Tag - futebol alternativo - Plano Tático

Las Vegas United: time dos EUA chega com pompa, mas desconfiança paira

Já são muitas as histórias de brasileiros que se aventuram na condução de clubes nas divisões inferiores do futebol dos Estados Unidos, o próprio Plano Tático já noticiou várias. A mais recente empreitada é a de Márcio Granada, que comprou o Las Vegas United no fim de 2016 – na temporada passada, o clube não venceu nenhuma partida oficial.

A equipe ainda está na 5ª divisão dos Estados Unidos, a United Premier Soccer League (UPSL), e sonha em alcançar a famosa Major League Soccer, um caminho e tanto a percorrer, já que no país não há rebaixamento e promoção entre as divisões – para subir, a franquia deve cumprir exigências e ter orçamento compatível.

Intimamente ligado ao Brasil desde antes de Granada, o Las Vegas United já fez pré-temporada no interior de São Paulo em 2016, com empate por 1 a 1 diante do Juventus/SP e derrota de 2 a 0 para o São José dos Campos FC. Em 2017, os testes foram na Las Vegas Cup (West Side), um torneio amistoso, que terminou com título do time. Antes de estrear na liga, o Las Vegas United ainda tentou contratar o técnico Emerson Leão, começou a temporada com o treinador Gilson Granzotto, que trabalhou no Gama/DF, mas acaba de anunciar Sangaletti, ex-Corinthians e Inter.

O Las Vegas United estreou no Grupo de Nevada (são seis times de Las Vegas e jogos de ida e volta) com goleada sobre o Real Zamora por 6 a 0 em casa. Na segunda rodada, a equipe humilhou o novo rival Las Vegas City por 5 a 0. Ainda é cedo para falar em sucesso na temporada, mas o começo é promissor. Conheça o Las Vegas United, que ainda busca jogadores renomados e até uma parceria com um tradicional clube pernambucano…

Os brasileiros do Las Vegas United

Evidentemente, Márcio Granada não é o único brasileiro no Las Vegas United. Dentro e fora de campo há compatriotas. Longe das quatro linhas, o ex-zagueiro Edmílson, pentacampeão com a seleção brasileira em 2002, fez parceria com o clube estadunidense e será espécie de porta voz do Las Vegas United nas tratativas com o mercado.

O clube ainda tenta trazer outro pentacampeão, o volante Kléberson, que tem 37 anos e está há quatro no futebol estadunidense – defende o Fort Lauderdale Strikers, ex-time de Ronaldo Fenômeno e Léo Moura. Além de jogar, ele será espécie de garoto propaganda, mas também almeja começar a carreira de treinador no médio de prazo. Ronaldinho Gaúcho, Adriano Imperador e Deco também são ventilados, mas não passa de especulação.

Foto: Reprodução/ Las Vegas United

Por enquanto, o único famoso confirmado é o veterano atacante Araújo (Goiás, Cruzeiro, Sport), 39 anos que ainda não estreou, pois precisou resolver problemas particulares e adiou sua chegada ao clube.

A maioria é de brasileiros desconhecidos, como o jovem goleiro Richard Rocha, 20, o meia-atacante Harison, 28 (Paranavaí/PR, Inter de Lages/SC, Aquidauanense/MS), Kléber Silva, que já defendeu a seleção sub-20 e o Flamengo, além do zagueiro Yago Costa, os meias Dodô e Waltinho, os atacantes Caínan e Bruno Rodrigues, entre outros.

Ainda é cedo para apontar que a iniciativa de Márcio Granada será um sucesso, já que o empresário tem acusações e já foi acionado na Justiça. Só o tempo dirá se o Las Vegas United veio para ficar e vai mesmo jogar a Major League Soccer.

Parceria com o Central/PE

O Las Vegas United escolheu o Central de Caruaru como parceiro, mas o acordo está em risco por causa da grave crise política que o clube atravessa. Fundado em 15 de junho de 1919 (97 anos), o Central nunca ganhou o Campeonato Pernambucano, sendo vice-campeão em 2007.

Nos últimos anos, o clube tem feito más campanhas no Hexagonal Final, como nesta temporada, em que somou só três pontos em dez jogos (1v, 0e, 9d), com nove gols a favor e 28 contra. Há denúncias de falta de comida, os jogadores já fizeram grave por salários atrasados, mas o principal problema é com o presidente Lícius Cavalcanti.

Foto: Mavian Barbosa/ GloboEsporte.com

Em 14 de março, o Central anunciou parceria com o Las Vegas United, e um mês depois um grupo com sócios, conselheiros, ex-presidentes e até torcedores se mobilizou para pedir o afastamento de Lícius Cavalcanti. A proposta é ajudar na gestão se o presidente renunciar ao cargo, o que ele não aceitou.

Num reunião extraordinária em 19 de abril de 2017, o grupo abriu um pedido formal de impeachment contra Lícius Cavalcanti, que tem dez dias para apresentar defesa. Caso não seja aceita, ele é afastado e o vice assume. O grupo alega que o Central ainda não assinou o contrato da parceria com o Las Vegas United. O problema é que Lícius Cavalcanti informa que os salários dos jogadores do Central para a Série D serão pagos pelo time estadunidense, o que pode atrapalhar a campanha da equipe caso a parceria desande.

Por enquanto, há um amistoso entre Central e Las Vegas United marcado para 14 de maio, em Caruaru, no estádio Lacerdão. Ex-jogadores famosos como Marcos Assunção, Edmílson, o volante Amaral e Araújo estão confirmados, mas resta saber se vai haver jogo.

Informações

- A UPSL foi fundada em 2011 e vem crescendo. Em 2017, são 69 times divididos em oito grupos, mas a Conferência Oeste tem duas divisões, com rebaixamento e promoção entre elas, uma novidade nos Estados Unidos. Já há novos grupos esperados em 2018, um feito e tanto para uma liga que começou com apenas dez times no Sudeste da Califórnia. Os vencedores dos grupos se encontram em mata-mata para definir o campeão da liga, que ganha vaga na US Open Cup, a Copa do Brasil dos estadunidenses.

- O torneio é semiprofissional/amador e não faz parte da pirâmide do futebol estadunidense, que comporta três ligas: MSL, NASL e USL – há seis ligas semiprofissionais no país.

- Márcio Granada tem três empresas: Granada Eventos, Granada Sports e MF Granados Sports, que atuam na organização de vários eventos, como Jogos dos Famosos, pré-temporada de clubes, amistosos e torneios internacionais, excursão para o exterior etc. O que move os membros do Conselho Deliberativo do Central contra a parceria com o Las Vegas United é o histórico do presidente…

Márcio Granada já fez amistoso com Ronaldinho Gaúcho e Adriano

Imagem de Amostra do You Tube

- Granada, ex-jogador com passagem na base do Palmeiras e em times pequenos da Alemanha, organizou a excursão do Shakhtar Donetsk (Ucrânia) e Zalgiris Vilinius (Lituânia) ao Brasil em 2015. – veja detalhes. O time encarou Flamengo, Atlético Mineiro, na chamada Granada Cup. Ele conseguiu R$ 1,5 milhão de investidores e entrou com mais R$ 1,5 milhão, mas um deles, Leonardo Romeiro, acionou Márcio Granada alegando lavagem de dinheiro e estelionato, já que recebeu apenas R$ 97 mil dos R$ 250 mil investidos. Um hotel e uma empresa de táxi aéreo reclamaram de falta de pagamento, o que ele nega – afirma que o evento deu prejuízo. O Santos também cobra parte da renda de um jogo. São dez ações judiciais contra Granado desde 2008. Veja todos os detalhes no texto do Globoesporte.

- O Las Vegas United tem um rival na UPSL. Trata-se do Las Vegas City, que era de Márcio Granada, que repassou o time a Rafael Moreno e fundou o Las Vegas United. O clube é de 10 de janeiro de 2016 e ficou com a vaga do Corinthians USA (conheça o clube), que mudou de liga.

Mais antigas

Personagens

Internacionais

Nacionais

Vídeos

Bola na Rede