Tag - Fabinho - Plano Tático

Champions League 2016/17 tem dois estreantes e cinco gols brasileiros

Estão definidos os 32 participantes da fase de grupos da Champions League 2016/17. Com os jogos de volta dos playoffs, a maior zebra aconteceu no embate entre Ajax (Holanda) e Rostov (Rússia). Além dos russos, outro time vai estrear na fase de grupos da Champions League? DESCUBRA qual é. Entre os brasileiros, destaque para o hat-trick de Raffael de Araújo e a volta por cima do zagueiro Felipe Monteiro, ex-Corinthians. Veja o que de mais importante aconteceu na Champions League 2016/17.

Outros textos da Champions League 2016/17

Lincoln Red Imps | Os estreantes | 1ª fase preliminar

Ida da 2ª fase preliminar | Volta 2ª fase preliminar

Ida da 3ª fase preliminar | Volta da 3ª fase preliminar

Ida dos Playoffs

Os gols brasileiros

Felipe Monteiro, do Porto

Felipe Monteiro já falhou na época de Corinthians, mas se recuperou, teve destaque e agora defende o Porto. Esperavam-se novos tempos, mas eis que o zagueiro brasileiro fez lambança na ida dos playoffs da Champions League, marcando gol contra a favor da Roma. Com o empate de 1 a 1 em casa, a situação do Porto era complicada.

Em solo italiano, porém, os portugueses mandaram muito bem. E foi Felipe Monteiro quem abriu o placar logo aos oito minutos… Em cobrança de falta, a bola foi alçada na linha da pequena área e três jogadores da Roma estavam no lance.

Porém, foi o zagueiro brasileiro que acertou o tempo de bola e a mandou para as redes cabeceando para o chão – o quique matou o goleiro da Roma. Os italianos tiveram dois atletas expulsos, um deles o brasileiro Emerson Palmieri (está emprestado pelo Santos), partiram para cima e levaram mais dois gols. É a 21ª participação do Porto na fase de grupos da Champions League, recorde ao lado de Barcelona e Real Madrid.

Imagem de Amostra do You Tube

Raffael, do Borussia Mönchengladbach

A cria do Juventus/SP (atuou só na base, se profissionalizou na Suiça) já tem quatro gols na Champions League 2016/17 em apenas dois jogos, um atrás dos artilheiros. O meia-atacante Raffael de Araújo, 31, não para de fazer gols e marcou três na goleada de 6 a 1 do Borussia Mönchengladbach (Alemanha) sobre o Young Boys (Suiça), em casa.

O primeiro dele foi aos 33 minutos, quando já estava 1 a 0. Raffael de Araújo recebeu passe açucarado de um adversário que tentou tirar a bola da área, mas falhou, e nem precisou invadir a grande área para chutar forte e rasteiro, acertando o canto do goleiro!

Aos 40 minutos, o brasileiro recebeu excelente passe de um companheiro e, da esquerda, dentro da área, encobriu o goleiro com toda a tranquilidade. No segundo tempo, aos 32 minutos, o Borussia Mönchengladbach vencia por 4 a 0, e Raffael de Araújo recebeu outro passe sensacional, desta vez de Thorgan Hazard, irmão do jogador do Chelsea e também dono de hat-trick no jogo…

Da esquerda, dentro da área, Hazard levantou a bola para Raffael de Araújo, que estava na direita, sem marcação. Ele entendeu, correu na direção da pelota e finalizou de primeira com a perna direita, por baixo do goleiro, que saiu desesperado! Goleada tranquila do Borussia Mönchengladbach, que conta com o brasileiro na fase de grupos da Champions League!

Imagem de Amostra do You Tube

Fabinho, do Monaco

O Monaco (França) já havia vencido o Villarreal (Espanha) na ida fora de casa por 2 a 1, uma vantagem grande. Portanto, cabia aos espanhóis tomar a iniciativa da partida e marcar gols. E isso não aconteceu. O 0 a 0 permaneceu até os 46 minutos da etapa final, quando um jogador do Monaco recebeu passe na esquerda, dentro da área.

Ele foi até a linha de fundo e cruzou para o meio da área, mas a bola não chegou ao destino. Simplesmente porque um jogador do Villarreal deu um carrinho… A pelota nitidamente bate em seu ombro, com o atleta do time visitante de costas, mas o árbitro teve certeza da infração e marcou pênalti.

O jovem lateral-direito brasileiro Fabinho, 22 anos (jogou nas bases de Paulínia/SP e Fluminense/RJ), que já havia marcado de pênalti na ida dos playoffs da Champions League, foi de novo para a marca da cal. Mais tranquilo em razão da classificação iminente, Fabinho colocou a bola no alto, quase no ângulo, sem chance de defesa. Uma ótima cobrança do brasileiro, não é mesmo?

Imagem de Amostra do You Tube

As surpresas

Rostov 4×1 Ajax

Certamente a classificação do Rostov é a maior zebra dos playoffs da Champions League. Os russos disputam seu primeiro torneio europeu e deixaram para trás o gigante holandês Ajax, quatro vezes campeão da Champions League e celeiro de craques incríveis. Na ida já havia dado empate de 1 a 1 em solo holandês, mas na volta o Ajax foi humilhado.

Entregando a posse de bola ao adversário, o Rostov ficou com os contra-ataques e abriu o placar aos 34 do primeiro tempo, com cruzamento na área e cabeçada de Sardar Azmoun no cantinho, sem chance de defesa. O segundo gol surgiu num bate-rebate logo aos sete da etapa final. Meio sem querer, Aleksandr Yerokhin tocou na bola com a perna na linha da pequena área, enganando o goleiro do Ajax, que saía para o lado oposto.

Desesperados, os holandeses se lançaram ao ataque, deixaram espaços (MUITOS!) na defesa e foram ainda mais humilhados… Depois de levar o terceiro, o Ajax sofreu o quarto: num passe sensacional, Dmitry Poloz recebeu bola na intermediária, só tendo o goleiro à frente na área.

Com tranquilidade, o russo se aproximou, deixou o adversário no chão e rolou a bola para as redes. Klaassen diminuiu de pênalti como na ida, mas o Ajax está fora da fase de grupos da Champions League pelo segundo ano seguido.

Imagem de Amostra do You Tube

Legia Varsóvia (Polônia)

Atenta-se que não é zebra nenhuma o Legia Varsóvia eliminar o Dundalk (Irlanda) nos playoffs da Champions League, mas o fato de um time polonês disputar a fase principal do torneio. Desde o Widzew Lodz em 1996/97, uma equipe da Polônia não figurava entre os 32 melhores times da Champions League, algo que deve ser comemorado.

Depois de vencer por 2 a 0 fora de casa, o Legia Varsóvia esperava tranquilidade em seus domínios, mas os anfitriões subestimaram o Dundalk e sofreram um gol aos 19 minutos. Que chutaço de primeira da entrada da área de Robbie Benson, sem deixar a bola tocar a grama!

Assustado, o Legia Varsóvia procurou o gol, mas acabou encontrando um cartão vermelho, o que deixou os 29 mil torcedores ainda mais apreensivos. Porém, mesmo com dez jogadores em campo, os poloneses seguraram a vantagem e empataram aos 46 minutos da etapa final, num contra-ataque. Festa na capital Varsóvia: depois de quatro edições na fase de grupos da Liga Europa, o Legia alcança a etapa principal na Champions League!

Imagem de Amostra do You Tube

Times Alternativos que o Plano Tático acompanhará na fase de grupos da Champions League 2016/17. Ludogorets Razgrad (Bulgária), Rostov (Rússia), Legia Varsóvia (Polônia), Copenhagen (Dinamarca) e Dinamo Zagreb (Croácia).

Resultados dos Playoffs

Grupos da Champions League 2016/17

(clique na imagem abaixo para ampliar)

Mais antigas

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede