Brasileiros Campeões na Ásia 2011-12 – Parte 5

Continue acompanhando os brasileiros que conseguiram título nas primeiras divisões da Ásia! Hoje é a vez de mais dois países, um deles bastante exótico para os padrões do futebol! Reveja o que já foi publicado logo abaixo!

Link Parte 1 | Link Parte 2 | Link Parte 3 | Link Parte 4

Japão

Campeão: Kashiwa Reysol (primeiro título)

A equipe entrou no rol dos campeões japoneses depois de uma temporada bastante difícil. Nos seis jogos iniciais, o time teve apenas uma derrota, 2 a 1 para o Montedio Yamagata, fora de casa, ficando na quarta posição, a dois pontos dos líderes. A seguir, cinco jogos de invencibilidade levaram o Kashiwa Reysol ao segundo lugar, empatado com o Yokohama Marinos em 31 pontos, após 15 partidas. Até mesmo três derrotas em cinco jogos não deixaram a equipe perder contato com os líderes, disputa que se deu até o final.

A seis rodadas do término, a diferença do terceiro colocado Kashiwa Reysol para o líder Gamba Osaka estava em um ponto, mas a série de cinco triunfos consecutivos colocou o clube na liderança, dois pontos na frente, faltando três jogos. O título veio na última rodada, na vitória de 3 a 1 sobre o Urawa Red Diamonds, fora de casa, que manteve o Kashiwa Reysol com um ponto de vantagem. No total, foram 72 pontos (23v, 3e, 8d), com o melhor ataque sendo do Gamba Osaka, terceiro, com 70 pontos (78 gols), enquanto a melhor defesa ficou com o Vengalta Sendai, quarto colocado, com 56 pontos (25 gols).

Liga dos Campeões da Ásia: Kashiwa Reysol, Nagoya Grampus Eight e Gamba Osaka  (Fase de Grupos)

Rebaixados: Ventforet Kofu, Avispa Fukuoka e Montedio Yamagata

Promovidos: FC Tokyo, Sagan Tosu e Consadole Sapporo

Leandro Domingues Barbosa (28 anos): natural de Vitória da Conquista, interior da Bahia, o habilidoso meia direita começou a carreira pelo Vitória (Bahia). Após seis temporadas no clube, Leandro Domingues teve a grande chance, indo defender o Cruzeiro (Minas Gerais), mas nos dois anos em que lá esteve não agradou muito, voltando ao Vitória.

Passou ainda pelo Fluminense (Rio de Janeiro) e se transferiu para o Kashiwa Reysol, em 2009. Na temporada, o atleta atuou 30 vezes na liga nacional, todas como titular, marcando 15 gols (terceiro artilheiro do campeonato, quatro atrás do atacante australiano Joshua Kennedy) e ficando em campo por 2.555 minutos. Ele está confirmado em 2012.

Jorge Wagner Goes Conceição (33 anos): baiano de Feira de Santana, o habilidoso meia canhoto começou no Bahia (Bahia), em 1996. Cinco boas temporadas o levaram ao Cruzeiro (Minas Gerais), onde ficou por dois anos, até ganhar contrato com o Lokomotiv Moscou (Rússia). Após um ano voltou ao Brasil e defendeu o Corinthians (São Paulo), por empréstimo, retornando à Rússia.

Jorge Wagner ainda jogou dois anos no Internacional (Rio Grande do Sul), um pelo Bétis (Espanha) e mais quatro anos no São Paulo (São Paulo), quando aceitou proposta do Kashiwa Reysol, em 2011. Na temporada, foram 31 partidas, duas vindo do banco de reservas, com 11 gols e 2.503 minutos em campo. O brasileiro continua no clube em 2012.

Nelson Baptista Júnior “Nelsinho Baptista” (62 anos): técnico de futebol desde 1985, dois anos depois de encerrar a carreira de lateral-direito, Nelsinho Baptista acumula vários títulos no currículo, como o Campeonato Brasileiro Série A de 1990 (Corinthians), Copa do Brasil 2008 (Sport), entre outros. Desde 2009 no Kashiwa Reysol, Nelsinho venceu a segunda divisão do Japão de 2010 e agora levanta a elite nacional pela terceira vez – venceu também em 1994 e 1995. O brasileiro foi eleito o treinador de 2011 no Japão e continua no clube para 2012.

Quirguistão

Campeão: Dordoi Bishkek (sexto título)

O maior clube do país começou muito bem a liga nacional, com três vitórias, um empate e uma derrota, de 3 a 0 para o Abdish Ata Kant, fora de casa, liderando o certame, com dez pontos, empatado com outros dois adversários. Na metade da temporada, sequência de quatro vitórias permitiu ao Dordoi Bishkek abrir seis pontos de vantagem para o segundo colocado, Neftchi Kochkor Ata, faltando nove rodadas para o fim.

Apesar de nova derrota para o Abdish Ata Kant, por 3 a 2, fora de casa, o Dordoi Bishkek impôs nova série de quatro vitórias e levantou a taça matematicamente na penúltima rodada, quando a diferença estava em sete pontos. No total, foram 48 pontos em 20 rodadas (15v, 3e, 2d) – quatro turnos –, sete de vantagem para o Neftchi Kochkor Ata, além dos melhores ataque (54 gols) e defesa (12 gols) da temporada.

AFC Presidents Cup: Dordoi Bishkek

Rebaixado: Issyk Kul

Promovidos*: Dinamo Bishkek, Ala Too Naryn, Khimik Kara Balta e FC 95 Bishkek

* a federação local aumentou o número de clubes de seis para oito.

Jancarlos Israel Previato (19 anos): o jovem meia brasileiro iniciou a carreira no Olé Brasil (São Paulo), que o emprestou ao Dordoi Bishkek em 2011. Não se sabe quantos jogos e gols Jancarlos Israel fez na temporada, mas ele está confirmado em 2012.

Bruno Moreira Freitas (19 anos): também meia oriundo do Olé Brasil, Bruno Moreira foi emprestado ao Dordoi Bishkek em 2011, e continua no clube em 2012. Não há informações sobre número de jogos e gols do atleta na temporada.

Anderson Willian Franco de Souza (20 anos): um ano mais velho do que seus companheiros, o atacante Anderson Willian também é da base do Olé Brasil e está em seu segundo ano de intercâmbio no Dordoi Bishkek. Não há informações sobre jogos e gols do brasileiro.

A série Brasileiros Campeões na Temporada 2011-12 faz uma pausa no fim de semana e volta a todo vapor na segunda-feira próxima, com mais brasileiros levantando taça na Ásia! Até lá!

Link Parte 6

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required