcos e foi um dos destaques da Série B 2013 com 19 gols em 42 jogos, tanto que foi comprado em definitivo por R$ 8 milhões. Só que nunca mais Leandro se destacou no Palmeiras e acabou emprestado para Santos e Coritiba, pelo qual marcou 12 gols em 48 jogos. Em 2017, empréstimo para o Kashima Antlers, no qual ele espera estrear com o pé direito na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Elkeson (Shanghai SIPG/China)

Times importantes. Vitória/BA e Botafogo/RJ

Na Liga dos Campeões. 20 gols em 37 jogos

Revelado no Vitória da Bahia, o atacante de 27 anos logo foi para o Botafogo, quando todos achavam que poderia fazer carreira na seleção brasileira. Porém, após um ano e meio, Elkeson se rendeu ao dinheiro da China e foi para o Guangzhou Evergrande, no qual teve ótimo desempenho (77 gols em 111 partidas), mas perdeu a chance de carreira na Europa. Ele aceitou ainda mais dinheiro e assinou com o Shanghai SIPG por quatro anos (o clube pagou 18,5 milhões de euros) e duas temporadas depois já tem 15 gols em 36 partidas, sendo peça importante na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Oscar (Shanghai SIPG/China)

Times importantes. Internacional, São Paulo e Chelsea

O homem de 60 milhões de libras, ou R$ 240 milhões, valor pelo qual foi vendido pelo Chelsea ao futebol chinês. O meia Oscar também é conhecido como o milionário que ganhará R$ 84 milhões por ano, o que dá só uns R$ 7 milhões mensais. A loucura do Shanghai SIPG com o meia de 25 anos parece extravagante demais, mas pelo menos ele já estreou marcando um gol. Oscar, que não é convocado para a seleção brasileira há algum tempo, vai precisar provar que pode desequilibrar na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Hulk (Shanghai SIPG/China)

Times importantes. Vitória/BA e Porto (Portugal)

Na Liga dos Campeões. Nenhum gol em dois jogos

Revelado no Grêmio Serrano/PB, que voltou à ativa por causa de sua transferência da Rússia para o Shanghai SIPG, o atacante de 30 anos não teve destaque no futebol brasileiro, mesmo tendo se profissionalizado no Vitória. Após quatro anos no Japão, Hulk roubou a cena e conquistou fama com a camisa do Porto, onde é ídolo e chegou a fazer 36 gols em 53 jogos numa das quatro temporadas. Vendido ao Zenit St. Petersburg (Rússia), o jogador continuou se dando bem, tanto que foi convocado para a seleção brasileira. Por isso chamou a atenção dos chineses e obteve a transferência mais cara, superando até mesmo Neymar. Agora ele quer ser protagonista do time na Liga dos Campeões da Ásia e justificar as altíssimas cifras.

————————————————————–

Ricardo Goulart (Guangzhou Evergrande/China)

Times importantes. Internacional, Goiás e Cruzeiro

Na Liga dos Campeões. 11 gols em 20 jogos

O atacante começou no Santo André/SP em 2008, acabou emprestado ao Inter, mas atuou no time B. Ricardo Goulart só foi bem mesmo com a camisa do Goiás em 2012, quando chamou a atenção do Cruzeiro e viu a carreira decolar ao ser bicampeão brasileiro. Desde 2015 ele está no Guangzhou Evergrande, pelo qual tem bom desempenho há dois anos e está adaptado. Pena que a ida para a China tirou a chance de seleção brasileira, que defendeu uma vez.

————————————————————–

Paulinho (Guangzhou Evergrande/China)

Times importantes. Corinthians e Tottenham

Na Liga dos Campeões. Três gols em 11 jogos

O volante de 27 anos demorou a fazer sucesso e não deu certo na Polônia e na Lituânia. Porém, quando Paulinho se destacou no Audax São Paulo, rapidamente chegou ao Bragantino e em 2010 já vestia as cores do Corinthians, pelo qual foi campeão paulista, brasileiro, da Libertadores e do Mundial de Clubes em três anos. Ele foi para o Tottenham e defendia a seleção brasileira, mas teve problemas de adaptação e sumiu do mapa. O retorno só se deu no Guangzhou Evergrande a partir de 2015, marcando um gol em seis jogos na Liga dos Campeões da Ásia daquele ano. Em 2016, Paulinho fez nove gols em 40 jogos e será peça importante na atual temporada, já que os chineses anseiam recuperar a taça continental.

————————————————————–

Rhayner (Kawasaki Frontale/Japão)

Times importantes. Náutico, Fluminense, Bahia, Vitória e Ponte Preta

O atacante de 26 anos começou na base do Grêmio Prudente/SP, mas demorou a se destacar. A primeira vez que teve sequência foi no Náutico em 2012, mas ficou conhecido como o atacante que não faz gols, já que não marcou nenhum pelos pernambucanos. Mesmo assim foi para Fluminense e Bahia, nos quais continuou com regularidade e poucos gols. A história de Rhayner melhorou muito com a camisa do Vitória, com oito gols em 42 jogos, que o levaram para a Ponte Preta. Mesmo com duas bolas nas redes em 37 partidas, o atacante se transferiu ao Kawasaki Frontale, seu primeiro time no exterior. Detalhe que ele pertence ao Tombense/MG, time de Eduardo Uram, e foi emprestado para todos esses times.

————————————————————–

Ramires (Jiangsu Suning/China)

Times importantes. Cruzeiro e Chelsea

Na Liga dos Campeões. Nenhum gol em cinco jogos

Meia de 29 anos no Joinville, time que o revelou, Ramires passou a ser volante no Cruzeiro, continuou a fazer gols e chamou a atenção da Europa, indo primeiro para o Benfica e depois para o Chelsea, que defendeu por seis anos – 52 jogos na seleção brasileira. Mesmo com 28 anos, Ramires aceitou a grana do futebol chinês (foi contratado por 25 milhões de libras, era reserva no Chelsea) e foi titular absoluto em sua primeira temporada no Jiangsu Suning. Deve ajudar na Liga dos Campeões da Ásia, inclusive com gols.

————————————————————–

Alex Teixeira (Jiangsu Suning/China)

Times importantes. Vasco da Gama

Na Liga dos Campeões. Dois gols em seis jogos

 Revelado no Vasco, o meia-atacante de 27 anos começou tão bem que todo mundo via futuro nele na seleção, ainda mais depois de defender as equipes sub-15, sub-17 e sub-20. Porém, Alex Teixeira se rendeu ao dinheiro do Shakhtar Donetsk (Ucrânia) e passou seis anos enchendo os bolsos e sumido. O Jiangsu Suning inflacionou o mercado ao gastar 50 milhões de euros no jogador, que precisará corresponder na Liga dos Campeões da Ásia 2017, já que no ano passado marcou poucos gols no torneio. No geral, são 14 gols em 37 partidas em 2016, números muito bons para um jogador de sua posição.

Os conhecidos

Sandro Manoel (Al Fateh/Arábia Saudita)

Times importantes. Cruzeiro, Santa Cruz e Ceará

Revelado no Náutico, o volante foi contratado pelo Cruzeiro bem jovem, mas nunca se firmou e acabou emprestado para vários times menores de Minas Gerais. Sua carreira começou a entrar nos trilhos em 2012, quando chegou ao Santa Cruz/PE e participou da arrancada à elite nacional sendo campeão da Série C 2013 e bicampeão estadual em 2012 e 2013. Contratado pelo Ceará, no qual foi titular na Série B, chamou a atenção no Al Taawon (Arábia Saudita). Sem muito sucesso, foi emprestado ao Al Fateh e vai estrear na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Léo Silva (Kashima Antlets/Japão)

Times importantes. Cruzeiro. Botafogo e Portuguesa/SP

O volante de 31 anos é da base da URT/MG, mas começou a carreira profissional no Cruzeiro. Depois de duas temporadas com algumas chances, ele não continuou e acabou emprestado para Ipatinga/MG, Botafogo/RJ e Guaratinguetá/SP, sendo titular absoluto nos dois últimos. Antes de deixar o Brasil, Léo Silva ainda defendeu a Portuguesa por 59 jogos em 2012, mas se transferiu ao Albirex Niigata (Japão). Depois de quatro anos, ele está no Kashima Antlers, vice-campeão mundial, mas vai estrear na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Pedro Júnior (Kashima Antlets/Japão)

Times importantes. Vila Nova/GO e Grêmio

Na Liga dos Campeões. Nenhum gol em um jogo

Grande promessa da base do Vila Nova/GO, o atacante de 30 anos chamou a atenção bem cedo e foi para  o Grêmio junto de seu companheiro Paulo Ramos (falecido). O empréstimo não surtiu efeito e Pedro Júnior também não rendeu com as camisas de Cruzeiro e São Caetano/SP. Mesmo assim, ele ficou cinco anos no Japão, voltou para jogar por Sport Recife e Vila Nova, e o bom futebol reapareceu (nove gols em 17 jogos). Em novo retorno para a Ásia, o atacante defendeu Jeju United (Coreia do Sul) e Vissel Kobe (Japão), marcando muitos gols. Por isso foi contratado pelo Kashima Antlers.

————————————————————–

Alan Carvalho (Guangzhou Evergrande/China)

Times importantes. Fluminense

Na Liga dos Campeões. Nenhum gol em um jogo

Revelado na base do Guarani/SP, o atacante de 27 anos ainda se transferiu para o Londrina/PR, mas só começou a carreira profissional no Fluminense. No primeiro ano (2008) ele não rendeu, mas tudo mudou em 2009 e 2010, com titularidade e 20 gols em 69 partidas. O destaque o levou para o futebol europeu, e Alan Carvalho continuou em lua de mel com as redes pelo Red Bull Salzburg (Áustria). Ele poderia ter sonhado com um time grande do continente, mas preferiu os milhões do futebol chinês em 2015, quando passou a defender o Guangzhou Evergrande.

————————————————————–

Elsinho (Kawasaki Frontale/Japão)

Times importantes. Vasco e América Mineiro

Natural de Rondônia, o lateral-direito que também atua no meio-campo tem 27 anos e passou por diversos times menores, até chegar ao Figueirense/SC. Contratado pelo Vasco, Elsinho teve só 14 oportunidades de mostrar seu futebol, pois se machucava muito. O América Mineiro apostou no atleta em 2013 e ele ficou até 2014, quando teve certo destaque na Série B. Por isso o Kawasaki Frontale o levou para o futebol japonês em 2015, time em que ele está até hoje e costuma fazer gols: já são 18 bolas nas redes em 85 partidas, mas pena que ele fraturou a tíbia e está fora da 1ª fase da Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Eduardo Neto (Kawasaki Frontale/Japão)

Times importantes. Bahia, Botafogo e Avaí

Zagueiro e volante, o jogador de 28 anos começou na base do Bahia e estreou como profissional com apenas 17 anos, quando o time estava na Série C em 2007. O destaque chamou a atenção do Botafogo, mas Eduardo viveu altos e baixos nos três anos de clube, chegando a atuar em diferentes posições e 29 vezes em 2009. Ele conseguiu espaço no Sporting Braga (Portugal), sua grande chance na carreira, mas chegou a um treino alcoolizado e foi dispensado, voltando ao Brasil para defender o Vitória/BA. Passou ainda por ABC e futebol ucraniano e voltou a se destacar muito com a camisa do Avaí, sendo titular absoluto. Está no Kawasaki Fonrtale desde 2016 e vai estrear na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Ademilson (Gamba Osaka/Japão)

Times importantes. São Paulo

Na Liga dos Campeões. Dois gols em cinco jogos

O atacante de 23 anos foi formado pelo São Paulo e se destacou como um dos protagonistas do título da Copa São Paulo 2010. Teve boas atuações pelo clube já no elenco profissional, mas também viveu maus momentos e nunca foi unanimidade – chegou a fazer 100 jogos no clube, com poucos gols. Sem muito espaço, acabou emprestado para o futebol japonês, primeiro ao Yokohama Marinos e depois para o Gamba Osaka em 2016, pelo qual fez 13 gols em 40 jogos. Em 2017 já tem um gol em uma partida e pode ajudar na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Magno Cruz (Jeju United/Coreia do Sul)

Times importantes. Vasco e Bahia

O atacante que atua também pelo meio-campo fez base no Cruzeiro, chegou a jogar no Joinville, mas só teve regularidade no Brasil de Pelotas/RS em 2009. Após 14 jogos, Magno Cruz ficou dois anos no Vasco sem destaque, tanto que foi emprestado por quatro anos – também jogou no Ceará alguns meses. O jogador só foi protagonista mesmo no Bragantino/SP, na organização do meio-campo. Isso lhe rendeu seis meses na Tunísia e no Cerezo Osaka (Japão), quando ele voltou ao Brasil para ajudar o Atlético Goianiense a ser campeão da Série B 2016. Seus 11 gols em 50 jogos o levaram para o Jeju United.

————————————————————–

Os desconhecidos

Róbson Januário (Esteghlal/Irã)

Times importantes.  Bahia

Revelado no Bahia e ainda pertencente ao clube, que o emprestou ao Esteghlal, o zagueiro Róbson Januário tem 23 anos, mas foi titular da equipe em 2015 com 27 partidas na Série B e esteve no Kawasaki Frontale (Japão). Sua estreia na Liga dos Campeões da Ásia foi justamente na fase preliminar, na qual atuou por 120 minutos no empate sem gols com o Al Sadd.

————————————————————–

Leandro Padovani (Esteghlal/Irã)

Times importantes. Gama e Brasiliense

Na Liga dos Campeões. Dois gols em 22 jogos

O experiente zagueiro de 34 anos começou no Gama, defendeu Brasiliense e Bahia, mas se encontrou no futebol asiático. Desde 2012 ele defende times iranianos, estava no Sepahan em 2015/16 e vai trazer sua experiência no torneio ao tradicional clube iraniano. Na Série A do Brasil, ele só jogou uma vez: 21 de maio de 2005, quando o Brasiliense perdeu do Fortaleza por 2 a 0 fora de casa – 26 minutos em campo.

————————————————————–

Leonardo Pereira (Al Jazira/Emirados Árabes)

Times importantes. Desportiva/ES e Jeonbuk Motors

Na Liga dos Campeões. 14 gols em 39 jogos

Meia revelado na Desportiva/ES, Leonardo Pereira foi para a Europa no mesmo ano e jogou sete temporadas no futebol grego, as últimos três no AEK Athens. Contratado pelo Jeonbuk Motors em 2012, o jogador de 30 anos marcou 49 gols em 184 partidas no time sul-coreano, disputou o Mundial de Clubes 2016, mas saiu por causa da punição. Vai ser peça importante do Al Jazira, seja por sua experiência na Liga dos Campeões da Ásia (vai para a quinta temporada), seja por seu bom momento.

————————————————————–

Aílton Almeida (Al Jazira/Emirados Árabes)

Times importantes. Atlético Mineiro

Na Liga dos Campeões. Seis gols em 10 jogos

Cria da base do Atlético Mineiro, o atacante de 32 anos nunca atuou na equipe e foi direto para o futebol sueco em 2004. Com muitos gols no Örgryte, Aílton se transferiu para o Copenhagen/Dinamarca), manteve a média e foi para o APOEL (Chipre), participando da histórica classificação às quartas de final da Champions League. Depois de três anos na Rússia, Aílton Almeida chegou ao Al Hilal (Arábia Saudita) e fez seis gols em dez jogos, chamando a atenção do Al Jazira, no qual é goleador e titular absoluto.

————————————————————–

Nathan Júnior (Al Fateh/Arábia Saudita)

Times importantes. Flamengo (base)

O atacante de 27 anos começou na base do Flamengo, mas saiu ainda no sub-16 para a base do Anorthosis Famagusta (Chipre). Sua profissionalização ocorreu apenas no Skonto Riga, maior time da Letônia, local para onde ele aceitou ir sonhando em se destacar para se transferir ao futebol russo, caminho de muitos brasileiros. Fez 17 gols em 14 jogos e passou a defender times de Áustria, Geórgia e Rússia. Explodiu de fato no Tondela (Portugal), fazendo 13 gols em 36 jogos e salvando o time do rebaixamento. Por isso está no Al Fateh.

————————————————————–

Luiz Mairton (Lekhwiya/Catar)

Times importantes. Uniclinic/CE

Na Liga dos Campeões. Dois gols em 37 jogos

Totalmente desconhecido no Brasil, o meia passou rapidamente pelo Uniclinic/CE e se transferiu ao futebol do Catar ainda em 2010 para defender o Lekhwiya. Já são sete temporadas no clube, mas só a última (2015/16) como titular. Por causa disso, Luiz Mairton é naturalizado catariano, já defendeu a seleção cinco vezes e é capitão do Lekhwiya.

————————————————————–

Caio Fernandes (Al Ain/Emirados Árabes)

Times importantes. São Paulo (base)

Na Liga dos Campeões. Dois gols em 12 jogos

O ainda jovem meia de 22 anos começou na base do São Paulo, mas atuou apenas no sub-15 e no sub-17. Seu início profissional foi com a camisa do Kashima Antlers (Japão), pelo qual marcou 27 gols em 100 jogos. O desempenho resultou em vaga no elenco do Al Ain, gigante dos Emirados Árabes Unidos. E, apesar da idade, Caio já mostra serviço: 14 gols em 31 jogos.

————————————————————–

Nathan Otávio (Al Rayyan/Catar)

Times importantes. Nenhum

Na Liga dos Campeões. Nenhum gols em 17 jogos

O zagueiro de 26 anos nunca atuou no Brasil e está no Catar desde 2010, sempre defendendo o Al Rayyan, pelo qual já até caiu para a 2ª divisão. Nascido em Toledo, no Paraná, ele é naturalizado catariano desde outubro de 2013, já que para isso basta residir no país por cinco anos. Ele nunca jogou na seleção, mas pelo menos não ocupa a vaga de estrangeiro.

————————————————————–

Carlos Eduardo (Al Hilal/Arábia Saudita)

Times importantes. Fluminense/RJ

Na Liga dos Campeões. Quatro gols em 10 jogos

Revelado no Desportivo Brasil/SP, o meia de 27 anos foi emprestado para vários clubes, dentre eles Fluminense/RJ e Estoril/Portugal, com o objetivo de ser negociado. Ele se destacou no futebol português, foi comprado pelo Estoril e ainda defendeu Porto e Nice (França), no qual também atuou a contento. Por isso, Carlos Eduardo conseguiu contrato com o Al Hilal e desde 2015 defende a equipe.

————————————————————–

Léo Bonatini (Al Hilal/Arábia Saudita)

Times importantes. Cruzeiro e Goiás

Revelado na base do Cruzeiro, o atacante de apenas 22 anos chegou a jogar Sul-Americano e Mundial sub-17, com seis gols em 13 partidas, tendo uma passagem na base da Juventus. De volta, nem chegou a se profissionalizar no Cruzeiro e foi emprestado para o Goiás, mas não rendeu. Sua carreira deslanchou depois do empréstimo para o Estoril (Portugal), que acabou o contratando em definitivo. Seu empresário é Wagner Ribeiro, que já disse que ele será parceiro de Neymar. Por enquanto, seus 20 gols em 34 jogos em Portugal o levaram para a Arábia Saudita, onde ele vai estrear pela Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Tiago Alves (Al Hilal/Arábia Saudita)

Times importantes. Santos e América Mineiro

Mais um Menino da Vila que não conseguiu espaço no time profissional do Santos. Tiago Alves, atacante de 24 anos, teve algumas oportunidades no início da carreira, mas não as aproveitou e acabou emprestado para Boa Esporte/MG, América Mineiro, Penapolense/SP e Paraná. Com seis gols em 26 jogos, chamou a atenção do exterior e rumou para a Coreia do Sul, país em que fez 17 gols em 44 partidas por Pohang Steelers e Seongnam. Ele pertence à Penapolense e chegou a ser anunciado no Al Wahda (Emirados Árabes), mas acabou indo para o Al Hilal, onde fará sua estreia na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Wellington Bueno (Kashima Antlers/Japão)

Times importantes. Nenhum

O zagueiro de apenas 21 anos nunca jogou no Brasil e atuou no futebol universitário japonês. Profissionalizado no Shimizu S-Pulse em 2014, ele chegou ao Kashima Antlers no início de 2016 e só jogou 11 partidas, mas quer estrear na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Célio Santos (Muangthong United/Tailândia)

Times importantes. Ponte Preta e Avaí

O zagueiro Célio Santos tem 29 anos e passou pela Ponte Preta em 2006 e 2007, mas não teve oportunidades. Acabou sendo emprestado para times menores e rumou ao exterior em 2010, defendendo equipes de China, Moldávia, Ucrânia, Romênia, Irã e Emirados Árabes. Sua única passagem mais firme no futebol brasileiro foi com a camisa do Avaí/SC em 2016, com 12 partidas, sendo seis na Série B. Depois de atuar na Coreia do Sul, está na Tailândia e ainda é naturalizado por Timor Leste, embora nunca tenha defendido a seleção.

————————————————————–

Maurinho (FC Seoul/Coreia do Sul)

Times importantes. Internacional e Criciúma

O atacante de 27 anos começou no Metropolitano/SC e chegou rápido ao Internacional, mas teve só cinco oportunidades (dois gols). Após perambular por times menores emprestado, ficou sem contrato e voltou ao Metropolitano, onde chamou a atenção do Criciúma. Desde 2014, Maurinho jogou 41 vezes e planejava começar a temporada 2017 no interior catarinense, mas recebeu proposta e foi emprestado pela terceira vez, já que havia atuado por Oeste/SP e Jeonnan Dragons (Coreia do Sul). Fará sua estreia na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Rafael Silva (Urawa Red Diamonds/Japão)

Times importantes. Corinthians (base) e Coritiba

Revelado no Corinthians, o atacante de 24 anos (também atua como meia) se transferiu para o Coritiba e completou a base lá. A profissionalização foi em 2012, e Rafael Silva teve 20 partidas na equipe, mas marcou só um gol. Negociado com o Lugano (Suiça), deixou o Brasil e até hoje não voltou. Após duas temporadas, rumou para o Albirex Niigata (Japão), teve muito destaque ao fazer 25 gols em 55 partidas em dois anos e se mudou para o Urawa Red Diamonds, pelo qual esperar ajudar na Liga dos Campeões da Ásia, que disputará pela primeira vez.

————————————————————–

Roberto Orlando (Eastern/Hong Kong)

Times importantes. Santos e Paysandu

Zagueiro já experiente (tem 33 anos), Roberto começou na base do Santos, mas nunca defendeu a equipe e chegou a ser emprestado para Paysandu, São Carlos/SP e outros times, também sem chamar a atenção. O jogador se reencontrou na carreira apenas em Hong Kong, país para o qual rumou em 2007 e está até hoje. São dez anos na Ásia, tempo suficiente para ele conseguir a naturalização honconguesa. Roberto já até participou das eliminatórias 2018 e tem seis partidas na seleção, estando há três anos no clube atual.

————————————————————–

Diego Eli (Eastern/Hong Kong)

Times importantes. Nenhum

De carreira por times menores do Brasil, o meia de 28 anos teve passagens rápidas por Londrina/PR e Caxias/RS e defendeu times pequenos do Rio Grande do Sul, saindo do país em 2012 rumo a Hong Kong. Já são quatro anos no Eastern e dois gols em 12 jogos em 2017.

————————————————————–

Michel Lugo (Eastern/Hong Kong)

Times importantes. Nenhum

Revelado no Inter de Santa Maria/RS, o atacante de 29 anos acumula passagens no interior gaúcho por times pequenos como o Bagé/RS, com rápida estada no Paços Ferreira (Portugal). Desde 2013 em Hong Kong, foi para o Sun Hei quando estava livre, fez seis gols em 16 jogos e se transferiu para o Eastern, onde faz sua terceira temporada. Marcou três gols na última partida, goleada sobre o sub-19 do Guangzhou R&F no Campeonato Honconguês.

————————————————————–

Giovane Alves (Eastern/Hong Kong)

Times importantes. Nenhum

Atacante veterano, Giovane tem 34 anos e começou no Marcílio Dias/SC, passando por outros times do interior catarinense como Brusque e Atlético Ibirama. Sua primeira passagem em Hong Kong foi no Sun Hei entre 2006 e 2009, com volta para SC e alguns meses na China. Desde meados de 2010 em Hong Kong, Giovane Alves chegou ao Eastern em 2013 e tem feito muitos gols: são 48 bolas nas redes em 69 partidas. Faz sucesso no país.

————————————————————–

Johnathan Goiano (Suwon Bluewings/Coreia do Sul)

Times importantes. Goiás e Sport Recife

O atacante de 26 anos é formado no Goiás, mas teve apenas 13 partidas em três anos e nunca marcou gols.  Depois de defender times de pouca expressão, ele marcou três vezes em quatro jogos no Central/PE, se transferindo para o Daegu (Coreia do Sul), na 2ª divisão. Num torneio mais fraco, Johnathan Goiano mostrou serviço com 40 gols em 68 jogos, que o levaram rapidamente ao Sport Recife em 2016, mas não convenceu (sem gols em sete partidas) nos cinco meses, chegando ao Suwon Bluewings em alto estilo: 12 gols em 16 jogos.

————————————————————–

Santos Júnior (Suwon Bluewings/Coreia do Sul)

Times importantes. Nenhum

Na Liga dos Campeões. Dois gols em 13 jogos

Atacante revelado no CRB, Santos Júnior só defendeu times menores do Brasil (Cascavel/PR, Londrina/PR, Santa Rita/AL), mas se destacou no Jeju United (Coreia do Sul) entre 2010 e 2012, com 38 gols em 85 jogos. Após passagem apagada na China, o jogador de 31 anos defende o Suwon Bluewings desde 2013 e tem boa média de bolas nas redes, com 40 gols em 105 partidas. Pode ajudar na Liga dos Campeões da Ásia.

————————————————————–

Fábio Aguiar (Gamba Osaka/Japão)

Times importantes. Nenhum

Na Liga dos Campeões. Sem gols em quatro jogos

O zagueiro Fábio Aguiar, 27 anos, começou no pequeno Tigres do Brasil/RJ, mas jogou mais vezes pelo Duque de Caxias/RJ em 2011 e 2012. Porém, no meio da temporada se transferiu para o futebol japonês e nunca mais deixou o país. Foram quatro anos no Yokohama Marinos até ele chegar ao Gamba Osaka em 2017.

————————————————————–

Marcelo Toscano (Jeju United/Coreia do Sul)

Times importantes. América Mineiro

O meia-atacante começou no Paulista de Jujndiaí/SP, teve algum destaque no Paraná Clube, tanto que se transferiu para o Vitória de Guimarães (Portugal), onde ficou três anos. Na volta ao Brasil, Marcelo Toscano era desconhecido e precisou encontrar seu espaço. Perambulou por cinco times menores, quando foi artilheiro do Mirassol/SP na Série A2 estadual. Isso chamou a atenção do América Mineiro, que o trouxe para a Série B 2015. Seus 14 gols em 37 jogos ajudaram muito a equipe no acesso, mas Toscano nem pensou em continuar no clube, pois recebeu proposta salgada do Jeju United, onde teve 11 gols em 37 jogos em 2016. É sua grande chance de aparecer.

————————————————————–

João Carlos (Al Jazira/Emirados Árabes)

Times importantes.  Vasco da Gama

Veterano zagueiro de 35 anos, João Carlos foi revelado no Vasco em 2001, passou quase duas temporadas e rumou para o futebol europeu. Foram longos 13 anos fora do país com as camisas de CSKA Sófia (Bulgária), Lokeren e Genk (Bélgica) e Anzhi Kakhchkala e Spartak Moscou (Rússia), até o retorno ligeiro para o Vasco. Após um ano e meio no Lokeren, João Carlos chega ao Al Jazira com status de titular e com a missão de melhorar a defesa.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede