Les Herbiers na Copa da França: o sonho da pequena zebra

A façanha do Les Herbiers é tremenda Foto: Stephane Mahe/ Reuters

7 de outubro de 2017. Naquele dia, um jogo bem obscuro foi disputado pela 5ª fase da Copa da França. O JS Coulaines, da 6ª divisão local, atuou em casa, mas não conseguiu vencer. Pior, levou de 4 a 1 do igualmente desconhecido Les Herbiers. Mal se sabia, mas o vencedor daquela partida está sob os holofotes cerca de seis meses depois.

Atual nono colocado na 3ª divisão do Campeonato Francês, o Les Herbiers tem 36 pontos em 29 jogos (8v, 12e, 9d), nove atrás dos playoffs de promoção, mas apenas três acima da zona de rebaixamento. É esse modesto time que vai tentar o maior feito de sua longa história de quase 100 anos (é de 1919): superar o todo poderoso PSG na final da Copa da França 2017/18!

Mas a caminhada do Les Herbiers até o grande jogo do próximo dia 8 de maio, no histórico Stade de France, em Paris, foi bastante longa. Conheça todos os detalhes da honrosa campanha do Les Herbiers na Copa da França, além de curiosidades sobre o clube e seus jogadores. Boa leitura!

A campanha na Copa da França

Les Herbiers e Copa da França certamente não combinam. Das 101 edições do torneio, o clube disputou apenas 17, a primeira lá em 1974/75, quando parou na 7ª fase. Desde 2007/08, no entanto, o Les Herbiers vem participando da competição religiosamente (11 anos seguidos), mas nunca havia passado da fase de 16 avos de final.

A primeira vez que a equipe foi tão longe ocorreu em 1999/00, quando o Les Herbiers levou de 4 a 0 do Stade Rennais, na época na elite francesa. Na temporada passada (2016/17), o time repetiu a campanha de 17 anos atrás e deu trabalho para o Guingamp: sofreu 1 a 0 no segundo tempo, empatou nos acréscimos e levou para a prorrogação, sucumbindo a seis minutos do fim – 4.600 pessoas estiveram no Stade Massabielle, que tem 5 mil lugares.

Parecia impossível para um time da 3ª divisão ir muito mais longe, mas o Les Herbiers fez muito mais do que eliminar um adversário da 6ª divisão na Copa da França 2017/18. O desafio da 6ª fase foi teoricamente mais difícil: diante do Voltigeurs de Châteaubriant, da 5ª divisão, a equipe teve de jogar a prorrogação, mas goleou o oponente por 5 a 1, fora de casa.

A torcida do Les Herbiers está empolgada com o time Foto: Stephane Mahe/ Reuters

A partir daí, o Les Herbiers ingressou na fase nacional da competição, representando a região de Pays de la Loire, localizada no noroeste da França e cuja capital é Nantes. O primeiro embate foi tranquilo: vitória de 3 a 0 sobre o Balma SC, da 5ª divisão, também fora de casa.

Em 1º de dezembro de 2017, já pela 8ª fase, o Les Herbiers teve sua primeira grande prova. Na estreia em casa, 994 torcedores viram um jogo sensacional contra o SO Romorantin, que abriu o placar aos 24 do segundo tempo. O Les Herbiers empatou a seis minutos do fim e ainda conseguiu a virada aos 50 minutos, avançando na Copa da França.

Um mês depois, em 6 de janeiro de 2018, o Angoulême FC (5ª divisão) atuou em casa e também testou o Les Herbiers, que saiu vencedor apenas na prorrogação, por 2 a 1, fora de casa. A vitória diante do FC Saint Lô Manche, pela fase de 16 avos de final, foi bem mais tranquila: 2 a 1, mesmo longe de casa.

A partir daí, o Les Herbiers só teve times profissionais pela frente, o que valorizou a campanha. Mesmo fora de casa, a equipe surpreendeu o Auxerre, da 2ª divisão, por 3 a 0, resultado que chamou a atenção. Diante do Lens, também da segundona, o Les Herbiers precisou das penalidades máximas para avançar às semifinais da Copa da França.

No último dia 17 de abril, o time encarou o colega de 3ª divisão FC Chambly, fazendo 2 a 0 diante de 34.653 torcedores no Stade de la Beaujoire, na capital da região Nantes e casa do time de mesmo nome, o mais famoso do lugar. Evidentemente, o Futebol Alternativo estará torcendo muito para a zebra Les Herbiers, que escreverá a grande história dos últimos tempos se por acaso surpreender o PSG. Será que podemos sonhar?

Curiosidades

– O abismo entre os finalistas da Copa da França 2017/18 é enorme. Enquanto o elenco do Les Herbiers está avaliado em míseros 3,7 milhões de libras (o sexto mais caro da 3ª divisão), os jogadores do PSG valem incríveis 697,9 milhões de libras. Diferença abissal de 188,6 vezes.

– O jogador mais caro do Les Herbiers é o atacante francês Adrian Dabasse, 24 anos, que vale 360 mil libras. Revelado no Toulouse, jogou também no time reserva do Bordeaux e pertence ao Chamois Niortais, da 2ª divisão, que o emprestou. São quatro gols em 25 partidas na 3ª divisão da França, três a menos que o artilheiro Kévin Rocheteau, emprestado pelo mesmo time.

– O Les Herbiers tem três africanos no elenco, mas destacamos apenas o zagueiro malinês Kalifa Traoré, 27 anos. Não pela importância dele no time (são apenas cinco jogos na temporada), mas pelo fato de ele ter sido revelado no time B do PSG lá em 2010/11, quando este jogava a 4ª divisão. Traoré está emprestado pelo Angers. Vai ter lei do ex?

– A esperança de título do Les Herbiers está no retrospecto. Atuando em casa, a equipe só venceu três vezes na 3ª divisão, mas aprontou em cinco oportunidades na casa dos adversários. A própria campanha na Copa da França tem mais vitórias longe de Les Herbiers, cidade de apenas 16 mil habitantes.

Últimas

Assine Nossa Lista de E-mail!

* indicates required