Liga Inglaterra 1ª Divisão - Plano Tático

Jamie Vardy pode quebrar tabu dos ingleses artilheiros na Premier League

O Leicester City é a grande surpresa da Premier League 2015/16, pois ninguém esperava que o 14º colocado da temporada anterior pudesse brigar pelo título após 23 rodadas. Mais do que isso: o time lidera a competição com 47 pontos, três a mais que os gigantes Manchester City e Arsenal, cujos valores de elenco ultrapassam em até cinco vezes o do Leicester City.

Evidentemente, vários jogadores são responsáveis pela ótima campanha da equipe, assim como o outrora ultrapassado técnico italiano Claudio Ranieri. Porém, os torcedores do Leicester City sabem que há um atleta que se destaca: trata-se do atacante inglês Jamie Vardy, 29 anos, que sempre havia defendido times pequenos da Inglaterra antes de chegar ao Leicester City, que o comprou por 70 mil libras junto ao Fleetwood Town em 2012, hoje na terceira divisão local, mas na época um time de quinta divisão.

Faltando 15 rodadas para o fim da Premier League, Jamie Vardy foi titular em todas as partidas do Leicester City até aqui na competição, com 16 gols anotados, nove em sete rodadas seguidas, o primeiro jogador a alcançar tal feito na história do futebol inglês na mesma temporada. Jamie Vardy tem um gol a mais que o atacante belga Romelu Lukaku (Everton), dois à frente do nigeriano Odion Ighalo (Watford) e três de vantagem para o compatriota Harry Kane (Tottenham) e o companheiro de time Riyad Mahrez.

Imagem de Amostra do You Tube

A disputa pela artilharia da Premier League será bastante acirrada e Jamie Vardy não carrega apenas a esperança dos torcedores do Leicester City de ver novamente um jogador da equipe artilheiro na elite local, como ocorreu com Gary Lineker em 1984/85 – 24 gols ao lado de Kerry Dixon, do Chelsea. Jamie Vardy é a esperança de toda a Inglaterra, já que o país não tem um jogador no topo dos marcadores da Premier League há 16 anos…

A perda de espaço dos ingleses na Premier League

A introdução da Premier League aconteceu em 1992/93 e, nas primeiras temporadas, os jogadores ingleses dominavam a tabela de artilheiros. Craques dos naipes de Teddy Sheringham (Nottingham Forest e Tottenham), Andy Cole (Newcastle United e Manchester United) e o grande Alan Shearer, três vezes artilheiro na primeira metade dos anos 1990, levaram a Bola de Ouro, mas a cada ano os estrangeiros diminuíam a distância para os locais.

O primeiro não inglês a ser artilheiro da Premier League foi o atacante holandês Jimmy Floyd Hasselbaink (nasceu em Suriname, jogou no Atlético de Madrid e no Chelsea, parando em 2008), que defendia o Leeds United em 1998/99 e dividiu o prêmio com Michael Owen e Dwight Yorke. A partir dos anos 2000, Thierry Henry, Ruud Van Nistelrooy, Didier Drogba, Cristiano Ronaldo, entre outros, passaram a vencer a disputa com os ingleses.

O último suspiro nativo foi do desconhecido atacante inglês Kevin Phillips, que em 1999/00 marcou 30 gols com a camisa do Sunderland, sete à frente de Alan Shearer. Mas quem é ele? É o que você, caro Apaixonado por Futebol Alternativo, vai saber a partir de agora!

Kevin Phillips, o último inglês artilheiro da Premier League

Kevin Phillips demorou a decolar na carreira. Quando ainda era um jovem de 16 anos, o atleta era considerado baixo demais para ser atacante e atuava de zagueiro no Southampton, no qual fez seis anos de divisões de base. Dispensado por não ter agradado, Kevin Phillips teve de se contentar em defender o pequeno Baldock Town, hoje na décima divisão inglesa.

E aí sua vida mudou: ainda como defensor, o time teve vários jogadores de ataque machucados e seu treinador decidiu colocá-lo lá na frente. Kevin Phillips marcou duas vezes na estreia como atacante e se destacou, chamando a atenção do Watford, que em meados dos anos 1990 era um time de primeira divisão.

Mesmo tendo ficado um ano sem atuar por causa de lesão nos ligamentos e com o Watford rebaixado à segunda divisão, o atacante se destacou e foi contratado pelo Sunderland em julho de 1997, por mais de 600 mil libras. Também na segunda divisão, Kevin Phillips chegou a anotar quase 30 gols numa temporada e ajudou a equipe a ganhar a competição de 1998/99 com 105 pontos em 46 rodadas (31v, 12e, 3d), bem à frente dos adversários.

Na Premier League, esperava-se que Kevin Phillips não marcasse tantos gols diante de times mais fortes, mas ele superou todas as expectativas. Numa grande campanha, o Sunderland somou 58 pontos em 38 jogos (16v, 10e, 12d), ficando no sétimo lugar (a melhor campanha anterior havia sido a quarta posição em 1954/55), não indo para a antiga Copa Intertoto por causa do saldo de gols.

Claro, Kevin Phillips foi o herói: balançou as redes em 30 oportunidades, tornando-se o último artilheiro inglês da Premier League e único atleta do pais a levar a Chuteira de Ouro Europeia, condecoração que existe desde 1967/68. No auge, ele começou a ser convocado para a seleção e a expectativa é que mantivesse a boa fase. Porém, o tempo foi passando e Kevin Phillips não conseguiu ser o homem-gol do Sunderland.

Os 30 gols de Kevin Phillips na Premier League 1999/00

Imagem de Amostra do You Tube

O casamento entre clube e atleta durou até 2002/03, quando o Sunderland foi rebaixado à segunda divisão. Kevin Phillips se despediu da seleção inglesa com oito convocações e nenhum gol – atuou em 1999 e 2002, sendo reserva não utilizado na Eurocopa 2000. Ele ainda teve bons momentos na carreira na segunda divisão com o West Bromwich Albion em 2007/08, ao marcar 24 gols em 38 partidas.

Com idade avançada, Kevin Phillips passou a ser reserva, sendo sua última boa temporada em 2011/12, quando fez 17 gols em 45 jogos pelo Blackpool na segunda divisão. O ex-jogador ganhou três vezes o segundo nível da Inglaterra e pendurou as chuteiras com o título do Leicester City no torneio de 2013/14, sendo companheiro de Jamie Vardy.

Kevin Phillips não teve a oportunidade de vestir uma grande camisa, o que pode acontecer com Jamie Vardy. Mas o ex-atleta já terá ficado feliz se o compatriota retomar a artilharia da Premier League para os ingleses, não é mesmo? Será que Jamie Vardy vai conseguir?

Informações

- Jamie Vardy e Kevin Phillips estiveram em campo no mesmo jogo com a camisa do Leicester City por nove partidas em 2013/14, já na parte final da segunda divisão. Jamie Vardy foi titular em todas elas, com quatro gols anotados e 700 minutos em campo, enquanto Kevin Phillips, com 41 anos, foi reserva, com 122 minutos disputados e dois gols marcados. O Leicester City teve seis vitórias e três empates.

- O Sunderland já disputou 83 temporadas na primeira divisão inglesa, 29 vezes na segunda e apenas uma vez na terceira divisão nacional. Foi em 1987/88, quando o Sunderland somou 93 pontos em 46 rodadas (27v, 12e, 7d), nove a mais que o Brighton & Hove Albion, ficando com o título. Wigan Athlletic, Fulham, Notts County e Preston North End foram alguns dos adversários tradicionais.

- Kevin Phillips fez 263 jogos (215 de titular) na Premier League com 93 gols marcados, enquanto Jamie Vardy tem 57 partidas (49 de titular) e 21 gols anotados. Na segunda divisão, são 108 bolas nas redes em 246 partidas de Kevin Phillips e 20 gols em 63 jogos para Jamie Vardy.

- A carreira de Jamie Vardy é mais ou menos parecida com a de Kevin Phillips. A atual estrela do futebol inglês (são quatro convocações para a seleção, sem gols) fez a base no Sheffield Wednesday, mas foi dispensado por ser baixo demais. Enquanto era operário numa fábrica de fibras de carbono com fins medicinais, Jamie Vardy defendia o modesto Stockbridge Park Steels, atualmente na oitava divisão local – ganhava 30 libras por jogo, cerca de R$ 175.

- Em três temporadas, Jamie Vardy marcou 66 gols em 107 jogos, manteve a média no Halifax Town (era da oitava divisão, atualmente joga no quinto nível) e foi parar no Fleetwood Town. O salário do atacante no Leicester City é de 45 mil libras por semana (R$ 263 mil) e vínculo até 30 de junho de 2018, com possibilidades de rumar para Liverpool ou Tottenham ao fim da temporada 2015/16 e até de estar na Eurocopa 2016. Será que ele vai mais longe que seu antigo companheiro?

Mais antigas

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede